A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Orientações Curriculares da Rede Estadual para a Educação Básica

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Orientações Curriculares da Rede Estadual para a Educação Básica"— Transcrição da apresentação:

1 Orientações Curriculares da Rede Estadual para a Educação Básica
Atividade complementar 03 e04 Apresentação 03 Orientações Curriculares da Rede Estadual para a Educação Básica

2 Professoras e professores, Nas Acs 03 e 04, as escolas exclusivas de Ensino Médio e as escolas compartilhadas trabalharam com as Orientações Curriculares para o Ensino Médio (OCEM). Frisamos que esse documento encontra-se me consulta pública. É a colaboração de vive o processo educativo, nas nossas escolas, que garantirá que o documento reflita e atenda as nossas necessidades. Para as escolas de Ensino Fundamental, vamos nos apropriar das Orientações Curriculares para o Ensino fundamental de nove anos.

3 Orientações Curriculares e Subsídios Didáticos
para a Organização do Trabalho Pedagógico no Ensino Fundamental de Nove anos. 2013

4 OCEF 2013 Apresenta recomendações essenciais sobre a educação que se pretende para o ensino fundamental de nove anos no estado da Bahia. Propõe reestruturação do currículo do Ensino Fundamental de nove anos na Rede Estadual.

5 BASE LEGAL Lei 9475/97 (Dispõe sobre ensino religioso)
Lei /08 (Ensino da música na educação básica) Lei 9795/99 (Dispõe sobre a educação ambiental) Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente/ Proteção integral à criança). Lei /08 (Inserção das Culturas Afro-brasileira, Africana e Indígena).

6 CONCEITO DE CURRÍCULO O currículo escolar é entendido como filosofia e prática social na educação. Como prática social que se realiza no contexto da escola, visa contribuir de forma significativa no processo de construção de conhecimento dos estudantes, de modo que eles se tornem sujeitos autônomos, críticos, participativos na sociedade, especialmente, nos anos iniciais. (Página 20)

7 ESTRUTURA DO DOCUMENTO
1- Os Tempos do Ensino Fundamental de 8 e 9 anos: Implantação, Convivência e Extinção 2- O Perfil dos Estudantes: Os Sujeitos situados sociohistoricamente . 3- Ensino e Aprendizagem: Concepção 4- O Currículo 5- Proposta Curricular - 1º ao 5º ano: a criança dos 6 aos 10 anos 6- Proposta Curricular - 6º ao 9º ano: dos 11 aos 14 anos 7- Parte Diversificada Conteúdos Referenciais

8 ORGANIZAÇÃO DO ENSINO Figura 1 – Estrutura do Ensino Fundamental da Rede Estadual Bahia

9 1º AO 5º ANO: A CRIANÇA DOS 6 AOS 10 ANOS
PROPOSTA CURRICULAR 1º AO 5º ANO: A CRIANÇA DOS 6 AOS 10 ANOS BLOCO PEDAGÓGICO 1º AO 3º ANO Eixo 1 - Conhecimento Natural/Pessoal/Social/Afetivo Eixo 2 - Conhecimento Linguístico/Artístico Eixo 3 - Conhecimento Literário/Histórico Eixo 4 - Conhecimento Físico/Geográfico Eixo 5 - Conhecimento Matemático BLOCO PEDAGÓGICO 4º e 5º ANO Área: Linguagens Área: Matemática Área: Ciências da Natureza Área: Ciências Humanas

10 PROPOSTA CURRICULAR do 6º ao 9º ano: dos 11 aos 14 anos
I – Área de Linguagens: Língua Portuguesa; Língua Materna (populações indígenas); Educação Física; Língua Estrangeira Moderna e Arte II – Área de Matemática: Matemática III – Área de Ciências da Natureza: Ciências da Natureza IV – Área de Ciências Humanas: História; Geografia V – Área de Ensino Religioso: Ensino Religioso

11 Eixo Temático - Educação Ambiental
A PARTE DIVERSIFICADA Eixo Temático - Educação Ambiental Eixo Temático - Linguagens e Comunicação Eixo Temático - Identidade e Cultura Eixo Temático - Ciência e Tecnologia

12 Orientações Curriculares para o Ensino Médio – OCEM
(em construção)

13 OCEM 2015 Orienta o planejamento curricular das escolas integrantes dos sistemas estaduais de ensino. Propõe uma organização curricular para o ensino médio capaz de promover uma formação integral, articulando trabalho, ciência, tecnologia e cultura na perspectiva da emancipação humana, garantindo o direito à educação por meio da qualidade social de sua oferta. Fundo musical. Distribuir Ofício, Papel Metro, Piloto, Hidrocor.

