A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 O MAGO DE ID. 2 Parker e Hart 3 TERCEIRIZAÇÃO é a delegação a um vendedor externo, através de instrumento contratual, de uma parte ou do todo, do fornecimento,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 O MAGO DE ID. 2 Parker e Hart 3 TERCEIRIZAÇÃO é a delegação a um vendedor externo, através de instrumento contratual, de uma parte ou do todo, do fornecimento,"— Transcrição da apresentação:

1 1 O MAGO DE ID

2 2 Parker e Hart

3 3 TERCEIRIZAÇÃO é a delegação a um vendedor externo, através de instrumento contratual, de uma parte ou do todo, do fornecimento, operação e manutenção dos recursos técnicos e humanos e das responsabilidades gerenciais associadas com algum serviço de uma empresa. 1. Conceituação

4 4 a)Uma forma de repassar a culpa dos nossos fracassos para outros. b)Uma maneira de provar à Diretoria que é impossível atender suas solicitações nos prazos. c)Um método de trocarmos o papel de “cobrados” para “cobradores” d)A última esperança de que aconteçam milagres e)Uma ameaça ao nosso emprego f)NRA Resposta (f) Teste: O que é Terceirização?

5 5 A decisão é crítica porque o vendedor objetiva estabelecer um contrato de parceria por 8 a 10 anos, o que é um período muito longo, levando em conta a alta velocidade de mudança do ambiente de negócios em que operam as empresas hoje em dia: é preciso coragem para vincular a um agente externo o futuro tecnológico por um espaço de tempo tão longo para a organização. A decisão é estratégica porque envolve todos os processos da organização. A decisão de terceirizar é uma opção crítica, essencialmente estratégica.

6 6 Rede própria

7 7 Medo de perder o controle dos serviços pela organização interna da empresa; Preocupação com a perda de visão da tecnologia e de se inviabilizar a migração para novas plataformas; A terceirização total é um caminho sem volta. Fatores inibidores para terceirizar

8 8  Tornar mais leve a organização da empresa;  Concentrar o esforço gerencial nas suas atividades-fim;  Suprir falta de competência da equipe. Uma conceituação operacional Objetivos

9 9  Reduzir custos empresariais, executando serviços com empresas capazes de operar a custos mais baixos, prazos mais curtos ou em melhor qualidade;  Liberar gerentes da empresa de se envolver com assuntos fora do foco;  Ampliar a capacidade de realização por um determinado período, sem ter que ampliar os quadros da empresa. Uma conceituação operacional Objetivos

10 10  Serviços de limpeza;  Serviços de segurança patrimonial;  Serviços de administração de prédios;  Restaurante;  Contabilidade;  Serviços de seleção e recrutamento de pessoal;  Serviços de treinamento de pessoal 2. Aplicações gerais

11 11  Projeto e instalação física de redes e centros de servidores;  Serviços de entrada de dados, operação de redes de computadores, programação;  Serviços de desenvolvimento de sistemas;  Serviços de planejamento de capacidade;  Telefonia / telecomunicações;  Recuperação de desastres... Na área de tecnologia de informação

12 12  Hospedagem da aplicação;  Serviços de segurança de dados;  Serviços de auditoria;  Serviços de manutenção de equipamentos, rede e programas;  Serviços de treinamento de pessoal em tecnologia de informação. Na área de tecnologia de informação

13 13  Suporte às redes locais de microcomputadores; “Call – center” interno “Call – center” / SAC para atendimento a clientes e fornecedores Desenvolvimento e atualização de “sites” Busca de informações correlatas ao negócio (“clipping eletrônico”) Na área de tecnologia de informação

14 14 Reconhecimento de que uma fatia muito grande dos custos da empresa são "overhead" (65%-75%) e que muitos desses custos representam compras de serviço a grupos internos da empresa. DESVANTAGENS: risco da contratada não cumprir o objetivo, tais como: Motivação para a terceirização

15 15  Atrasos  Erros de execução  Entendimento errado do problema  Má documentação da solução  Má assistência em correções e modificações  Subcontratados da fornecedora que não tem bom desempenho  Contratada que apresenta soluções que não atendem ao interesse do seu cliente, mas que lhe proporcionam vantagens / benefícios. RISCOSRISCOS Riscos na Terceirização

16 16  Pouca sensibilidade do pessoal da contratada para a cultura, tradição e estratégias de negócios da contratante  Riscos de dependência da contratada e perda do conhecimento tecnológico interno  Perda de flexibilidade, devido a um contrato de longo prazo sem possibilidade de ser adaptado às necessidades de negócio que aparecem em seu curso. RISCOSRISCOS Riscos na Terceirização

17 17  Riscos de crescimento de custos devido a passivos da organização anteriormente existentes, obrigando ao pagamento de pensões, planos de aposentadoria, transferências de licenças de software, custos de administrar o contrato de terceirização;  Aumento da complexidade gerencial por parte do contratante para acompanhar e controlar o trabalho do contratado. Os custos de governar o contrato que podem se tornar elevados. RISCOSRISCOS Riscos na Terceirização

18 18  Economias de escala  Especialização dos serviços  Maior eficácia e possibilidade de controle dos custos  Não dispersão da atividade gerencial  Flexibilidade de aumentar e diminuir volumes de serviço  Redução de custos com ganho de qualidade e produtividade Vantagens na Terceirização

19 19  Possibilidade de concentrar investimentos em atividades-fim da empresa;  Desenvolver mais rapidamente aplicações de informática;  Aumentar a capacidade de implementar mudanças mais rapidamente. Vantagens na Terceirização

20 20 Análise detalhada da atividade a terceirizar:  Conveniência para empresa;  Condições para a terceirização;  Definição dos pontos de controle;  Metodologias para acompanhamento dos resultados dos serviços. 3. Políticas de terceirização

21 21  Definição da equação orçamentária;  Custo atual do serviço;  Custo previsto;  Forma de controle do custo  Reação da equipe da empresa e postura a adotar. Definição do termo de referência para contratação

22 22 Formas de aquisição: Compra Contratação de serviços Aluguel / cessão de direitos de uso Licença de uso "Leasing” 4. Contratação de produtos e serviços Exemplo: informática

23 23 São produtos ou serviços realizados por diferentes organizações de modo similar, especialmente empresas de um ramo específico de indústria, com as seguintes características : o desempenho dessas empresas é de alta qualidade e os seus produtos ou serviços estão amplamente disponíveis a preços competitivos; raramente representam um ativo e normalmente é mais vantajoso adquirir de terceiros, face ao preço competitivo que oferecem. "Commodities"


Carregar ppt "1 O MAGO DE ID. 2 Parker e Hart 3 TERCEIRIZAÇÃO é a delegação a um vendedor externo, através de instrumento contratual, de uma parte ou do todo, do fornecimento,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google