A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gestão Estratégica. 1.Gestão Estratégia: O que é ? 2.Direcionamento Estratégico: Conectando o presente ao futuro 3.Formulação Estratégica: Abordagens.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gestão Estratégica. 1.Gestão Estratégia: O que é ? 2.Direcionamento Estratégico: Conectando o presente ao futuro 3.Formulação Estratégica: Abordagens."— Transcrição da apresentação:

1 Gestão Estratégica

2 1.Gestão Estratégia: O que é ? 2.Direcionamento Estratégico: Conectando o presente ao futuro 3.Formulação Estratégica: Abordagens & enfoques. 4.Implementação Estratégica: As Ferramentas Desenvolvimento 2Prof. Antonio Carlos Guil

3 É uma palavra que não se origina nem de economia, nem de administração. Origem é do grego e vem da área militar, em que estratégia quer dizer em linguagem de nossos dias "aquilo que o general sabe fazer", ou seja, vencer os inimigos numa batalha. O QUE É GESTÃO ESTRATÉGICA? Gestão estratégica de empresas (em língua inglesa: strategic enterprise management SEM)língua inglesa é um termo que se refere às técnicas de gestão, avaliação e ao conjunto de ferramentas respectivas (como software) concebidas para ajudar empresas na tomada de decisões estratégicas de alto nível.softwareempresas 3Prof. Antonio Carlos Guil

4 (1)senso de direção e continuidade a longo prazo; (2)flexibilidade e agilidade no dia-a- dia. Gestão Estratégica Processo de ação gerencial sistemática e contínua que visa assegurar à Instituição, simultaneamente: Focaliza o potencial de desempenho futuro da instituição. 4Prof. Antonio Carlos Guil

5 Linhas de ação ou iniciativas altamente relevantes que indicam como serão alcançados os Objetivos Estratégicos. Geralmente são inspiradas ou baseadas nas forças e evitam o uso das fraquezas da organização. Se referem ao acionamento de fatores internos frente as evoluções prováveis do ambiente externo. Estratégias: Gestão Estratégica

6 Nos questionamentos freqüentes sobre a validade de se realizar ou não um trabalho de Planejamento Estratégico, os argumentos apresentados para justificar a dúvida concentram-se, na maioria das vezes, sobre dois pontos principais: Visão de Longo Prazo: para quê? Gestão Estratégica 6Prof. Antonio Carlos Guil

7 "Com este ritmo acelerado de mudanças é impossível se planejar qualquer coisa com prazo superior a um ou dois anos"; Gestão Estratégica 7Prof. Antonio Carlos Guil

8 "Além disso, nossa empresa tem sido bastante lucrativa. No ano passado, por exemplo, " Gestão Estratégica 8Prof. Antonio Carlos Guil

9 Ritmo acelerado de mudanças Normalmente, mudanças são percebidas via ações da concorrência e das novas necessidades dos clientes. A aceleração do processo é conseqüência do acirramento das disputas e demandas desses atores. Neste contexto, não se pode prescindir de uma boa estratégia. Gestão Estratégica 9Prof. Antonio Carlos Guil

10 Antecipação das mudanças As mudanças e, principalmente, a intensificação de seu ritmo não ocorrem por acaso. Elas decorrem da ação das grandes revoluções que hoje se processam em âmbito global, produzindo impactos consideráveis sobre todos os países; que atinge progressivamente todos os setores econômicos. Gestão Estratégica 10Prof. Antonio Carlos Guil

11 As organizações que perceberem hoje mais claramente os impactos que o futuro produzirá em seus negócios e que forem capazes de implementar ações para lidar com as mudanças antecipadas aumentarão suas probabilidades de sucesso nos próximos anos. Gestão Estratégica 11Prof. Antonio Carlos Guil

12 Gestão Estratégica As padarias e Cinemas bem sucedidos de 10 ou 20 anos atrás, são as mesmos de hoje? Quantas vezes você vai a uma agência bancária consultar seu saldo? 12Prof. Antonio Carlos Guil

