A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LIPÍDIOS Faculdade de Odontologia de Piracicaba UNICAMP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LIPÍDIOS Faculdade de Odontologia de Piracicaba UNICAMP."— Transcrição da apresentação:

1 LIPÍDIOS Faculdade de Odontologia de Piracicaba UNICAMP

2 Introdução Ácidos graxos Triacilgliceróis Lipídios de membrana

3 Conceito: substâncias orgânicas oleosas, pouco solúveis em água; Funções: - reserva - estrutura - proteção - reconhecimento - atividade biológica

4 Ácidos graxos ácidos monocarboxílicos, contendo grupo carboxila ionizável e uma cauda hidrocarbonada; geralmente, n o par de átomos de C; saturados ou insaturados; quanto maior o comprimento da cadeia, maior o ponto de fusão.

5 Grupamento carboxílico Cadeia hidrocarbonada Ácido esteárico (18:0) Ponto de fusão: 69,6 C

6 Ácido oléico [18:1( 9 )] Ponto de fusão: 13,4 C

7 ácidos graxos saturados

8 Mistura de ácidos graxos saturados e insaturados

9 glicerol um triacilglicerol misto

10 Gotículas de gordura em uma célula adiposa animal

11 Célula vegetal: estruturas mais escuras são proteínas rodeadas por estoques de óleos.

12 gorduras naturais a 25 C Ácidos graxos (% do total) Óleo de oliva, líquido Manteiga, sólido (macio) Gordura bovina, sólido

13 Lipídios de armazenamento (neutros) Lipídios de membrana (polares) Triacilgliceróis Fosfolipídios Glicerofosfolipídios Esfingolipídios Glicolipídios Ácidos graxos glicerol esfingosina

14 Glicerofosfolipídio (estrutura geral) Ácido graxo saturado (ex. ácido palmítico) Ácido graxo insaturado (ex. ácido oléico) Grupo cabeça substituinte

15

16

17 Cabeça polar Núcleo esteroidal Cadeia alquila lateral

18

19 MEMBRANAS BIOLÓGICAS Faculdade de Odontologia de Piracicaba UNICAMP

20

21 Funções Define os limites externos das células Regula as trocas com o ambiente Serve como comunicação entre a célula e seu meio ambiente Suporte estrutural: proteínas e junções

22 Constituintes Lipídios (bicamada) de membrana – anfipáticos Proteínas Carboidratos: glicoproteínas ou glicolipídios Face externa Face interna glicolipídio Cadeias de ácidos graxos não-polares Cabeças polares dos lipídios de membrana Proteína periférica Proteína integral (hélice única transmembrana esterol Proteína periférica covalentemente ligada ao lipídio Proteína integral (hélices múltiplas transmembrana Cadeias de oligossacarídeo da glicoproteína Bicamada lipídica

23 As proporções relativas de proteínas e lipídios são distintas em diferentes membranas, refletindo a diversidade dos papéis biológicos.

24 Cavidade aquosa Lipossoma

25

26 Estado paracristalino (sólido) Calor produz movimentação das cadeias laterais acil (transição sólido líquido Estado fluido Difusão lateral no plano da bicamada Difusão através da bicamada

27 Superfície externa Superfície interna Carboxila terminal Amino terminal

28 Carboxila terminal Amino terminal Superfície interna Superfície externa A cadeia polipeptídica única da bacteriorrodopsina dobra-se em 7 -hélices hidrofóbicas, cada uma atravessando a bicamada lipídica. A bacteriorrodopsina é uma bomba de prótons presente na membrana de uma bactéria.

29


Carregar ppt "LIPÍDIOS Faculdade de Odontologia de Piracicaba UNICAMP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google