A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistemas de Gestão Empresarial - ERP Organização! Profª Crishna Irion.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistemas de Gestão Empresarial - ERP Organização! Profª Crishna Irion."— Transcrição da apresentação:

1 Sistemas de Gestão Empresarial - ERP Organização! Profª Crishna Irion

2 Fundamentos de Sistemas de Informação II FATORES INTERVENIENTES: Ambiente Cultura Estrutura Procedimentos padrão Políticas Decisões administrativas Acaso ORGANIZAÇÕES TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ORGANIZAÇÕES E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO O relacionamento de duas vias entre organizações e tecnologia da informação

3 Fundamentos de Sistemas de Informação II Organização Estrutura estável e formalEstrutura estável e formal Retira recursos do ambiente e os processa para produzir resultadosRetira recursos do ambiente e os processa para produzir resultados Definição técnica microeconômica da organização

4 Fundamentos de Sistemas de Informação II Definição comportamental da organização Coleção de direitos, privilégios, obrigações e responsabilidadesColeção de direitos, privilégios, obrigações e responsabilidades Em equilíbrio delicadoEm equilíbrio delicado Resolução de conflitosResolução de conflitos Visão comportamental das organizações

5 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características comuns às organizações Organizações burocráticas que têm certas características estruturaisOrganizações burocráticas que têm certas características estruturais Características estruturais das organizações: Divisão clara do trabalhoDivisão clara do trabalho HierarquiaHierarquia Regras e procedimentos explícitosRegras e procedimentos explícitos Julgamentos imparciaisJulgamentos imparciais Qualificações técnicasQualificações técnicas Máxima eficiência organizacionalMáxima eficiência organizacional

6 Fundamentos de Sistemas de Informação II Mecânicos X Orgânicos os sistemas mecânicos (típicos do conceito tradicional) e os sistemas orgânicos (abordagem do desenvolvimento organizacional). Os sistemas orgânicos tornam as organizações coletivamente conscientes dos seus destinos e da orientação necessária para melhor se dirigir a eles. Sistemas MecânicosSistemas Orgânicos A ênfase é exclusivamente individual e nos cargos da organização. A ênfase é nos relacionamento entre ou dentro dos grupos. Relacionamento do tipo autoridade- obediência. Confiança e crença recíprocas. Uma rígida adesão à delegação e à responsabilidade dividida. Interdependência e responsabilidade compartilhada. Divisão do trabalho e supervisão hierárquica rígida. Participação e responsabilidade multigrupal. A tomada de decisões é centralizada.A tomada de decisões é descentralizada. Controle rigidamente centralizado. Amplo compartilhamento de responsabilidade e de controle. Soluções de conflitos por meio de repressão, arbitragem e/ou hostilidade. Solução de conflitos através de negociação ou de solução de problemas.

7 Fundamentos de Sistemas de Informação II Procedimentos Operacionais Padrão Regras, procedimentos e práticas precisosRegras, procedimentos e práticas precisos Permitem às organizações enfrentar todas as situações esperadasPermitem às organizações enfrentar todas as situações esperadas Política organizacional Pontos de vista divergentes levam a lutas olíticas, competição e conflitoPontos de vista divergentes levam a lutas olíticas, competição e conflito Atrapalha a mudança organizacionalAtrapalha a mudança organizacional

8 Fundamentos de Sistemas de Informação II Fases da Organização Fase 1os seus processos são facilmente supervisionáveis e controláveis. Há poucas tarefas de rotina e um enorme volume de improvisação. Com os poucos procedimentos preestabelecidos, a capacidade da empresa para realizar inovações é bastante elevada. Fase 2a organização cresce e expande as suas atividades, intensificando suas operações e aumentando o número de seus participantes. Aproveitamento das oportunidades que surgem e o nivelamento entre a produção da organização e as necessidades ambientais. Fase 3estabelecer normas de coordenação entre os diversos departamentos ou setores que vão surgindo, bem como definir rotinas e processos de trabalho. Fase 4 rede de regulamentação burocrática, preestabelecendo o comportamento organizacional dentro de padrões rígidos e de um sistema de regras e de procedimentos Fase 5readaptação à flexibilidade,, através de introdução consciente de sistemas organizações flexíveis.

9 Fundamentos de Sistemas de Informação II Tipos de Organização Organização Linear Organização Funcional Organização Linha-Staff

10 Fundamentos de Sistemas de Informação II Organização Linear Organização do tipo linear constitui a forma mais simples e mais antiga. A denominação linear deve-se ao fato de que, entre o superior e os subordinados, existem linhas diretas e únicas de autoridade e de responsabilidade. É uma organização simples e de conformação piramidal, onde cada chefe recebe e transmite tudo o que se passa na sua área, uma vez que as linhas de comunicação são rigidamente estabelecidas. É tipicamente uma forma de organização encontrada nas pequenas empresas ou nos estágios iniciais das organizações.

