A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Custos Relacionados à Qualidade - CRQ -. Custos Relacionados à Qualidade CUSTOS DA QUALIDADE Quanto gasto para ter qualidade? Prevenção Avaliação CUSTOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Custos Relacionados à Qualidade - CRQ -. Custos Relacionados à Qualidade CUSTOS DA QUALIDADE Quanto gasto para ter qualidade? Prevenção Avaliação CUSTOS."— Transcrição da apresentação:

1 Custos Relacionados à Qualidade - CRQ -

2 Custos Relacionados à Qualidade CUSTOS DA QUALIDADE Quanto gasto para ter qualidade? Prevenção Avaliação CUSTOS DA NÃO QUALIDADE Quanto gasto com os defeitos, as não conformidades, etc? Falhas internas Falhas externas

3 Os Custos das Falhas Internas e Externas são Chamados Custos da Não-Qualidade CUSTOS DAS FALHAS INTERNAS: C ustos que a empresa paga pela má qualidade observada antes que o cliente se dê conta, como no caso de refugos e reprocessamentos. CUSTOS DAS FALHAS EXTERNAS: C ustos que a empresa paga pela má qualidade que chega até o cliente, acarretando substituição de produtos, serviços ou informações e compensações por perdas sofridas pelo usuário.

4 Já os Custos de Avaliação e Prevenção são Chamados Custos da Qualidade CUSTO DA AVALIAÇÃO (ou INSPEÇÃO) É o custo da checagem do trabalho em andamento e da inspeção ou teste do serviço ou produto final, para detectar se está de acordo com as necessidades dos clientes. CUSTOS DA PREVENÇÃO É o custo que se incorre para impedir a geração de produtos, componentes, materiais, serviços ou informações que não atendem aos requisitos dos clientes.

5 Distribuição Típica dos Custos da Qualidade Fonte: 500 Maiores Empresas Americanas (APICS)

6 Onde estão os C.R.Q.? MP CIF MP MOD

7 Custos Verdadeiros de Falhas Tempo de Engenharia Tempo de Gerenciamento Downtime da Fábrica/Campo Aumento dos Estoques Problema de Entrega Vendas Perdidas Outros Refugo Retrabalho Garantia Custos de Falhas Medidos Comumente Custos de Falhas Escondidos

8 O objetivo principal é baixar o custo como um todo, mas é melhor gastar dinheiro com prevenção do que com falhas internas e pior ainda com falhas externas, onde é envolvida a imagem da empresa, cujo custo final é de difícil medição. Dar ênfase na prevenção: custo detectado no setor do trabalho custa 1. Se for detectado fora do setor custa 10 vezes mais e se for detectado somente no cliente custa 100 vezes mais. Quanto mais cedo encontrarmos um defeito, menor será o custo da correção ou solução. O custo ótimo é determinado pelo equilíbrio do custo das perdas com o custo da prevenção mais avaliação. Otimização e Balanceamento dos Custos da Qualidade

9 CRQ total Falhas Prevenção + Avaliação Modelo Conceitual Clássico 100% defeituoso100% bom

10 Modelo Conceitual Avançado CRQ total Falhas Prevenção + Avaliação 100% defeituoso100% bom

11 Elementos de CRQ 1 - CATEGORIA - CUSTOS DE PREVENÇÃO MARKETING / CLIENTE Pesquisa de mercado para determinação de necessidades e expectativas; Clínicas / Levantamentos da percepção do cliente; Análise crítica de contratos DESENVOLVIMENTO DO SERVIÇO / PRODUTO Análises críticas de projeto; Verificação de projeto, análise de materiais, análise de riscos, confiabilidade, impacto ambiental, etc.; Teste de validação de projeto; Validação do projeto de produto / serviço; Testes de campo.

12 Elementos de CRQ PREVENÇÃO DE SUPRIMENTOS Qualificação de fornecedores; Análise do desempenho; Revisão técnica dos dados da ordem de compra; Planos da qualidade para fornecimentos PREVENÇÃO DE OPERAÇÕES (FABRICAÇÃO OU SERVIÇOS) Validação dos processos das operações; Planos da qualidade de operações –Projeto e desenvolvimento da medição da qualidade e equipamentos de inspeção e ensaio; Educação para a qualidade de operações; Treinamento de operações.

13 Elementos de CRQ GESTÃO DA QUALIDADE Salários administrativos; Despesas administrativas; Planejamento, desenvolvimento e manutenção do sistema da qualidade; Análise crítica do sistema da qualidade; Educação para a qualidade; Melhoria contínua; Auditorias da qualidade - Sistemas e Processo OUTROS CUSTOS DE PREVENÇÃO

14 Elementos de CRQ 2 - CATEGORIA - CUSTOS DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO DE FORNECIMENTO Inspeção e testes de recebimento; Equipamentos de inspeção e ensaio; Qualificação da conformidade de produtos fornecidos; Inspeção nos fornecedores e programas de controle AVALIAÇÃO EXTERNA Avaliação do desempenho no campo; Avaliações especiais do produto; Avaliação de estoques de campo e sobressalentes.