14 BASE LEGAL A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº 9.394/1996. Parecer nº 5/2011 – trata das diretrizes curriculares nacionais para o Ensino Médio. Resolução CNE/CEB nº 2/2012 – define diretrizes curriculares nacionais para o Ensino Médio. Portaria nº 1.128/2010 – estabelece orientações sobre a reorganização curricular das escolas Educação Básica da rede pública estadual.

15 (Resolução CNE/CEB nº 2, de 2012, art. 6º)
CONCEITO DE CURRÍCULO “a proposta de ação educativa constituída pela seleção de conhecimentos construídos pela sociedade, expressando-se por práticas escolares que se desdobram em torno de conhecimentos relevantes e pertinentes, permeadas pelas relações sociais, articulando vivências e saberes dos(as) estudantes e contribuindo para o desenvolvimento de suas identidades e condições cognitivas e sócio-afetivas”. (Resolução CNE/CEB nº 2, de 2012, art. 6º)

16 ESTRUTURA DO DOCUMENTO
1. POLÍTICAS PARA O ENSINO MÉDIO 1.1 Modalidades do Ensino Médio 1.2 O Contexto baiano 1.3 Políticas Educacionais da SEC-BA 1.4 O/A estudante do Ensino Médio 2. PERSPECTIVAS DO CURRÍCULO 2.1 Aspectos Constitutivos 3. A PROPOSTA CURRICULAR 3.1. Área: LINGUAGENS 3.2 Área: MATEMÁTICA 3.3 Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA 3.4 Área: CIÊNCIAS HUMANAS 4. CONTEÚDOS REFERENCIAIS

17 1. POLÍTICAS PARA O ENSINO MÉDIO
1.1 Modalidades do Ensino Médio 1.1.1 Educação de Jovens e Adultos (EJA) 1.1.2 Educação Especial 1.1.3 Educação Escolar Indígena 1.1.4 Educação Básica do Campo 1.1.5 Educação Escolar Quilombola 1.1.6 Educação Profissional e Tecnológica 1.2 O Contexto baiano 1.3 Políticas Educacionais da SEC-BA 1.3.1 ProEI como política integradora da SEC-BA 1.3.2 O Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI) 1.3.3 Programa Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC) 1.4 O/A estudante do Ensino Médio 1.4.1 O/A estudante baiano(a): suas singularidades e diversidades

18 2. PERSPECTIVAS DO CURRÍCULO
2.1 Aspectos Constitutivos 2.1.1 O Aspecto Normativo Estrutura curricular Formas de oferta e organização 2.1.2 Os Aspectos Norteadores Os Princípios Orientadores As Dimensões Estruturantes do Desenvolvimento Curricular Os Estudos Transversais Educação das Relações Étnico-raciais Educação Ambiental Educação em Direitos Humanos Estudo sobre Idosos

19 2.1.3 O Aspecto Metodológico
Pressupostos de uma prática interdisciplinar Possibilidades prática da interdisciplinaridade O currículo integrado O trabalho com projetos 2.1.4 Avaliação escolar: concepção, tempos e espaços A avaliação Externa A avaliação Interna A avaliação do processo de ensino e de aprendizagem A sistemática de avaliação de ensino e de aprendizagem A recuperação paralela Possibilidades de realização da recuperação paralela

20 3. A PROPOSTA CURRICULAR Proposta Curricular Proposta Curricular
LINGUAGENS Proposta Curricular MATEMÁTICA Proposta Curricular CIÊNCIAS HUMANAS Proposta Curricular CIÊNCIAS DA NATUREZA

21 Eixos temáticos integradores

22 Estudos Transversais Educação das Relações Étnico-raciais Educação Ambiental Educação em Direitos Humanos Estudo sobre Idosos

23 Referências Bahia. Secretaria da Educação. Superintendência de Desenvolvimento da Educação Básica. Diretoria de Educação Básica. Orientações curriculares e subsídios didáticos para a organização do trabalho pedagógico no ensino fundamental de nove anos - Superintendência de Desenvolvimento da Educação Básica. Diretoria de Educação Básica. Salvador: Secretaria da Educação, p. Brasil. Secretaria de Educação Básica. Formação de professores do ensino médio, etapa I - caderno IV: áreas de conhecimento e integração curricular / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Curitiba: UFPR/Setor de Educação, p. Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Orientações Curriculares para o Ensino Médio. Disponível em:<http://escolas.educacao.ba.gov.br/consulta-publica-ocem>Acesso em 16/07/2015


Carregar ppt "Orientações Curriculares da Rede Estadual para a Educação Básica"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google