A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Complaint Management / Gestão de Reclamações Eduardo Correia 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Complaint Management / Gestão de Reclamações Eduardo Correia 2009."— Transcrição da apresentação:

1 Complaint Management / Gestão de Reclamações Eduardo Correia 2009

2 Elemento Central do Marketing Relacional

3 Impacto negativo da insatisfação O número total de Clientes insatisfeitos, atinge valores muito superiores ao número de Clientes reclamantes; Uma grande proporção dos Clientes descontentes, recomenda negativamente a empresa, tendo o passa palavra negativo um impacto superior ao positivo; A grande maioria dos Clientes insatisfeitos não reclama; A perda de Clientes por insatisfação traduz-se numa significativa redução de lucros potenciais, no período esperado de relacionamento com esses Clientes.

4 Baixa Alta Lealdade/Retenção Satisfação 1 extremamente insatisfeito 5 muito satisfeito Zona de Fraca Concorrência Monopólio ou poucos substitutos Elevado custo na mudança Tecnologia do fornecedor Zona de Alta Concorrência Fraca diferenciação Indiferença do consumidor Muitos substitutos Baixo custo em mudar Comp. Aéreas Saúde Automóvel Portáteis nas empresas Rede móvel Satisfação, lealdade e retenção

5 Impacto positivo da correcta gestão da insatisfação A atempada e eficiente resolução do problema, resulta em elevados níveis de retenção/recuperação; Clientes cujas reclamações foram adequadamente resolvidas transmitem-no a um considerável numero de pessoas; A resolução acima das expectativas do Cliente, induz em níveis de lealdade mais elevados do que no caso de Clientes que nunca reclamaram.

6 A satisfação induz lealdade e retenção Um cliente satisfeito é de algum modo leal... Um cliente muito satisfeito é imensamente leal Lealdade 100% 60% 40% 20% Medida de Satisfação terrorista 1 extremamente insatisfeito 2 moderadamente insatisfeito 3 ligeiramente insatisfeito 4 satisfeito 5 muito satisfeito Zona de abandono Zona de indiferença Zona de afeição apóstolo

7 Reclamação como oportunidade Corrigir problemas, Incorporar ideias construtivas para melhorar as soluções em vários níveis: – melhorar os produtos, e o serviço –melhores práticas de marketing & comunicação, relacionamento e atendimento –transformar material promocional em material informativo –estar mais próximo do cliente

8 Se problemas e falhas ocasionais são de algum modo inevitáveis Clientes insatisfeitos são perfeitamente evitáveis!

9 Aprender com os erros Uma adequada gestão de reclamação e recuperação deve transformar um cliente aborrecido e frustrado num cliente leal e satisfeito, em simultâneo serve para a reparação da origem.

10 Nota: Em situações de insatisfação, como proceder de modo a destruir o menos possível o nível de retenção e lealdade?

11 A ênfase deixa de ser no custo de agradar / recuperar um cliente para incidir no valor acrescentado dessa atitude / resultado, Amplitude de acção dos front line – sentido de justiça e vanguarda da competitividade

12 Taxas de rentabilidade interessantíssimas: –Valor da retenção de quem reclama, Vendas não abandonadas, Novas vendas e referencias positivas Não é agradável falhar... no entanto querer sempre ouvir quando ocorre, A ignorância é um perigoso inimigo.

13 Apenas uma pequena parcela dos insatisfeitos chega a reclamar, dando assim oportunidade à marca de corrigir, A insatisfação sem reclamação é um problema!

14 Principais Vantagens Melhor imagem Lealdade dos Clientes Perda de Clientes inexpressiva Aumento da quota de mercado Noção realista do grau de satisfação Constante melhoria de produtos e serviços Melhores relações internas Rentabilidade acrescida

15 Envolvimento Top Management Fundamental na forma como internamente se transmite a motivação e o incentivo à satisfação dos clientes, Clarificação da cultura e da postura,

16 É necessária amplitude de manobra na hierarquia para a resolução das reclamações de forma efectiva, justa, rápida e cortês Processo a ser monitorizado e revisto Boa gestão partilha da informação, para correcção dos processos internos

17 Apesar de uma politica de recuperação representar custos, é fundamental entender que uma má actuação e a consequente insatisfação tem um custo que não controlamos, O custo de substituir um cliente é várias vezes mais alto que o custo de manter um já existente

18 Uma adequada gestão relacional assegura menores investimentos comunicacionais dirigidos à conquista, (com difícil análise de resultados), Possibilita maiores investimentos comunicacionais dirigidos à base de clientes.