13 O que nos levou à um bom desempenho estratégico? Como nos manter progredindo estrategicamente? Reflexão PassadoFuturo Gestão Estratégica

14 O sucesso de hoje é resultado de uma concepção estratégica bem-sucedida desenvolvida no passado e das sucessivas ações operacionais que a implementaram. No ritmo atual de mudanças, nada garante que ele se repetirá no futuro. Gestão Estratégica 14Prof. Antonio Carlos Guil

15 O Futuro Não é Previsto Ele é Preparado. (Maurice Blondel) Gestão Estratégica 15Prof. Antonio Carlos Guil

16 Como proceder então? Gestão Estratégica 16Prof. Antonio Carlos Guil

17 Análise de Cenários Análise do contexto Competitivo Análise do ambiente organizacional Estratégia Corporativa Diretrizes e Objetivos Estratégia de Negócios Estratégias Funcionais Implementação e Controle Matriz de análise estratégica Monitoramento e Avaliação O Ciclo Gestão Estratégica Gestão Estratégica 17Prof. Antonio Carlos Guil

18 Análise Estratégica : Técnicas e Ferramentas Gestão Estratégica

19 Diagnósticos & Resultados Macro Ambiente Externo Cenários, Tendências, Oportunidades e Ameaças Ambiente Interno Cadeia de Valor, Processos chaves, Competências e recursos Cadeia de Valor, Processos chaves, Competências e recursos Setorial e Concorrência Estrutura Setorial e Concorrência Análise Estratégica 19Prof. Antonio Carlos Guil

20 O Futuro é um horizonte aberto a múltiplas possibilidades (Guerreiro Ramos) Gestão Estratégica 20Prof. Antonio Carlos Guil

21 CENÁRIOS MUNDIAIS CENÁRIOS NACIONAIS E REGIONAIS SETOR DimensãoAmbientalDimensãoEconômicaDimensãoSocial DimensãoTecnológica DimensãoPolítico-institucional DimensãoEnergética DimensãoCultural Influências do Ambiente no Desempenho Estratégico Organização Gestão Estratégica 21Prof. Antonio Carlos Guil

22 Avaliação Estratégica Exercício de mapeamento e interpretação das interações entre oportunidades e ameaças, frente as forças e fraquezas mais relevantes, em cada cenário. Permite: (a)identificar as potencialidades e debilidade da Instituição, em cada cenário, em horizontes de médio e longo prazo; (b)destacar as forças e fraquezas críticas para o sucesso ou o fracasso da Instituição, no horizonte temporal considerado. Gestão Estratégica

23 Cenário Atual Cenário Futuro Missão, Visão e Políticas Gestão da Mudança Evolução deVendas Objetivos Cenário Atual Situação Cenário Futuro Cenário Situação Futuro Futura Missão, Visão e Políticas Missão,, Visão, Políticas Gestão da Mudança In Estratégias e Planos Re-direcionamento Estratégico Gestão Estratégica 23Prof. Antonio Carlos Guil

24 Formulação de Estratégias Gestão Estratégica

25 Ciclo de Contribuições dos Militares Ciclo de Contribuições Economistas Organizacionais Ciclo de Contribuições Acadêmicos das Escolas de Administração Ciclo de Contribuições Empresas de Consultoria em Estratégia Ciclo de Contribuições Economistas de Organização Industrial Ferrovias Curva de Aprendizado 1950 Demanda Pós-Guerra SWOT Competências Distintivas Conceito e Sistema de Idéias Análises de Portfólio Estrutura das Cinco Forças Competitivas Cadeia de Valor Curva de Experiiência Diversificação Técnicas de Posicionamento Competitivo Dinâmicas Competitivas e Cooperativas Crise Petróleo Tecnologias Redutoras de Custos Gestão Estratégica 25Prof. Antonio Carlos Guil