15 Elementos de CRQ AVALIAÇÃO DE OPERAÇÕES (FABRICAÇÃO OU SERVIÇOS) Inspeções e ensaios planejados: Auto-controle pelo operador; Auditoria da qualidade de produto ou serviço; Materiais de inspeção e ensaio. Inspeções e ensaios da preparação (Set-Up) da operação; Ensaios especiais (fabricação); Controle estatístico de processo; Ensaios de laboratório; Equipamentos de inspeção e ensaio: Depreciação; Calibragem e Manutenção. Certificação e aprovação externa AVALIAÇÃO DOS DADOS DE INSPEÇÕES E ENSAIOS AVALIAÇÕES DE ÁREAS DE APOIO

16 Elementos de CRQ 3 - CUSTOS DE FALHAS INTERNAS FALHAS DEVIDO AO PROJETO DE PRODUTOS / SERVIÇOS Análise e execução de ação corretiva devido a erros / falhas de projeto; Retrabalho devido a erros e modificações de projeto; Refugo devido à erros e modificações de projeto; Trabalho adicional de suporte à produção por erros e modificações de projeto FALHAS DE SUPRIMENTOS Análise e disposição de itens não-conformes no recebimento; Reposição de itens comprados e rejeitados; Análise e execução de ação corretiva de falhas de fornecimento; Retrabalho de itens fornecidos com erros não imputáveis ao fornecedor; Perdas de materiais não previstas.

17 Elementos de CRQ FALHAS DE OPERAÇÃO (PRODUTO/SERVIÇO) Custos de análise e execução de ação corretiva: –Custos de análise e disposição de não-conformidades; –Custos de ensaios e inspeções para a análise de falhas (operações); –Custos de suporte de investigação; –Execução de ações corretivas. Custos de retrabalho; Custos de reinspeção / reensaio; Operações extras; Custos de refugo; Perdas de mão-de-obra por falha interna, não computadas nas atividades acima OUTROS CUSTOS DE FALHAS INTERNAS

18 Elementos de CRQ 4 - CUSTOS DE FALHAS EXTERNAS INVESTIGAÇÕES SOBRE RECLAMAÇÕES DE CLIENTES OU USUÁRIOS DOS SERVIÇOS REPOSIÇÃO / RETRABALHO DE PRODUTOS / SERVIÇOS DEVOLVIDOS / RECUSADOS REPROJETO POR DEFICIÊNCIA DE DESEMPENHO: - Chamada de clientes para substituição de produtos deficientes CUMPRIMENTO DE CONDIÇÕES DE GARANTIA RESPONSABILIDADE CIVIL PELO PRODUTO MULTAS E PENALIDADES PERDA DE PARTICIPAÇÃO NO MERCADO OUTROS CUSTOS DE FALHAS EXTERNAS

19 Exemplos de Custo da Qualidade Qualidade FunçãoNão - Qualidade Avaliação/InspeçãoPrevenção Controladoria- Erros faturamento - Contas receber em atraso - Verificação registros - Fiscalização -Trein.Procedim. -Planej. longo prazo Compras-Reconfecçãoped. compra - Nãocump. prazos entrega - Inspeção chegada- Avaliação Fornecedores Vendas- Lançam. incorreto pedido -Indisp. do cliente - Índice fech. vendas baixo -Follow-up de reclamações - Revisão legal contratos - Verificação faturamento - Planejamento visitas - Pesquisa mercado - Teste - piloto novos produtos P&D- Atraso lançam. do produto -Reprojetoprocessos liberados p/manufatura - Revisão de projetos - Rev. cond. mercado - Definiçãoneces. clientes - Revisão patentes Pessoal-Turnover excessivo -Preench.inadeq. posições -Reprocessamento - Checagemreferên. -Entrev. demissões - Inspeção e teste Prog. integração - Descrição funções Manut. preventiva Manufatura-Devoluç.produt. c/ defeito - Avarias - Auditoria dos estoques - Treinamento

20 Modelo Gradual de Implantação de Custos da Qualidade Fase1: Apropria custos da qualidade de atividades que entram e saem da empresa. Fase2: Agrega ainda atividades que entram e saem dos departamentos. Fase 3: Agrega os custos de qualidade entre atividades do mesmo setor. Fase4: Apropria ainda os custos da qualidade internos às atividades, contabilizando os custos que cada um despende em prevenção, avaliação e falhas. FORNECEDORCLIENTE

21 Levantamento dos Custos na Fase 1 - Definição das Interfaces Externas OBS.: As demais fases seguem o mesmo raciocínio. FORNECEDOR CLIENTE Clientes - Falhas Externas Reclamações Devoluções Multas Contratuais Assistência Técnica Atendimento em Garantia Fornecedores - Falhas Externas Reclamações Devoluções Fretes Fornecedores - Prevenção Treinamento Externo Consultoria em Qualidade Fornecedores - Avaliação Serviços de Inspeção Certificado de Produtos Testes de Ensaios Análise de Laboratório Fornecedores - Falhas Internas Valor de Reposição - Valor da Sucata Contratadas que tenham Trazido Prejuízo


Carregar ppt "Custos Relacionados à Qualidade - CRQ -. Custos Relacionados à Qualidade CUSTOS DA QUALIDADE Quanto gasto para ter qualidade? Prevenção Avaliação CUSTOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google