19 Gestores de Reclamações Pacientes, Articular os interesses da marca com os do cliente, Sugerir alterações à estrutura, politicas e procedimentos, Conhecer detalhadamente os processos, Experiência noutros departamentos pode ser uma vantagem,

20 A reclamação deve ser facilmente acessível aos clientes, Reclamações resolvidas de imediato contribuem para menor nível de insatisfação e frustração, Maior rapidez na resolução corresponde a maior eficiência e economia

21 Principais Passos do Sistema 1.Recepção da reclamação, Promover, facilitar e pedir desculpas em nome da marca, encorajar os clientes a dizerem exactamente o que querem 2.Registo e arquivo (papel ou base de dados), Catalogar, classificar de modo a poder ser consultado, fácil identificação, facilitar a análise 3.Processamento da informação, Recolha de toda a informação relevante, encaminhar para resolução, alocar um gestor, passar a um outro nível de autoridade se necessário, 4.Dar conhecimento ao cliente, Resposta personalizada, não evitar esforços para entrar em contacto com o cliente

22 Principais Passos do Sistema (cont) 5.Análise e research, Para que o sistema seja justo é necessário recolher informação e ter todos os lados da historia Guarde todos os relatórios referentes ao processo 6.Proposta e resolução, Dar conhecimento aos envolvidos – funcional e hierárquico Mantenha o cliente informado Logo que exista uma resolução informe o cliente 7.Follow up, Verificar se a resolução é do agrado do cliente. Foi efectivada? 8.Relatórios, estatísticas e conclusões. Produzir estatísticas e propostas de ajustamentos aos processos, Desenvolver acções que minimizem as reclamações, Assegurar que a perspectiva dos clientes é adequadamente incorporada no processo de decisão da companhia

23 Gestão de reclamações incorpora as seguintes componentes: Cultura, Organização, Processo, Avaliação de resultados. »Ratio de resoluções no 1º contacto »Ratio de resolvidas vs não resolvidas »Ratio de fundamentadas vs sem fundamento »Ratio de reclamações vs correcções implementadas »Timming da resolução vs timming da alteração Sistema (cont)

24 Checklist De que forma a repetição de compra é para nós importante? Existe um sistema de procedimentos na gestão de reclamações? O staff da empresa tem noção da importância do sistema? Existem incentivos de reforço ao aumento da concentração na satisfação dos clientes? A reclamação é facilmente acessível pelos clientes?

25 Checklist (cont) O sistema está organizado de modo a que : Os funcionários da linha da frente possuam a amplitude de decisão e responsabilidade para resolverem reclamações? Reclamações mais sérias e em maior escala são entregues a um gestor de reclamações? Existe treino e formação na área das reclamações? Procuramos obter feed-back quanto ao nosso sistema de reclamações? Usamos o sistema para controlo de qualidade, prevenção de problemas, relatórios internos, e propostas?

26 Porque abandonam os clientes? - 1%Morrem - 3%Mudam de residência - 5%Deixam de comprar - 9%Preço - 14%Insatisfação com a solução - 68% Atitude de indiferença

27 Os novos clientes de uma empresa são na sua maioria clientes insatisfeitos da concorrência

28 Valor = - C e Valor = VP - Então: VALOR = VP - C Satisfação + Inovação !!!!!!!!!!!!!!! Empresa Cliente GLOBAL + = Valor percepcionado como forma de criação de valor

29 L ISTEN E MPATHISE A POLOGIZE R EACT N OTIFY


Carregar ppt "Complaint Management / Gestão de Reclamações Eduardo Correia 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google