11 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características da organização linear Autoridade linear Linhas formais de comunicação: para cima ou para baixo Centralização das decisões: só existe uma autoridade máxima Aspecto Piramidal: à medida que se sobe na escala hierárquica, diminui o número de cargos ou órgãos.

12 Fundamentos de Sistemas de Informação II Vantagens e Desvantagens da Organização Linear Vantagens Estrutura simples e de fácil compreensão. Nítida e clara delimitação das responsabilidades dos órgãos envolvidos. Facilidade de implantação. Estabilidade. Desvantagens Rigidez e à inflexibilidade da organização linear. Pode tornar-se autocrática. Enfatiza e exagera a função de chefia e de comando. Chefe - generalista que não pode se especializar em coisa nenhuma. À medida que a empresa cresce, a organização linear conduz inevitavelmente ao congestionamento das linhas formais de comunicação.

13 Fundamentos de Sistemas de Informação II Organização Funcional O princípio funcional separa, distingue e especializa. A organização funcional é do tipo de estrutura organizacional que aplica o princípio funcional ou princípio da especialização das funções para cada tarefa.

14 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características da Organização Funcional Autoridade funcional ou dividida, que é relativa e baseada na especialização. Linhas diretas de comunicação, sem necessidade de intermediação. Descentralização das decisões, as decisões são delegadas aos órgãos ou cargos especializados Ênfase na especialização, em todos os níveis de organização.

15 Fundamentos de Sistemas de Informação II Vantagens e Desvantagens da Organização Funcional Vantagens Proporcionam o máximo de especialização nos diversos órgãos ou cargos; Permite a melhor supervisão técnica possível; Desenvolve comunicação direta; Separa as funções de planejamento e de controle das funções de execução. Desvantagens Diluição e conseqüente perda de autoridade de comando; Subordinação múltipla; Tendência à ocorrência entre os especialistas; Tendência à tensão e conflito dentro da organização; Confusão quanto aos objetivos.

16 Fundamentos de Sistemas de Informação II Organização Linha-Staff É o resultado da combinação dos tipos de organização linear e funcional, buscando-se incrementar as vantagens desses dois tipos de organização e reduzir as suas desvantagens. É o tipo de organização mais implantado hoje. Critérios de distinção entre Linha e Staff Relacionamento com os objetos da organização: As atitudes de linha estão diretas e intimamente ligadas aos objetivos básicos da organização, enquanto as atividades de Staff estão ligadas a eles indiretamente. Tipo de autoridade: Os órgãos de linha têm autoridade para dirigir e executar as atividades principais ou vinculadas diretamente aos objetivos da organização.

17 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características da Organização Linha-Staff Fusão da estrutura linear com a estrutura funcional, com predomínio da primeira; Coexistência entre as linhas formais de comunicação com as linhas diretas de comunicação; Separação entre órgãos operacionais (executivos) e órgãos de apoio (assessores). Hierarquia versus especialização: Desenvolvimento da organização Linha-Staff é uma linha complexa. É a evolução da hierarquia funcional em face da divisão do trabalho na organização.

18 Fundamentos de Sistemas de Informação II Fases da Linha-Staff Fase 1: Não há especialização de serviços; Fase 2: Passa haver especialização de serviços a nível de seção; Fase 3: Passa haver especialização de serviços a nível de departamento; Fase 4: As atividades de serviços ao nível de departamento passam a ser descentralizadas ao nível de seção.

19 Fundamentos de Sistemas de Informação II Vantagens e Desvantagens da Organização Linha-Staff Vantagens Assegura assessoria especializada e inovadora, mantendo o princípio de autoridade única os órgãos de Staff providenciam serviços especializados, fator bastante importante, em era de especialização; Atividade conjunta e coordenada dos órgãos de linha e órgãos de Staff. A organização Linha Staff caracteriza-se pela existência de órgãos de linha e de órgãos de Staff. Desvantagens Possibilidade de conflitos entre assessoria e os demais órgãos e vice-versa; Dificuldade na obtenção e manutenção do equilíbrio dinâmico entre Linha e Staff.

20 Fundamentos de Sistemas de Informação II Teoria da Organização: Divisão do Trabalho –Padronização e amplificação das atividades dos operários e posteriormente de pessoal de nível mais elevado. –Maior especialização e detalhamento das tarefas. –Melhor aproveitamento do trabalho especializado por meio da departamentalização. Maior produtividade e melhoria do rendimento do pessoal envolvido, Maior eficiência da organização e redução dos custos de produção, principalmente os de mão-de-obra e materiais diretos.

