A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cálculo do metabolismo Basal e VET (Valor Energético Total) Componente Curricular: Planejamento Alimentar Profª Adriana de Sousa Nagahashi 2015.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cálculo do metabolismo Basal e VET (Valor Energético Total) Componente Curricular: Planejamento Alimentar Profª Adriana de Sousa Nagahashi 2015."— Transcrição da apresentação:

1 Cálculo do metabolismo Basal e VET (Valor Energético Total) Componente Curricular: Planejamento Alimentar Profª Adriana de Sousa Nagahashi 2015

2 NECESSIDADES ENERGÉTICAS É a quantidade de energia que deve ser ingerida para equilibrar o gasto energético de um indivíduo cuja compleição física, composição da massa corporal e o nível de atividade física são compatíveis com a boa saúde a longo prazo. (FAO/OMS, 1985)

3

4 Balanço Energético É encontrado quando a entrada (consumo energético) é igual à saída (gasto energético total) mais a energia necessária para o crescimento na infância e gravidez e a produção do leite durante a lactação. Quando o balanço energético é mantido por um período prolongado, o peso do indivíduo tende a permanecer estável. Isto pode incluir períodos curtos durante os quais o balanço do dia a dia entre o consumo e o gasto pode não ocorrer.

5 Balanço Energético Um peso estável ótimo é encontrado quando o consumo energético compensa o gasto energético total, contribuindo para o crescimento adequado na infância, gravidez e lactação.

6 Componentes do Gasto Energético 1. Metabolismo Basal Refere-se a taxa mínima de gasto energético compatível com a vida, que compreende uma série de funções que são essenciais para a vida: função e substituição celular; síntese, secreção e metabolismo de enzimas e hormônios para o transporte de proteínas e outras substâncias e moléculas; a manutenção da temperatura corpórea; a não interrupção do trabalho cardíaco e músculos respiratórios; função cerebral.

7 Taxa de Metabolismo Basal (TMB): quantidade de energia necessária para o metabolismo basal em um período de tempo. A TMB é medida em condições padronizadas: indivíduo acordado, em posição decúbito dorsal, após hs da última refeição e 8hs de descanso em um ambiente tranquilo e em temperatura agradável. Deve ser aferida pela manhã, logo após o despertar, antes da prática de qualquer atividade pelo indivíduo. Componentes do Gasto Energético

8 A TMB é o maior componente do gasto energético. Dependendo da idade, e estilo de vida representa 45 a 70% do gasto energético total e é determinado principalmente pela idade, sexo, tamanho corporal e composição corporal. Componentes do Gasto Energético

9 Fatores que afetam e aumentam a TMB: Componentes do Gasto Energético FatoresConsequências sobre a TMB Composição CorporalQuanto > a % de tecido muscular > a TMB EstaturaQuanto > a estatura > é a área de superfície corporal e > a TMB IdadeQuanto > a idade < a atividade física < tecido muscular, assim < TMB CrescimentoCrianças e gestantes > TMB TemperaturaTemperaturas + baixas > TMB Jejum/Desnutrição< TMB Febre  TMB Estresse  TMB TiroxinaHormônio regulador da TMB, quanto > a produção, > TMB

10 2. Atividade Física O tipo de atividade física exercida pelo indivíduo deve ser considerada para a determinação das necessidades energéticas. Pode variar desde 10% para confinados ao leito até 50% em atletas. Componentes do Gasto Energético

11 Classificação do tipo de atividade física: Componentes do Gasto Energético Classificação AFDescrição LeveDesenvolvida em ambiente fechado, com o indivíduo sentado, como escriturário, costureiro, desenhista, motorista, estudante, digitadores, etc. ModeradaDesenvolvida em ambiente fechado, mas com o indivíduo em pé, como vendedores, professores, balconistas, cabeleireiros, donas de casa, etc. IntensaDesenvolvida ao ar livre, com intenso gasto energético, como lixeiros, carpinteiros, gari, pedreiros, carteiros, etc.

