A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MODELOS DE GESTÃO PROFA. MARILDA TODESCAT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MODELOS DE GESTÃO PROFA. MARILDA TODESCAT."— Transcrição da apresentação:

1 MODELOS DE GESTÃO PROFA. MARILDA TODESCAT

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12 DESAFIOS DAS ORGANIZAÇÕES Administração das organizações num ambiente global; Administração das organizações num ambiente global; Projeto de estruturação ou reestruturação das atividades organizacionais; Projeto de estruturação ou reestruturação das atividades organizacionais; Melhoria da qualidade, da competitividade e do empowerment; Melhoria da qualidade, da competitividade e do empowerment; Aumento da velocidade e reação às mudanças; Aumento da velocidade e reação às mudanças; Administração ética e moral das organizações. Administração ética e moral das organizações.

13 Tendências Atuais da Administração Gestão do Conhecimento

14 Sociedade do Conhecimento

15 O que devemos fazer para entrarmos nesta nova Sociedade?

16 Tendências da Nova Sociedade Crescimento Econômico: produtos de maior valor agregado; Crescimento Econômico: produtos de maior valor agregado; Globalização da Economia: blocos econômicos; Globalização da Economia: blocos econômicos; Recursos Naturais e meio-ambiente: produção auto- sustentável; Recursos Naturais e meio-ambiente: produção auto- sustentável; Mudanças Demográficas: êxodo rural e urbanização crescente; Mudanças Demográficas: êxodo rural e urbanização crescente; Novo Papel do Estado: de provedor à regulador Novo Papel do Estado: de provedor à regulador Customização da Produção: produtos em massa sob medida; Customização da Produção: produtos em massa sob medida; Fenômeno Ásia; Fenômeno Ásia; Infocomunicação: TI + telecomunicações + multimídia Infocomunicação: TI + telecomunicações + multimídia Internet de Banda Larga: voice web Internet de Banda Larga: voice web Convergência Digital Convergência Digital Evolução do Capitalismo: + justiça social, + distribuição de riqueza; Evolução do Capitalismo: + justiça social, + distribuição de riqueza; Gestão Empresarial: tecnologias de gestão; Gestão Empresarial: tecnologias de gestão; Conhecimento: inteligência competitiva. Conhecimento: inteligência competitiva.

17 Sociedade do Conhecimento= Economia da Abundância Sociedade Industrial: Dois homens caminham por uma estrada, cada um carrega um pão. Quando se encontram e trocam os pães, cada um vai embora com UM pão. Sociedade Industrial: Dois homens caminham por uma estrada, cada um carrega um pão. Quando se encontram e trocam os pães, cada um vai embora com UM pão. Sociedade do Conhecimento: Se os dois mesmos homens caminham na mesma estrada, cada um carregando uma idéia, quando se encontram e trocam as idéias, cada um vai embora com DUAS idéias. Sociedade do Conhecimento: Se os dois mesmos homens caminham na mesma estrada, cada um carregando uma idéia, quando se encontram e trocam as idéias, cada um vai embora com DUAS idéias.

18 O que é Conhecimento

19 Conhecimento: O novo fator de produção

20 Lógica Capital X Lógica do Conhecimento

21 O que é Gestão do Conhecimento

22 Gestão do Conhecimento é a gestão dos ativos intangíveis baseados, sobretudo, na competência dos profissionais de uma determinada organização.

23 De fato, os ativos intangíveis, conhecidos também como capital intelectual, estão disseminados por toda a organização. Além das competências das pessoas, deve-se considerar, também, as suas redes de relacionamentos.

24 Competências Rede de relacionament os externos Rede de relacionament os internos Ativos Intangíveis

25 A Gestão do Conhecimento nas Organizações

26 Organização do Conhecimento Ativo Tangível Ativo Intangível

27 CapitalFinanceiro (o que se vê) Capital Intelectual (o que assegura o futuro)

28 ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO CompetênciaPessoal Rede de relacionamentoInterno relacionamentoExterno Clientes Fornecedores Marcas Imagens SistemasAdministrativos CulturaOrganizacional SistemasComputacionais Patentes ConhecimentoTácito ConhecimentoExplícito

29 Funcionários com alta qualificação Converte informações em conhecimento Ativos intangíveis > Ativos Tangíveis A ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO

30 A transformação da Gestão: A natureza do trabalho do gerente está se modificando com a ascensão do trabalhador do conhecimento; A natureza do trabalho do gerente está se modificando com a ascensão do trabalhador do conhecimento; O trabalho baseado no conhecimento não pode ter sua gestão fundamentada em números, como o trabalho mão-de-obra; O trabalho baseado no conhecimento não pode ter sua gestão fundamentada em números, como o trabalho mão-de-obra; Ao contrário, a atividade deste trabalhador tem semelhanças com a do profissional liberal: a avaliação é pelo resultado alcançado e não pela atividade realizada; Ao contrário, a atividade deste trabalhador tem semelhanças com a do profissional liberal: a avaliação é pelo resultado alcançado e não pela atividade realizada;

31 A gestão do tipo comando e controle está se tornando desnecessária; A gestão do tipo comando e controle está se tornando desnecessária; Saber mais do que os chefes, ter mais sensibilidade e estar mais próximos dos clientes são características comuns aos administradores das organizações do conhecimento; Saber mais do que os chefes, ter mais sensibilidade e estar mais próximos dos clientes são características comuns aos administradores das organizações do conhecimento; Os gerentes vêm se agrupando em torno de uma linguagem que engloba termos como valores, visão, trabalho em equipe, facilitador e empowerment; Os gerentes vêm se agrupando em torno de uma linguagem que engloba termos como valores, visão, trabalho em equipe, facilitador e empowerment;

