A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BENEFÍCIOS DO CONSUMO DE PEIXES NA SAÚDE HUMANA Jacqueline I Alvarez-Leite O papel do omega 3.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BENEFÍCIOS DO CONSUMO DE PEIXES NA SAÚDE HUMANA Jacqueline I Alvarez-Leite O papel do omega 3."— Transcrição da apresentação:

1 BENEFÍCIOS DO CONSUMO DE PEIXES NA SAÚDE HUMANA Jacqueline I Alvarez-Leite O papel do omega 3

2 - BAIXO TEOR DE GORDURA SATURADA - RICO EM OMEGA 3 - MAIOR PROPORÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS - PROTEÍNA DE ALTO VALOR BIOLÓGICO BENEFICIOS NUTRICIONAIS

3 ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA 6 ÔMEGA 3 Ácidos graxos essenciais: não são sintetizados em humanos. SaturadosMonoinsaturadosPoliinsaturados

4 Famílias: Ômega 3 e ômega 6

5

6 Meioextracelular Receptor São mediadores locais com sinalização do tipo parácrina, agindo em múltiplas células-alvo, próximas do local de sua síntese. Célula-alvo Célula-alvo Célula-alvo Célula sinalizadora Receptor Receptor MECANISMO DE AÇÃO

7 Principais Funções dos Eicosanóides Prostaglandinas Controle da pressão arterial; Controle da pressão arterial; Estimulação da contração da musculatura lisa; Estimulação da contração da musculatura lisa; Indução da resposta inflamatória; Indução da resposta inflamatória; Inibição da agregação plaquetária; Inibição da agregação plaquetária; Tromboxanas Estimulação da contração da musculatura lisa; Estimulação da contração da musculatura lisa; Indução da agregação plaquetária; Indução da agregação plaquetária;Tromboxanas Estimulação da contração da musculatura lisa; Estimulação da contração da musculatura lisa; Indução da agregação plaquetária; Indução da agregação plaquetária; Leucotrienos Leucotrienos Estimulação da contração da musculatura lisa; Estimulação da contração da musculatura lisa; Indução da resposta alérgica; Indução da resposta alérgica; Indução da resposta inflamatória. Indução da resposta inflamatória. Leucotrienos Leucotrienos Estimulação da contração da musculatura lisa; Estimulação da contração da musculatura lisa; Indução da resposta alérgica; Indução da resposta alérgica; Indução da resposta inflamatória. Indução da resposta inflamatória.

8 PRINCIPAIS PRECURSORES DOS EICOSANÓIDES - PRINCIPAIS PRECURSORES DOS EICOSANÓIDES ÁCIDO ARAQUIDÔNICO (A.A, 20:4 -6) ÁCIDO ARAQUIDÔNICO (A.A, 20:4 -6) ÁCIDO EICOSAPENTAENÓICO (EPA, 20:5 -3) ÁCIDO EICOSAPENTAENÓICO (EPA, 20:5 -3) FONTES: - FONTES: (ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS DA DIETA) (ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS DA DIETA) Precursores de eicosanóides

9 -3 leva a formação de: -3 leva a formação de: TxA 3 menos ativo como vasoconstritor e ativador de plaquetas em relação a TxA 2, vindo de AA, TxA 3 menos ativo como vasoconstritor e ativador de plaquetas em relação a TxA 2, vindo de AA, Formação de PGI 3 que tem o mesmo poder de inibição de ativação plaquetária que PGI 2 Formação de PGI 3 que tem o mesmo poder de inibição de ativação plaquetária que PGI 2 Leucotrienos com menos indução de alergia comparado ao AA. Leucotrienos com menos indução de alergia comparado ao AA.

10 Principais efeitos de ácidos graxos 3 na saúde e na doença Essenciais: 3 presentes em óleos de peixes marinhos de água fria e em alguns óleos vegetais. Principais representantes linolênico (18:3 3) Principais representantes: linolênico (18:3 3) EPA (20:5 3) EPA (20:5 3) DHA (22:6 3) DHA (22:6 3) Esquimós tendência ao sangramento - Esquimós tendência ao sangramento incidência de DCV incidência de DCV - Japoneses são mais longevos Essenciais: 3 presentes em óleos de peixes marinhos de água fria e em alguns óleos vegetais. Principais representantes linolênico (18:3 3) Principais representantes: linolênico (18:3 3) EPA (20:5 3) EPA (20:5 3) DHA (22:6 3) DHA (22:6 3) Esquimós tendência ao sangramento - Esquimós tendência ao sangramento incidência de DCV incidência de DCV - Japoneses são mais longevos