26 Sistemas Administrativos Gestão do Portfólio das Organizações Integração vertical entre os elementos da cadeia Missão Institucional Sinergialateral entre Unidades Segmentação Em Unidades PolíticasCorporativas VisãoInstitucional Valorescorporativos Estrutura Organizacional Estratégia Corporativa Estratégia Institucional Identificar desafios, definir medidas de performance para a Instituição e as Organizações; Instituição e as Organizações; Gestão Estratégica 26Prof. Antonio Carlos Guil

27 Inovação Tecnologia da Informação Tecnologia Cadeia De suprimentos Financeira Gestão de pessoas Vendas Relacionamento c/ clientes Atendimento Marketing Logística de Distribuição Produção Estratégia Competitiva Estratégia de Unidades de Negócios Gestão Estratégica 27Prof. Antonio Carlos Guil

28 Sistemas Administrativos Gestão do Portfólio de UENs Integração vertical entre os elementos da cadeia Mostrar claramente como os Objetivos serão alcançados; Incorporar ações defensivas frente às ameaças; Incorporar ações protegendo a base de clientes; Considerar os interesses das partes envolvidas; Viabilidade econômica- financeira. Incorporar ações alavancadoras das oportunidades; Gestão das Marcas Estrutura Organizacional Unidade Estratégica Condicionantes à Formulação da Estratégia Identificar desafios, definir medidas de performance para a empresa e as UENs; empresa e as UENs; Gestão Estratégica 28Prof. Antonio Carlos Guil

29 O desempenho estratégico de uma organização está muito mais calcado na harmonia integrada das suas áreas funcionais do que na eficiência isolada das mesmas. (Aristeu Silveira) Gestão Estratégica 29Prof. Antonio Carlos Guil

30 Desafios Inovação Estratégica Inovação Estratégica Implementação Implementação Gestão Estratégica 30Prof. Antonio Carlos Guil

31 Compreende pelo menos: 1.a programação da implantação; 2.a montagem do esquema de gerenciamento da implantação; 3.a divulgação do Plano Estratégico; 4.o detalhamento e aprovação dos Projetos Estratégicos; 5.e a elaboração de Planos Táticos. Implementação e Controle Estratégicos Gestão Estratégica 31Prof. Antonio Carlos Guil

32 As vias operacionais Mais comuns para a implementação da estratégia: 1.O Programa de Objetivos; 2.O conjunto de Macro-ações; 3.Os Projetos Estratégicos; 4.Os indicadores de desempenho; 5.O plano de metas; 6.Os planos de ações; 7.Cronogramas; 8.Orçamentos; 9.Estrutura Organizacional Gestão Estratégica 32Prof. Antonio Carlos Guil

33 Habilidades Gerencias Requeridas Liderança; Comunicação; Capacidade de Negociação; Vivência em processos decisórios; Solução de Problemas de grande envergadura; Busca de resultados; Capacidade de influenciar os Stakehouders. Gestão Estratégica 33Prof. Antonio Carlos Guil

34 O Uso de Indicadores Balanceados de desempenho Gestão Estratégica 34Prof. Antonio Carlos Guil

35 Aprendizado e Crescimento Finanças Clientes Processos Internos Visão e Estratégia Estrutura do Balance Score Card Gestão Estratégica 35Prof. Antonio Carlos Guil

36 Pessoas, Tecnologia, Inovação Processos Internos Mercado, Clientes ResultadosFinanceiros Gestão Estratégica 36Prof. Antonio Carlos Guil

37 A Organização orientada pela estratégia Ter a estratégia como o principal item da agenda organizacional;Ter a estratégia como o principal item da agenda organizacional; Concentração dos esforços em prol da estratégia-alinhando objetivos, indicadores, metas e iniciativas;Concentração dos esforços em prol da estratégia-alinhando objetivos, indicadores, metas e iniciativas; Organização - todos os colaboradores atuando em prol da estratégia formulada.Organização - todos os colaboradores atuando em prol da estratégia formulada. Gestão Estratégica 37Prof. Antonio Carlos Guil


Carregar ppt "Gestão Estratégica. 1.Gestão Estratégia: O que é ? 2.Direcionamento Estratégico: Conectando o presente ao futuro 3.Formulação Estratégica: Abordagens."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google