A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola E B 2,3 Aires Barbosa Trabalho realizado por: 26/01/2010 Professor: Jorge Botto Reis Disciplina: Ciências da Natureza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola E B 2,3 Aires Barbosa Trabalho realizado por: 26/01/2010 Professor: Jorge Botto Reis Disciplina: Ciências da Natureza."— Transcrição da apresentação:

1 Escola E B 2,3 Aires Barbosa Trabalho realizado por: 26/01/2010 Professor: Jorge Botto Reis Disciplina: Ciências da Natureza

2 ALGAS NA NOSSA ALIMENTAÇÃO

3 INTRODUÇÃO Ciências da Natureza Estamos a fazer este trabalho no âmbito da disciplina de Ciências da Natureza com o título As algas na nossa alimentação Neste trabalho nós gostaríamos de descobrir como são introduzidas as algas na nossa alimentação.

4 As algas As algas não tem raízes, têm uma espécie de pequenos ganchos que lhes permite agarrar-se ao solo. Até há cerca de três décadas, o mundo ocidental desconhecia praticamente tudo sobre algas. Sabe-se que Portugal possui uma grande tradição e um património invejável de algas marinhas que podem ajudar, de forma significativa, a melhorar a saúde e bem- estar das populações. As algas são capazes de tratar determinados problemas humanos e delas são extraídos os componentes para muitos dos produtos utilizados na saúde, farmácia, beleza e mesmo na alimentação.

5 Na alimentação Actualmente a indústria alimentar recorre já a algumas das propriedades das algas. Certamente muitos de nós já consumimos um ingrediente num pudim, num gelado, numa compota, num enchido, na marmelada ou mesmo em sopas instantâneas. Devido à grande proporção de fibra que possuem, as algas constituem um complemento ideal nas dietas de emagrecimento. Para além de satisfazerem o prazer de comer, proporcionam a sensação de estômago saciado. Já se começam a ver à venda embalagens com vários tipos de espécies de algas. Estas verduras do mar fazem parte do reino vegetal, assemelhando-se aos vegetais da terra. Encontram-se nas praias, cascos das embarcações, escarpas de falésias, ao longo da costa, na superfície das águas do mar e em locais submersos.

6 Exemplos de alimentos com algas iogurtes maionese molhos queijo

7 Depois de processadas, as microalgas podem ser transformadas em cápsulas (Fig.29) ou incorporadas nas farinhas para confeccionar pão e outros produtos (Fig.30). Apesar das excelentes perspectivas que oferecem, a utilização dos pequenos seres depara com problemas tecnológicos de produção e, também, com uma legislação confusa sobre o seu uso. Depois de processadas, as microalgas podem ser transformadas em cápsulas (Fig.29) ou incorporadas nas farinhas para confeccionar pão e outros produtos (Fig.30). Apesar das excelentes perspectivas que oferecem, a utilização dos pequenos seres depara com problemas tecnológicos de produção e, também, com uma legislação confusa sobre o seu uso. Micro algas As propriedades nutritivas das algas marinhas são conhecidas há anos, mas sabe-se menos sobre as virtudes alimentares das micro algas. Estas são extremamente ricas em vitaminas e possuem um teor elevado de proteínas. A composição em ácidos gordos de algumas espécies é óptima, com elevado teor de ómega 3 (alguns dos organismos mais ricos nestes ácidos gordos são micro algas) e têm a mesma quantidade de hidratos de carbono de outras espécies vegetais. A utilização de micro algas na confecção de produtos alimentares começa a ganhar força. Porém, a produção é limitada a 2 géneros: chlorella e spirulina, com uma procura de cerca de 5 mil toneladas por ano. Depois de processadas, as micro algas podem ser transformadas em cápsulas ou incorporadas nas farinhas para confeccionar pão, margarina e outros produtos.

8 Curiosidades

9 Na saúde Na sa ú de v á rios estudos vieram confirmar a ac ç ão antibi ó tica das algas, uma delas é a inibi ç ão da forma ç ão de tumores. Outro benef í cio é a redu ç ão do colesterol, a preven ç ão da arteriosclerose e do aumento da tensão arterial. Os compostos destas filhas do mar são utilizados pelos laborat ó rios farmacêuticos para fabrico de medicamentos.

10 Na cosmética Na cosmética os cremes feitos à base de algas e seus extractos permitem uma hidratação da pele, retardam o seu envelhecimento, tonificam os tecidos e possuem grande capacidade de activação biológica. Os banhos de algas aliviam o stress, são recomendáveis contra a celulite, o reumatismo e os problemas circulatórios.

11 Na agricultura Na agricultura as algas constituem um excelente adubo para campos de cultivo. Adubo com algas marinhas

12 Conclusão Com este trabalho nós concluímos que as algas são muitos importantes para a vida do ser humano e que há uma grande parte de alimentos que nós consumimos que contêm algas.

13 Bibliografia dicionário por imagens da terra – Emilie beaumon algas.htm algas.htm Algas.html Algas.html

14 FIM


Carregar ppt "Escola E B 2,3 Aires Barbosa Trabalho realizado por: 26/01/2010 Professor: Jorge Botto Reis Disciplina: Ciências da Natureza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google