11 Linhaça

12 FONTE SFA MFA PFA OA LA ALA EPA DHA Óleo de linhaça 9,0 19,0 71,9 19,0 15,3 56,6 Óleo de fígado de bacalhau 37,0 41,0 22,0 17,0 2,0 2,0 9,0 9,0 Óleo de soja 14,0 24,0 54,0 24,0 47,0 7,0 Óleo de canola 6,5 59,7 30,0 59,7 21,3 8,5 Óleo de palma 44,0 38,0 10,5 38,0 9,5 1,0 Óleo de milho 13,9 26,6 59,5 26,6 58,7 0,8 Óleo de girassol 12,6 18,6 68,7 18,6 68,2 0,5 Gordura de aves 31,5 47,3 20,2 41,6 18,9 1,3 Sebo bovino 47,0 40,0 6,0 40,0 2,0 Composição percentual de ácidos graxos de diferentes fontes lipídicas FONTE: SOUSA RV, NI: não identificado

13 W-3: imunomodulador e anti-inflamat ó rio ARTRITE REUMATOIDE ARTRITE REUMATOIDE ATEROSCLEROSE ATEROSCLEROSE BRONQUITE E ASMA BRONQUITE E ASMA CANCER CANCER TRATAMENTO DE DOENÇAS

14

15 3 Efeitos de Ácidos Graxos Poliinsaturados no Sistema Imune

16 3 Efeitos nos Triglicérides do Sangue - TG em VLDL - secreção de VLDL - clearance de Qm e VLDL Efeitos nos Triglicérides do Sangue - TG em VLDL - secreção de VLDL - clearance de Qm e VLDL EFEITOS VISTOS COM 3g -3 AO DIA

17 Efeitos no colesterol do Sangue nenhum efeito em LDL de indivíduos normais nenhum efeito em LDL de indivíduos normais LDL e colesterol em LDL em pacientes hipertrigliceridêmicos LDL e colesterol em LDL em pacientes hipertrigliceridêmicos -3 SERIA PREJUDICIAL? -3 SERIA PREJUDICIAL?

18 Efeitos na Prevenção de Infarto vão alem dos lipides do sangue: Inibe inflamação característica da aterosclerose Inibe a formação de trombos, processo que precipita a obstrução da artéria e, conseqüentemente, o infarto agudo

19 GISSI: ( -3, 1g/d) 10-15% morte, 10-15% morte, IAM não fatal, IAM não fatal, AVC AVC GISSI: ( -3, 1g/d) 10-15% morte, 10-15% morte, IAM não fatal, IAM não fatal, AVC AVC Burr ML et al. Lancet 1989;2: GISSI-Prevenzione Investigators. Lancet 1999;354: de Longeril M et al. Circulation 1999;99: DADOS CLÍNICOS DE EFICÁCIA DA DIETA DART: – 29% mortes

20 Dieta Mediterrânea –Lyon Trial: Dieta pobre em gordura animal e gordura do leite e rica em fontes vegetais de omega-3 e fibras Redução de 73% em IAM 76% mortalidade cardíaca 76% mortalidade cardíaca 70% mortalidade total, 70% mortalidade total, Dieta Mediterrânea –Lyon Trial: Dieta pobre em gordura animal e gordura do leite e rica em fontes vegetais de omega-3 e fibras Redução de 73% em IAM 76% mortalidade cardíaca 76% mortalidade cardíaca 70% mortalidade total, 70% mortalidade total, Burr ML et al. Lancet 1989;2: GISSI-Prevenzione Investigators.Lancet 1999;354: de Longeril M et al. Circulation 1999;99: DADOS CLÍNICOS DE EFICÁCIA DA DIETA

21 SISTEMA NERVOSO CENTRAL Cérebro e o órgão mais rico em lipides do organismo. 50% dos ácidos graxos da massa cinzenta são poliinsaturados e 1/3 são da familia omega-3 e assim originários da dieta. Bourre JM Omega-3 fatty acids in psychiatry. Med Sci (Paris). 21:216-21

