A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Auto-avaliação do Curso de Física da UFRRJ - 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Auto-avaliação do Curso de Física da UFRRJ - 2008."— Transcrição da apresentação:

1 Auto-avaliação do Curso de Física da UFRRJ

2 1. Características Gerais do Curso Modalidade: Licenciatura Turno: diurno Tempo Ideal de Conclusão: 4 anos Tempo Mínimo de Conclusão: 3,5 anos Tempo Máximo de Conclusão: 7 anos 2. Perfil Desejado do Egresso Profundos conhecimentos específicos de Física Visão humanística da Ciência, como parte de um patrimônio intelectual e espiritual da humanidade e sujeita a um conjunto de valores éticos da sociedade. Uma sólida formação pedagógica, através de disciplinas e atividades complementares, que possibilite a compreensão do processo educacional em seus diversos planos.

3 3. Importância sócio-econômico-cultural do Curso de Física Papel decisivo desempenhado pelos cursos formação de professores no processo de transformação da realidade brasileira; Em especial, o ensino das Ciências da Natureza, entre elas a Física, possui um papel fundamental em dois aspectos do desenvolvimento sócio-econômico-cultural: promoção do avanço científico-tecnológico rumo a uma sociedade mais próspera e transmissão de um patrimônio cultural representado pela forma como o Homem vê o mundo.

4 4. Demanda Social e Empregabilidade do Licenciado em Física Há uma enorme carência de professores de Física na rede pública de ensino – deficiência quantitativa; Apenas 9% dos professores que atuam nessa rede são formados em Física – deficiência de formação. Os cursos de licenciatura do Estado do Rio de Janeiro não suprem essa demanda.

5 5.Análise dos Indicadores Quantitativos dos últimos 5 anos 2003/12003/22004/12004/22005/12005/22006/12006/22007/12007/2 Alunos efetivamente matriculados alunos com matricula trancada Total de alunos Total de evasões no período Ingressos no Vestibular Ingressos por outras formas Concluintes

6 5.1-Taxa de Concluintes do Curso Se compararmos o total de concluintes do curso a cada ano em relação ao total de estudantes que ingressaram no curso exatamente quatro anos, tempo considerado ideal para a integralização da grade curricular, teremos as seguintes porcentagens: Média Concluintes % 27,932,824,241,941,733,7 -Taxa oscila em torno de 1/3: causas: alta retenção no ciclo básico e alto índice de evasão

7 5.2. Reprovação em Disciplinas Estatística dos últimos cinco anos aponta alto índice de reprovação no ciclo básico em disciplinas téoricas de Física e de Matemática Os casos mais críticos estão nas disciplinas de Física I, com média em torno de 59%, e Física II, com média em torno de 48%. ( baixos desvios padrões dos dados ) Vale ressaltar que estes parâmetros infelizmente se reproduzem em nível nacional, refletindo a grande distância existente entre o ensino de Física e Matemática atualmente praticados no Ensino Médio e a formação nessas áreas necessária para o acompanhamento de um curso universitário de graduação em Física.

8 5.3- Taxa de Evasão do Curso IngressantesMatrícula Trancada DesligadosDesligados s/aprovação Total de evasões 2002/ / / / / / / / / / / /

9 5.3- Taxa de Evasão do Curso Podemos observar um alto índice de evasão: Principais causas: –Dentre os estudantes que ingressam no Curso de Física, um elevado número deles não escolheram este curso como primeira opção no vestibular; –Muitos estudantes se desestimulam diante do alto número de repetências, sobretudo em disciplinas do ciclo básico; –Dificuldade de conciliar curso diurno com necessidade de trabalhar.

10 5.4 – Histórico de Procura no Vestibular Inscritos Aprovados Ingressantes *

11 5.4 – Procura no Vestibular Vemos um decréscimo em 2007: Principais causas aventadas: - Calendário defasado em relação às demais universidades públicas; - Baixo conceito no ENADE/ Necessário uma estratégia de divulgação do Curso para atrair maior número de candidatos

12 6. Avaliação da Matriz Curricular Matriz adequada aos objetivos do curso e ao perfil desejado do egresso: amplos conhecimentos específicos e sólida formação pedagógica, através de disciplinas e atividades acadêmicas; Matriz extremamente de acordo com as Diretrizes Nacionais de Física, modalidade Físico – Educador.

