A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento e Prática da Gestão Escolar. Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para a sua produção ou a sua construção. Paulo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento e Prática da Gestão Escolar. Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para a sua produção ou a sua construção. Paulo."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento e Prática da Gestão Escolar. Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para a sua produção ou a sua construção. Paulo Freire. Mariângela Bairros 2008

2 O que é planejamento? O planejamento requer: Pesquisa; Levar em conta as características e necessidades de aprendizagem dos alunos; Levar em conta os objetivos educacionais da escola e seu projeto pedagógico; Compromisso pessoal com a educação.

3 PLANEJAMENTO É processo de conhecimento da escola e da sociedade em que vivemos; Relação entre educação e realidade; É processo que se preocupa com para onde ir(PPP) e como chegar lá(Regimento). Clareza da função de sua área de conhecimento e de sua tarefa individual, na construção coletiva do PPP da escola e na tradução deste PPP em regras regimentais; É processo contínuo e sistematizado de projetar e decidir ações em relação ao futuro.

4 PLANEJAMENTO Reflexão coletiva sobre as ações educacionais acreditando que é possível realizar mudanças; Momento de integração da equipe; Vivência interdisciplinar; É momento importante para a equipe da escola conhecer, se apropriar e participar da construção do Projeto Educacional e do Regimento Escolar.

5 PLANO É um documento que registra o que se pensa fazer, como fazer, quando fazer, com que fazer e com quem fazer É um documento que registra o que se pensa fazer, como fazer, quando fazer, com que fazer e com quem fazer Evita o improviso Evita o improviso É um norte para as ações educacionais É um norte para as ações educacionais É a apresentação sistematizada e justificada das decisões tomadas É a apresentação sistematizada e justificada das decisões tomadas

6 PLANO E PLANEJAMENTO Plano é a formalização dos diferentes momentos do processo de planejamento Plano é a formalização dos diferentes momentos do processo de planejamento Planejamento e Plano estão estreitamente relacionados mas não são sinônimos Planejamento e Plano estão estreitamente relacionados mas não são sinônimos

7 O que representa cada um: PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO Representa o processo. Representa o processo. PLANO PLANO É o registro do processo. É o registro do processo.

8 P ROJETO P OLÍTICO P EDAGÓGICO É a bússola de navegação para a escola, indica o rumo a seguir É a bússola de navegação para a escola, indica o rumo a seguir Necessita de construção coletiva Necessita de construção coletiva Precisa ser assumido por toda comunidade escolar Precisa ser assumido por toda comunidade escolar Expressa a identidade da escola Expressa a identidade da escola É referência para os demais níveis de planejamento da escola. É referência para os demais níveis de planejamento da escola.

9 Reflexão: O Planejamento funciona do modo como vem sendo feito?

10 É PRECISO (RE)SIGNIFICAR A PRÁTICA DO PLANEJAMENTO A prática pedagógica está ligada à concepção do homem e do conhecimento que fundamenta as relações cotidianas. É preciso compreender a função social da escola para propiciar ao aluno a compreensão da realidade; Reinventar a escola; Acreditar nas suas possibilidades.

11 PLANEJAMENTO ESCOLAR Educador apresenta seus princípios,diretrizes e procedimentos do trabalho docente; Educador apresenta seus princípios,diretrizes e procedimentos do trabalho docente; Vínculos entre os pressupostos norteadores e as ações efetivas em sala de aula; Vínculos entre os pressupostos norteadores e as ações efetivas em sala de aula; Racionalização do trabalho docente; Racionalização do trabalho docente; Ter claro objetivos, conteúdos e métodos; Ter claro objetivos, conteúdos e métodos; Unidade e coerência do trabalho docente; Unidade e coerência do trabalho docente; Facilitar a preparação das aulas Facilitar a preparação das aulas

12 PLANEJAMENTO ESCOLAR O Plano deve ser um instrumento para a ação: O plano é um guia de orientação O plano é um guia de orientação Deve ser flexível, estar sujeito à modificações Deve ser flexível, estar sujeito à modificações O plano deve ter uma ordem seqüencial progressiva- passos- lógica O plano deve ter uma ordem seqüencial progressiva- passos- lógica Deve primar pela objetividade Deve primar pela objetividade Deve ter coerência entre as idéias e a prática Deve ter coerência entre as idéias e a prática

13 PLANEJAMENTO ESCOLAR PLANO DA ESCOLA Concepção pedagógica da escola Concepção pedagógica da escola Guia de orientação para o plano de cada professor Guia de orientação para o plano de cada professor Deve ser consensual, fruto da reflexão e decisão do coletivo da escola Deve ser consensual, fruto da reflexão e decisão do coletivo da escola


Carregar ppt "Planejamento e Prática da Gestão Escolar. Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para a sua produção ou a sua construção. Paulo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google