A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO Organização Paripe ALMIR RIBEIRO CRISTIANO RENNE FÁBIO SALVADOR JUAN CALLEU RONALDO SANTOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO Organização Paripe ALMIR RIBEIRO CRISTIANO RENNE FÁBIO SALVADOR JUAN CALLEU RONALDO SANTOS."— Transcrição da apresentação:

1 ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO Organização Paripe ALMIR RIBEIRO CRISTIANO RENNE FÁBIO SALVADOR JUAN CALLEU RONALDO SANTOS

2 ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO É um padrão de decisões e ações estratégicas que define o papel, os objetivos e as atividades da produção.

3 PERSPECTIVAS DA PRODUÇÃO 1. Top-down: é o reflexo de cima para baixo do que o grupo ou negócio deseja fazer. 2. Bottom-up: é uma atividade de baixo para cima, em que as melhorias constroem a estratégia. 3. Requisitos de mercado: envolve traduzir os requisitos do mercado em decisões da produção. 4. Recursos da produção: envolve explorar as capacidades dos recursos da produção em mercados eleitos.

4

5 PERSPECTIVA TOP-DOWN A estratégia da empresa é formada pelas seguintes decisões: Estratégia corporativa: estratégia que posicionará a empresa em seu ambiente global (econômico, político, social, etc). Ex: tipos de negócios a investir, em que partes do mundo operar, como alocar recursos nos vários negócios, etc.

6 Estratégias de negócios: cada unidade de negócios na corporação precisará elaborar sua própria estratégia, a qual guiará a empresa em relação a seus consumidores, mercados e concorrentes. Ex: como o negócio vai competir no seu mercado. Estratégias funcionais: A produção, o marketing, o desenvolvimento de produto/ serviço e outras funções precisam considerar qual a melhor forma de se organizarem para apoiar os objetivos da empresa. Estratégias funcionais: A produção, o marketing, o desenvolvimento de produto/ serviço e outras funções precisam considerar qual a melhor forma de se organizarem para apoiar os objetivos da empresa. Ex: como traduzir objetivos competitivos da empresa em objetivos funcionais.

7 PERSPECTIVA BOTTOM-UP A revisão de um estratégia corporativa leva em conta circunstâncias, experiências e capacidades. Envolve: Consultar as funções individuais da empresa sobre suas restrições e capacidades. Consultar as funções individuais da empresa sobre suas restrições e capacidades. Levar em consideração as estratégias emergentes (baixo), que são gradualmente moldadas pelo tempo e baseada em experiência de vida real e não teórica. Levar em consideração as estratégias emergentes (baixo), que são gradualmente moldadas pelo tempo e baseada em experiência de vida real e não teórica.

8

9 PERSPECTIVA REQUISITOS DO MERCADO Toda empresa busca satisfazer o mercado a que está tentando servir, a perspectiva de mercado é também importante para a administração da produção. Sem compreender o que o mercado quer, é impossível garantir que as operações estejam alcançando seus objetivos de desempenho. É da perspectiva de mercado que os objetivos de desempenho deveriam ter prioridade, esta prioridade é influenciada por 3 fatores particulares:

10 Perspectivas das exigências do mercado Fatores Particulares

11 A influência dos consumidores A produção procura satisfazer aos clientes desenvolvendo seus 5 objetivos de desempenho: Produtos ou serviços a baixo preço = custos Produtos ou serviços a baixo preço = custos Produtos ou serviços sem erros = qualidade Produtos ou serviços sem erros = qualidade Produtos ou serviços inovadores = flexibilidade Produtos ou serviços inovadores = flexibilidade Produtos entregues sem demora = rapidez Produtos entregues sem demora = rapidez Produtos de segurança = confiabilidade Produtos de segurança = confiabilidade Esses fatores definem as exigências dos clientes, e são chamados de fatores competitivos

12

13 Objetivos qualificadores e ganhadores: A importância relativa dos fatores competitivos está na distinção dos fatores ganhadores de pedidos e dos qualificadores de pedidos. Critérios ganhadores de pedidos: são os que direta e significativamente contribuem para a realização de um negócio. Critérios qualificadores de pedidos: podem não ser os principais, mas correspondem a um nível superior de desempenho da produção, abaixo deste nível, possivelmente o cliente desqualificará a empresa.

14 Clientes diferentes objetivos diferentes: Se uma operação produzir bens ou serviços para mais de um grupo de consumidores, precisará determinar quais os fatores competitivos: Ganhadores de pedidos Ganhadores de pedidos Quais os qualificadores Quais os qualificadores Quais os menos importantes para cada grupo Quais os menos importantes para cada grupo A influência dos concorrentes: Em algum momento, a produção pode ser também influenciada pelas atividades dos concorrentes.

15 Ciclo de Vida

16 PERSPECTIVA RECURSOS DA PRODUÇÃO Esta perspectiva sustenta que empresas com desempenho estratégico acima da média, provavelmente terão conquistado sua vantagem competitiva devido às competências centrais de seus recursos, no longo prazo, isto terá impacto significativo em seu sucesso estratégico.

17 Recursos e processos Deve-se ter um entendimento das capacidades e restrições de recursos dentro da produção: o que temos e o que podemos fazer. Devem ser examinados: Os recursos de transformação e os recursos transformados. Os recursos de transformação e os recursos transformados. Os processos, bem como os recursos intangíveis Os processos, bem como os recursos intangíveis Relacionamento com fornecedores, reputação, conhecimento e experiência, trabalho da equipe etc. Relacionamento com fornecedores, reputação, conhecimento e experiência, trabalho da equipe etc.

18 Decisões estruturais e infra-estruturais A estratégia de produção divide-se em: Aquelas que determinam a estrutura da produção: ligadas às atividades de projeto Aquelas que determinam sua infra-estrutura: ligadas à força de trabalho de uma organização ou atividades de planejamento, controle e melhoria

19

20

21 MATRIZ PLATTS-GREGORY

22

23 Procedimento Platts-Gregory Este processo possui 3 etapas: 1.Desenvolvimento da compreensão da posição de mercado da organização (oportunidades e Ameaças). Utiliza perfis dos requisitos de mercado e dos desempenhos para identificar lacunas a considerar. 2.Avaliação das capacidades da operação com o propósito de identificar e avaliar a prática das operações em curso para alcançar dado desempenho. 3.Desenvolvimento das novas estratégias de produção, o que envolve a revisão das várias opções que estão disponíveis para a organização e a seleção da melhor para satisfazer aos critérios identificados.


Carregar ppt "ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO Organização Paripe ALMIR RIBEIRO CRISTIANO RENNE FÁBIO SALVADOR JUAN CALLEU RONALDO SANTOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google