13 7- Perfil Sócio-Econômico do Estudante do Curso A partir dos dados do Questionário ENADE/2005 grande maioria dos estudantes desse curso provêm de famílias de classe média ( renda mensal até dez salários mínimos ) ou de classe baixa ( renda mensal até três salários mínimos ). estudantes são extremamente dependentes da assistência estudantil que lhes é prestada, em termos de alojamento, alimentação e utilização da biblioteca universitária. grande maioria dos estudantes do Curso já trabalham ou trabalharam em algum momento antes de concluírem a sua graduação na maioria dos casos, escolaridade dos pais vai, no máximo, até a conclusão da educação básica, o que se coaduna com os dados anteriores da origem sócio-econômica e, ao mesmo tempo, aponta para uma perspectiva de melhoria dessa condição, através do acesso à educação superior

14 8 – Pontos Fortes e Fracos 8.1 – Pontos Fortes: Corpo Docente e Discente: -Corpo docente com elevada titulação; -Boa parte desse corpo possui produtividade científica; -A maioria dos estudantes consideraram satisfatória a atuação dos docentes no que se refere à dedicação, ao cumprimento dos programas e às avaliações propostas ; - a maioria dos estudantes se declararam atendidos em suas expectativas em relação à formação proporcionada pelo curso;

15 Pontos Fortes e Fracos: Pontos Fortes: Organização Didático-Pedagógica -grade curricular proporciona uma boa formação, tanto nos conteúdos específicos, quanto nos conteúdos pedagógicos; -desenvolvimento de projetos na área de ensino de Física com a participação de estudantes do curso; -monografia de conclusão de curso, que permita ao estudante organizar e apresentar um conteúdo por ele estudado na forma de um texto científico. Infraestrutura: - Boas condições de assistência ao estudante;

16 Pontos Fracos: Corpo Docente: - grande número de professores substitutos, - número pequeno de professores ( treze ) no Departamento de Física, insuficiente para o desenvolvimento dos diversos projetos que vêm sendo implementados ou propostos por este Departamento: Projeto PET-Física de Ensino, Projeto PIBID – Iniciação à Docência, Projeto MINTER de Implantação de um curso de Mestrado em Física na UFRRJ e outros; -Muitos estudantes se ressentem de uma má formação escolar que dificulta acentuadamente o processo de aprendizagem, sobretudo nas disciplinas iniciais do curso, nas áreas de Física e Matemática. Para tanto, seriam necessárias iniciativas no sentido de promover cursos de atualização e nivelamento, ainda bastante insuficientes no Curso da UFRRJ. Foram saudadas as primeiras iniciativas neste sentido, levadas adiante pela Coordenação e pelos participantes do Projeto PET-Física.

17 Pontos Fracos Organização Didático-Pedagógica: - deficiência de atividades extracurriculares que contribuam para motivar e aumentar o interesse dos estudantes em relação às questões acadêmicas e culturais; - estudantes se ressentem profundamente de uma orientação acadêmica e profissional que lhes esclareça a respeito das suas possibilidades profissionais ; - pequeno número de bolsas de IC; Infraestrutura: - Deficiência de Biblioteca, inexistência de Biblioteca Setorial, Salas de aula mal conservadas, falta de espaço físico para atividades do DEFIS, deficiência de equipamentos de Laboratório. Vale ressaltar que a inexistência de um laboratório de ensino de Física e a estruturação dos laboratórios didáticos de Física Experimental foram alvo de menção negativa por ocasião da última avaliação das condições de oferecimento do Curso de Física, realizada pelo MEC no ano de 2000.

18 9 – Demanda de docentes para o Curso primeiramente, na área de Matemática, há a necessidade de promover a substituição de um número excessivamente grande de professores com contrato temporário por professores efetivos; o Departamento de Física, como dissemos, possui atualmente um número insuficiente de professores para realizar todas as atividades acadêmicas que vem desenvolvendo. Há especialmente necessidade de contratação de professores na área de Ensino de Física, vital para um curso de Licenciatura em Física, e na área de Física Experimental.

19


Carregar ppt "Auto-avaliação do Curso de Física da UFRRJ - 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google