A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Colesterol alto (Hipercolesterolemia) O colesterol é um composto a base de gordura que naturalmente faz parte de nosso corpo. O colesterol é necessário.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Colesterol alto (Hipercolesterolemia) O colesterol é um composto a base de gordura que naturalmente faz parte de nosso corpo. O colesterol é necessário."— Transcrição da apresentação:

1 Colesterol alto (Hipercolesterolemia) O colesterol é um composto a base de gordura que naturalmente faz parte de nosso corpo. O colesterol é necessário na estrutura das paredes que cercam as células do corpo e é a matéria-prima que é convertida em certos hormônios. O corpo produz todo o colesterol que o organismo precisa. O ser humano precisa só de uma pequena quantidade de gordura na dieta para produzir colesterol suficiente para a pessoa ser saudável. A gordura e o colesterol que a pessoa come são absorvidos no intestino e são transportados ao fígado. A gordura é convertida no fígado em colesterol, e é liberado na corrente sangüínea. Há dois tipos principais de colesterol: a lipoproteína de baixa-densidade (LDL colesterol – o "colesterol ruim") e a lipoproteína de alta densidade (HDL colesterol - o "colesterol bom").

2 Níveis altos de LDL colesterol estão associados à aterosclerose que é o acúmulo depósitos gordurosos ricos em colesterol nas paredes das artérias. Isto pode estreitar ou entupir as artérias, reduzindo a velocidade ou interrompendo o fluxo de sangue aos órgãos vitais, especialmente o coração e o cérebro. A aterosclerose que afeta o coração é chamada de doença das artérias coronárias, e pode causar infarto do miocárdio (ataque cardíaco). Quando a aterosclerose entope as artérias que provêem sangue ao cérebro, pode causar um derrame cerebral (AVC) do tipo isquêmico.

3 Níveis altos de HDL colesterol (colesterol bom) protegem o organismo contra ataques do coração e derrame removendo o colesterol ruim das artérias e devolvendo-o ao fígado. Como os níveis altos de colesterol podem causar aterosclerose, os médicos recomendam que as pessoas mantenham seus níveis de colesterol dentro de uma faixa específica. Veja a tabela abaixo: LDL Colesterol Menor que 100Ótimo 100 a 129Próximo do ótimo 130 a 159Limite superior 160 a 189Alto 190 ou maiorMuito alto

4 Colesterol Total Menor que 200Desejável 200 a 239 Limite superior 240 ou maior Alto HDL Colesterol Menos que 40 Baixo Entre 40 e 60Ideal 60 ou maiorAlto Triglicérides Menor que 150Ótimo

5 Para uma avaliação mais precisa do risco da aterosclerose, a avaliação do LDL colesterol é a mais importante. De acordo com diretrizes estabelecidas pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), o nível desejável de LDL colesterol depende se a pessoa já tem ou não uma doença causada pela aterosclerose ou pelo diabetes; ou ainda, se tem outros fatores de risco para a doença coronariana do coração. Fatores de risco para a doença coronariana incluem: · Ser homem e estar acima dos 45 anos de idade, · Ser mulher e estar acima dos 55 anos de idade, · Ser mulher e ter menopausa prematura, · Ter uma história familiar de doença coronariana precoce (um pai ou irmão abaixo dos 55 anos de idade e mãe ou irmã abaixo dos 65 anos com doença coronariana), · Ser fumante ou hipertenso (pressão alta) · Não ter “colesterol bom” normal (HDL acima de 40).

6 Quadro Clínico A maioria das pessoas com colesterol alto não têm nenhum sintoma até que a aterosclerose relacionada ao colesterol cause estreitamento significativo das artérias que alimentam o coração (artérias coronárias) e o cérebro (artérias cerebrais). O resultado deste entupimento pode levar à dor torácica relacionada ao coração (angina) ou outros sintomas de doença coronariana; como também sintomas associados à diminuição do suprimento de sangue para o cérebro (ataques isquêmicos transitórios ou derrame cerebral). Diagnóstico O médico fará perguntas para saber se alguém da família tem doença coronariana do coração, colesterol alto ou diabetes. Ele perguntará sobre os hábitos alimentares do paciente e se ele é fumante. Ele medirá a pressão sanguínea e procurará xantomas e xantelasmas. O diagnóstico de colesterol alto pode ser confirmado através de um exame de sangue simples, que medirá o colesterol total, o LDL e o HDL colesterol e os níveis de triglicérides.

7 Prevenção Ingerir uma dieta saudável. Isto significa trocar as comidas com alto teor de gordura (ovos, carnes vermelhas e gordurosas, poupa ou óleo de coco, produtos laticínios (cheddar, queijos amarelos) ou leite integral, para frutas frescas e legumes, pão integral – de grãos e cereais -, além de leite semi-desnatado e produtos laticínios de baixo teor de gordura (ex. queijo branco). Tratamento Pode-se tratar o colesterol alto ingerindo uma dieta de baixo-colesterol e baixo teor de gordura, e tomando medicamentos para abaixar o colesterol. O plano de tratamento específico dependerá dos níveis de colesterol (inclusive de LDL colesterol), da história de doença coronariana do coração ou dos fatores de risco para a doença coronariana.


Carregar ppt "Colesterol alto (Hipercolesterolemia) O colesterol é um composto a base de gordura que naturalmente faz parte de nosso corpo. O colesterol é necessário."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google