12 3. Termogênese induzida pelos alimentos É a energia necessária para a digestão, absorção e metabolismo dos nutrientes. Componentes do Gasto Energético

13 Distribuição do percentual do gasto energético: Componentes do Gasto Energético 25% - 35% atividade física 5% - 10% efeito térmico do alimento 60% - 65% TMB

14 Determinação do Gasto Energético Basal (GEB) Para se determinar o gasto energético deve-se avaliar o seu estado nutricional atual pelo cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC): IMC=Peso (kg)/Altura(m)² Classificar de acordo com a referência.

15 Determinação do Gasto Energético Basal (GEB) ClassificaçãoIMC (kg/m²) Baixo peso< 16,0 Baixo peso moderado16,0 – 16,99 Baixo peso suave17,0 – 18,49 Desnutrição<18,5 Eutrofia18,5 – 24,99 Sobrepeso25,0 -29,99 Obesidade grau I30,0 – 34,99 Obesidade grau II35,0 – 39,99 Obesidade grau III≥ 40,0 Fonte: OMS (1997) Classificação do IMC

16 Se o indivíduo estiver fora do padrão de eutrofia, deve-se indicar o peso ideal (PI), podendo utilizar o IMC médio de eutrofia. PI= 21,7kg/m² x estatura² Após identificar o peso que será utilizado para determinação do GEB, é preciso aplicá-lo na fórmula da Organização Mundial de Saúde (OMS). Determinação do Gasto Energético Basal (GEB)

17 Cálculo do GEB pela FAO/OMS, 1985 Determinação do Gasto Energético Basal (GEB) IdadeMulheresHomens 18 a 30 anos14,7 x P ,3 x P a 60 anos8,7 x P ,6 x P de 60 anos10,5 x P ,5 x P + 487

18 Cálculo do GEB segundo Harris Benedict Homens: GEB (kcal/dia)=66 + (13,7 x P) + (5 x E) – (6,8 x I) Mulheres: GEB (Kcal/dia)= (9,6 x P) + (1,7 x E) – (4,6 x I) P(kg), E (cm), I (anos) Determinação do Gasto Energético Basal (GEB)

19 Após determinação do GEB, determina-se o VET; Multiplica-se o valor referente ao GEB pelo Fator Atividade (FA), correspondente à atividade física realizada pelo indivíduo. Determinação do Gasto Energético Total (GET) Natureza da atividadeFator Atividade Física Leve1,56 Moderada1,64 Intensa1,82

20 Cálculo da necessidade energética basal e total Caso: Homem de 45 anos Peso: 79 kg Estatura: 180 cm Horas de sono: 8h Sentado trabalhando: 9h Sentado vendo tv: 3,58h De pé: 1h Andando de um lado para outro: 1h Caminhando rápido: 1 h todos os dias Atividade Física: futebol 3h por semana (equivalem a 0,42h por dia)

21 GEB: FAO/OMS: 1795 kcal Harris Benedict: 1742 kcal Fator Atividade FA=1,39 Cálculo do GET GET= GEB x Fator Atividade GET= 1795 x 1,39 GET= 2495 kcal

22 Dietary Reference Intake Homem= 662 – (9.53 x idade [a]) + FA x {(15.91 x peso [kg]) + (539.6 x altura [m])} Mulher= 354 – (6.91 x idade [a]) + FA x {(9.36 x peso [kg]) + (726 x altura [m])} Determinação do VET

23 Atividade Proposta Faça o cálculo do seu Gasto Energético Basal (GEB) e Gasto Energético Total (GET), considerando seus dados pessoais e fator atividade.

24 Referências Bibliográficas CANDIDO, C. C.; GOMES, C. E. T; SANTOS, E. C.; GAMES, G. M. O.; CANOTILHO, A. C. C.; MARQUES, K. G. Nutrição: Guia Prático. 3 ed. São Paulo: Iátria, CUPPARI, L. Guia de Nutrição: Nutrição clínica no adulto. 2 ed. São Paulo: Manole, VITOLO, M. R. Nutrição: da gestação ao envelhecimento. Rio de Janeiro: Rubio, 2010.


Carregar ppt "Cálculo do metabolismo Basal e VET (Valor Energético Total) Componente Curricular: Planejamento Alimentar Profª Adriana de Sousa Nagahashi 2015."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google