A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Logística Empresarial Prof. José Correia Análise e Projeto de Redes Logísticas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Logística Empresarial Prof. José Correia Análise e Projeto de Redes Logísticas."— Transcrição da apresentação:

1 Logística Empresarial Prof. José Correia Análise e Projeto de Redes Logísticas

2 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 2 de 14 Custos logísticos e criação de valor Os diferentes custos do sistema logístico correspondem a uma proporção enorme do faturamento das vendas. Natureza dos custos Quando avaliamos as opções estratégicas, devemos ter como base o planejamento referente a um período de vários anos, fazendo com que seja colocada a questão do valor do dinheiro ao longo do tempo e sua ligação com o custo do capital e a carga tributária da empresa. Custo fixo e custo variável Custo fixo: Trata-se quando um custo não varia em função do volume de uma atividade durante um determinado período de tempo. Custo variável: Trata-se quando um custo varia em função do nível de uma atividade. Custos Logísticos e Criação de Valor

3 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 3 de 14 Custos Logísticos e Criação de Valor Economias de escala e de escopo Uma economia de escala ocorre quando o custo marginal diminui à medida que há um aumento do nível de atividade. Uma economia de escopo pode ocorrer quando vários produtos compartilham os mesmos recursos (supervisores, equipamentos, sistema de informática etc.). Custo direto e custo indireto O custo direto é um custo facilmente associável a um produto. Podem ser variáveis, fixos ou mistos. O custo indireto tem uma abrangência muito mais geral, não sendo facilmente associável a um produto específico.

4 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 4 de 14 Custos Logísticos e Criação de Valor Custo marginal e custo unitário O custo unitário de um produto ou atividade, estimado pelos contadores, abrange uma parte dos custos fixos e dos custos indiretos da empresa. O custo marginal reflete o custo real incorrido por uma unidade de atividade complementar. Custos históricos e custos de oportunidade A natureza conservadora da contabilidade exige a utilização de custos totais ou de uma alocação de custos históricos, como a depreciação referente a um equipamento usado pela empresa. Um custo de oportunidade é um sacrifício associado à decisão em questão.

5 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 5 de 14 Custos Logísticos e Criação de Valor Valor atual dos fluxos monetários e custo do capital Quando se avalia um projeto estratégico, deve-se considerar o conjunto de entradas e saídas dos fundos associados ao projeto durante sua vida útil. Custos pertinentes e custos absorvidos Nem todos os custos assumidos pela empresa são pertinentes no contexto de uma determinada decisão logística. Um custo pertinente pesa na balança a favor ou contra uma opção, influenciando a decisão a ser tomada. Custo absorvido é um custo que já foi assumido pela empresa e que não afeta diretamente uma decisão.

6 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 6 de 14 Custos Logísticos e Criação de Valor Custos e rendimentos logísticos Os custos estratégicos estão relacionados à aquisição, à locação ou à propriedade de instalações e equipamentos, e incluem também a incidência dos mecanismos de financiamento utilizados em relação a taxas e impostos. Os custos e rendimentos operacionais estão relacionados às atividades que alteram o estado dos produtos no que diz respeito ao tempo, ao espaço ou à forma. Custos de investimento Investimento É a aquisição de bens amortizáveis, como a compra de um prédio e a sua reforma.

7 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 7 de 14 Locação Vantagens: os custos de locação estão incluídos nas despesas operacionais da empresa; o gasto inicial é muito baixo em relação ao custo do bem; o risco de obsolescência pode ser reduzido; há uma certa flexibilidade, com a adequação dos contratos em função de situações específicas; é possível experimentar o equipamento durante um certo tempo antes de adquiri-lo; o peso do investimento é arcado pelo fornecedor do bem. Desvantagens: o custo final pode ser elevado, incluindo o fato de a locação limitar o locatário em relação à utilização do bem. Custos Logísticos e Criação de Valor

8 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 8 de 14 Taxas e impostos Por meio de taxas e impostos, o fisco modifica o valor dos fluxos monetários líquidos relacionados aos investimentos, os quais poderão se tornar mais ou menos rentáveis. Custos e rendimentos operacionais Custos associados ao tempo Custo de imobilização de estoques reúne os custos referentes ao tempo de permanência dos artigos em estoque. Custos das rupturas de estoques Corresponde às vendas perdidas ou aos atrasos (atraso na entrega ocasionado por uma ruptura). Custos Logísticos e Criação de Valor

9 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 9 de 14 Custos associados ao espaço Custo de transporte Reflete o que a empresa gasta para deslocar, no espaço, as matérias- primas e os produtos adquiridos ou vendidos e entre pontos geográficos de origem e de destino. Custo de movimentação Os custos de movimentação surgem por ocasião da definição do design ou da organização dos armazéns e das unidades fabris da empresa. Custos e rendimentos associados à forma São associados às atividades de aquisição, produção e disposição das matérias-primas, dos materiais em processos e dos produtos acabados da empresa. Custos Logísticos e Criação de Valor

10 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 10 de 14 Custo de pedido É um custo que independe da quantidade adquirida e está relacionado com os custos ocasionados pelo atendimento. Custo de execução do pedido Trata-se de um custo gerado pela atividade de lançamento de um lote de produção. Custo de compra e rendimento das vendas O custo de compra é o custo unitário a ser pago para a aquisição de um bem ou de um serviço. Uma política de preços adequada pode ser uma fonte de rendimentos adicionais substanciai, em razão de seu impacto nas margens unitárias ou na participação da empresa no mercado. Custos Logísticos e Criação de Valor

11 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 11 de 14 Custo de produção Corresponde a tudo aquilo que custa para produzir uma unidade de um produto. Definição dos custos por atividade (ABC) A partir dos meados da década de 1970, assistimos a uma mudança significativa da importância dos recursos utilizados na produção em relação à composição do custo de um produto. Os reflexos dessa mudança são os seguintes: um custo maior no nível das matérias- primas utilizadas na produção, um aumento sensível das despesas gerais, bem como uma redução importante do custo de mão-de-obra direta em comparação com as despesas gerais e com o resto das matérias-primas. Custos Logísticos e Criação de Valor

12 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 12 de 14 Criação de valor Custo total do sistema, processos/estruturas e estímulos são os três elementos chave da criação de valor. A cadeia de valor da empresa Vários tipos de custos de funcionamento, de rendimentos e de ativos devem ser considerados para que se construa uma cadeia de valor. Além do custo indireto das atividades de apoio, é necessário incluir os custos mencionados anteriormente, referentes a matérias-primas, produção, armazenamento, transporte e estoques. Tempo e resposta e estoques Quanto mais próximo dos clientes a empresa mantiver seus estoques, menor será seu tempo de resposta. Custos Logísticos e Criação de Valor

13 Análise e projeto de redes LogísticasProf. José CorreiaSlide 13 de 14 Redes logísticas eficientes A forma da fronteira eficiente e o conjunto de pontos que dela fazem parte dependem das características do roteiro de produção oferecido, da natureza da sua demanda, das tecnologias de produção privilegiadas e da extensão de área territorial a ser coberta. Criação de valor e posicionamento perante a concorrência A empresa que quiser ter uma penetração em um mercado que já está sendo parcialmente atendido por outras empresas terá uma curva de rendimento definida pela demanda residual e, portanto, será estimulada a oferecer preços ou tempos de resposta diferentes dos praticados pelos concorrentes. Custos Logísticos e Criação de Valor


Carregar ppt "Logística Empresarial Prof. José Correia Análise e Projeto de Redes Logísticas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google