32 Na economia da era industrial, o Ser Humano trabalhava para a máquina; Na economia da era industrial, o Ser Humano trabalhava para a máquina; Hoje, no entanto, as partes mais valiosas das atividades que exercemos na era do conhecimento são, essencialmente, humanas – sentir, julgar, criar, desenvolver relacionamentos; Hoje, no entanto, as partes mais valiosas das atividades que exercemos na era do conhecimento são, essencialmente, humanas – sentir, julgar, criar, desenvolver relacionamentos; As ferramentas e o produto de seu trabalho, o trabalhador do conhecimento leva consigo: o seu cérebro. As ferramentas e o produto de seu trabalho, o trabalhador do conhecimento leva consigo: o seu cérebro.

33 Quem já passou por uma dessas situações? Ter que refazer um trabalho que um colega acabou de fazer e você não sabia? Ter que refazer um trabalho que um colega acabou de fazer e você não sabia? Procurar uma informação que seu colega de outro departamento possui e você não sabia? Procurar uma informação que seu colega de outro departamento possui e você não sabia? Precisar de um documento ou de uma pessoa com um conhecimento, mas nem o documento e nem a pessoa estão mais na organização? Precisar de um documento ou de uma pessoa com um conhecimento, mas nem o documento e nem a pessoa estão mais na organização? Descobrir que a pessoa que mais conhecia um determinado assunto se aposentou e levou o conhecimento embora... Descobrir que a pessoa que mais conhecia um determinado assunto se aposentou e levou o conhecimento embora...

34 NECESSIDADES... Conservar os conhecimentos essenciais concentrados nos profissionais mais experientes. Conservar os conhecimentos essenciais concentrados nos profissionais mais experientes. Obter maior valor agregado nos produtos gerados pelo conhecimento organizacional Obter maior valor agregado nos produtos gerados pelo conhecimento organizacional Antecipar oportunidades detectadas no ambiente; Antecipar oportunidades detectadas no ambiente; Antever mudanças políticas, jurídicas e de fiscalização, que possam afetar os segmentos de negócio em que a instituição atua; Antever mudanças políticas, jurídicas e de fiscalização, que possam afetar os segmentos de negócio em que a instituição atua; Identificar e proteger seus conhecimentos essenciais e estratégicos; e, principalmente, Identificar e proteger seus conhecimentos essenciais e estratégicos; e, principalmente, Reduzir o tempo de resposta aos desafios institucionais. Reduzir o tempo de resposta aos desafios institucionais.

35 Para que serve? GC Prover Informação Relevante Identificar quem sabe o quê Reutilizar soluções Reduzir os silos de informação Melhorar o processo de inovação Obter e disseminar conhecimento externo Ganhar produtividade Aumentar grau de colaboração Preservar a memória da organização

36 Tendências Atuais da Administração Organizações de Aprendizagem

37 Organizações de Aprendizagem (Peter Senge – 1995) Organização com capacidade para criar, adquirir e transferir conhecimento. Organização com capacidade para criar, adquirir e transferir conhecimento. Características: Características: Solução sistemática de problemas; Solução sistemática de problemas; Experimentação de novas abordagens; Experimentação de novas abordagens; Aprendizagem por meio de sua própria experiência e história; Aprendizagem por meio de sua própria experiência e história; Aprendizagem por meio da experiência e prática dos outros; Aprendizagem por meio da experiência e prática dos outros; Transferência rápida do conhecimento. Transferência rápida do conhecimento.

38 Organizações de Aprendizagem (Peter Senge – 1995) As 5 Disciplinas: As 5 Disciplinas: Domínio Pessoal: esclarecer e aprofundar nossa visão pessoal e concentrar nossas energias; Domínio Pessoal: esclarecer e aprofundar nossa visão pessoal e concentrar nossas energias; Modelos Mentais: pressupostos que influenciam nossa forma de ver o mundo; Modelos Mentais: pressupostos que influenciam nossa forma de ver o mundo; Visão Compartilhada: imagens de futuro compartilhadas; Visão Compartilhada: imagens de futuro compartilhadas;

39 Organizações de Aprendizagem (Peter Senge – 1995) Aprendizagem em Equipe: diálogo, pensar em conjunto; Aprendizagem em Equipe: diálogo, pensar em conjunto; Pensamento Sistêmico: integrar todas as outras. Pensamento Sistêmico: integrar todas as outras.

40 Organizações de Aprendizagem (Peter Senge – 1995) Como criar uma organização que aprende? Como criar uma organização que aprende? Estimular um ambiente que conduza à aprendizagem; Estimular um ambiente que conduza à aprendizagem; Estimular a ampla troca de idéias; Estimular a ampla troca de idéias; Eliminar as barreiras de comunicação. Eliminar as barreiras de comunicação.

41 Novos Conceitos Profissionais do Conhecimento; Profissionais do Conhecimento; Teletrabalho; Teletrabalho; Jornadas Flexívies; Jornadas Flexívies; Organizações Virtuais; Organizações Virtuais; Redes de Organizações; Redes de Organizações; Equipes Multidisciplinares; Equipes Multidisciplinares; Comunidades de Práticas; Comunidades de Práticas; Inovação.... Inovação....

42 MUITO OBRIGADA! Profa.Marilda Todescat, Dra 48 – –


Carregar ppt "MODELOS DE GESTÃO PROFA. MARILDA TODESCAT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google