22 SISTEMA NERVOSO CENTRAL Estudos sugerem que o tipo de ácidos graxos poliinsaturados (em particular omega-3) determina as habilidades visuais, neurológicas e intelectuais. Estudos sugerem que o tipo de ácidos graxos poliinsaturados (em particular omega-3) determina as habilidades visuais, neurológicas e intelectuais. Omega-3 parece ser eficaz na prevenção de estresse, depressão (especialmente pós parto), demência e particularmente Alzheimer. Omega-3 parece ser eficaz na prevenção de estresse, depressão (especialmente pós parto), demência e particularmente Alzheimer. Efeitos de omega-3 na dislexia, autismo e esquizofrenia também tem sido sugeridos. Efeitos de omega-3 na dislexia, autismo e esquizofrenia também tem sido sugeridos. Bourre JM Omega-3 fatty acids in psychiatry. Med Sci (Paris). 21:216-21

23 O consumo semanal de peixe pode reduzir o risco de desenvolvimento de doença de Alzheimer Archives of Neurology (2003). ALZHEIMER

24 ASMA Doença crônica inflamatória do trato respiratório. Aumento da prevalência de asma é alarmante. Produção exagerada de w-6 e seus derivados eicosanóides inflamatórios parecem ser importantes pontos da inflamação. Assim, pelo seu teor de -3, o consumo de peixe poderia ser benéfico por reduzir a produção de eicosanóides inflamatórios e reduzir os sintomas e alterações da função pulmonar.

25 Embora não haja ainda nenhuma recomendação alimentar nos guias de tratamento da asma, existem vários trabalhos mostrando seus benefícios recomendam o consumo de peixe pelo menos 3 vezes na semana.

26 Alguns pesquisadores tem encorajado o uso de peixes ricos em -3 em gestantes com história familiar de asma e outras alergias. Como a alergia é uma manifestação no início da vida, o maior aporte de -3 pra o recém nascido poderia ser benéfico. Dunstan JA, Prescott SL. 2005Does fish oil supplementation in pregnancy reduce the risk of allergic disease in infants? Curr Opin Allergy Clin Immunol. 5: ALERGIA EM CRIANÇAS

27 Nettleton JA, Katz R. n-3 long-chain polyunsaturated fatty acids in type 2 diabetes: a review. J Am Diet Assoc. 2005;105(3): Estudos epidemiológicos mostraram uma menor prevalência de DM2 em populações consumindo maiores quantidades de -3. Estudos controlados mostram que as principais complicações crônicas do diabetes mellitus (aterosclerose, hipertensão arterial, alterações vasculares e hipertrigliceridemia) são melhorados pela ingestão de -3. DIABETES MELLITUS TIPO 2

28 Quando -3 é dado em dieta pobre em gordura saturada há retardo na piora da intolerância à glicose em pessoas acima do peso (retarda aparecimento do DM). DIABETES MELLITUS TIPO 2 Outros estudos mostrando melhoras na albuminúria, estreitamento das artérias e melhora do estresse oxidativo com o uso de -3 ainda carecem de confirmação. Efeitos são vistos com a ingestão diária de 1 a 2 g/dia

29 Parada de ciclo celular CANCERCANCER Estudos em celulas malignas sugerem que DHA induz: Ativação de apoptose

30 Ingestão de peixes ricos em omega 3 leva a redução de 3 vezes no risco de câncer de próstata de acordo com Pesquisa em CANCER DE PROSTRATA

31 Fish Diet Boosts Fetal Growth Fish Diet Boosts Fetal Growth Mulheres que ingerem óleo de peixe tem menor risco de dar a luz a bebes de baixo peso (from BBC.co.uk). OUTROS BENEFÍCIOS DESCRITOS

32 Peixe reduz hormônios do tecido adiposo Um estudo em tribos africanas encontrou que dieta baseada em peixe tinham menores níveis de hormônios que influenciam o apetite. O estudo sugere que pessoas que consomem dieta rica em peixe pode controlar melhor o apetite, talvez controlando melhor o peso (July 2002 Article at BBC.co.uk).

33 COMA PEIXE DE 1 A 2 VEZES POR SEMANA!


Carregar ppt "BENEFÍCIOS DO CONSUMO DE PEIXES NA SAÚDE HUMANA Jacqueline I Alvarez-Leite O papel do omega 3."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google