21 Fundamentos de Sistemas de Informação II Teoria da Organização: Especialização Cada órgão passa a ter funções e tarefas específicas e especializadas A especialização do trabalho constitui uma maneira de aumentar a eficiência e de diminuir os custos de produção

22 Fundamentos de Sistemas de Informação II Teoria da Organização: Hierarquia A organização necessita de uma estrutura hierárquica para dirigir as operações dos níveis que lhe estão subordinados, Dividir a organização em camadas, tendo os superiores uma certa autoridade sobre os inferiores. Autoridade é o comando para a execução ou não de algo, da maneira considerada, como adequada para realização dos objetivos. A autoridade é o fundamento da responsabilidade

23 Fundamentos de Sistemas de Informação II Teoria da Organização: Hierarquia Delegação é o processo de transferir autoridade e responsabilidade para posições inferiores na hierarquia. Muitas organizações incentivam seus gerentes a delegar autoridade aos níveis mais baixos para proporcionar o máximo de flexibilidade para satisfazer as necessidades do cliente e de adaptar ao ambiente. O gerente pode delegar uma tarefa inteira a uma pessoa ao invés de subdividi-la entre varias pessoa, isto possibilita ao gerente melhor controle sobre os resultados.

24 Fundamentos de Sistemas de Informação II Distribuição da autoridade e da responsabilidade Áreas de Autoridade: Diretor / Gerente / Supervisor –Quando um gerente tem muitos subordinados, diz-se que ele tem uma amplitude de comando muito grande e amplo. –Na prática a amplitude média adotada por uma organização determina a configuração geral de sua estrutura organizacional. –Uma amplitude média estreita e um maior números de níveis hierárquicos produz uma estrutura organizacional alta e alongada. –Ao contrário, uma amplitude média larga e poucos níveis hierárquicos produzem uma estrutura organizacional achatada e dispersa horizontalmente.

25 Fundamentos de Sistemas de Informação II Divisão do Trabalho e Especialização Funções Administrativas –Proporcionalidade da função administrativa - ela se reparte por todos os níveis da hierarquia da empresa e não é privativa da alta cúpula. –A função administrativa é distribuída proporcionalmente entre todos os níveis hierárquicos.

26 Fundamentos de Sistemas de Informação II Organização Formal x Organização Informal Organização Formal a organização apenas em termos lógicos, formais, rígidos e abstratosa organização apenas em termos lógicos, formais, rígidos e abstratos Baseada na divisão do trabalho racional que especializa órgãos e pessoas em determinadas atividades. É a organização que esta representada pelo organograma, sacramentada pela Direção e comunicada a todos por meio de manuais de organizaçãoBaseada na divisão do trabalho racional que especializa órgãos e pessoas em determinadas atividades. É a organização que esta representada pelo organograma, sacramentada pela Direção e comunicada a todos por meio de manuais de organização

27 Fundamentos de Sistemas de Informação II Organização Formal x Organização Informal Organização Informal É aquela que emerge espontaneamente entre as pessoas que ocupam posições na organização formal e a partir dos relacionamentos humanos como ocupantes de cargos, forma-se a partir de grupos informais que não aparecem no organograma ou documento formalÉ aquela que emerge espontaneamente entre as pessoas que ocupam posições na organização formal e a partir dos relacionamentos humanos como ocupantes de cargos, forma-se a partir de grupos informais que não aparecem no organograma ou documento formal Os Padrões Informais de relações são extremamente diversos quanto à forma, conteúdo e duração e mostram que nem sempre a organização social de uma empresa corresponde exatamente ao seu organograma.Os Padrões Informais de relações são extremamente diversos quanto à forma, conteúdo e duração e mostram que nem sempre a organização social de uma empresa corresponde exatamente ao seu organograma. Cada indivíduo necessita de um mínimo de interação com outros indivíduos, dentro de um sistema informal de relacionamentos. O Conjunto de interações e de relacionamentos que se estabelecem entre vários elementos humanos, numa organização, denomina-se organização informal.Cada indivíduo necessita de um mínimo de interação com outros indivíduos, dentro de um sistema informal de relacionamentos. O Conjunto de interações e de relacionamentos que se estabelecem entre vários elementos humanos, numa organização, denomina-se organização informal.

28 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características da Organização Informal; Relação de coesão ou de Antagonismo; Status; Colaboração espontânea; A possibilidade da oposição à organização informal; Padrões de relações e atitudes; Mudanças de níveis e alterações dos grupos informais; A organização informal transcende a organização formal; Padrões de desempenho nos grupos informais. A Organização informal tem sua origem na necessidade do indivíduo de conviver com os demais seres humanos.

29 Fundamentos de Sistemas de Informação II Cultura organizacional Conjunto de premissas fundamentais sobre: Que produtos a organização deve produzirQue produtos a organização deve produzir Como e onde deve produzi-losComo e onde deve produzi-los Para quem eles devem ser produzidosPara quem eles devem ser produzidos

30 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características exclusivas das organizações Todas as organizações têm diferentes: Estruturas/tipos de organização Metas Públicos Estilos de liderança, tarefas Ambientes circundantes

31 Fundamentos de Sistemas de Informação II Estruturas organizacionais Empreendedora: Empresas iniciantes Burocracia mecânica: Indústria manufatureira de médio porte Burocracia divisional: Empresas Fortune 500 Burocracia profissional: Escritórios de advocacia, sistemas de ensino, hospitais Adhocracia: Empresas de consultoria

32 Fundamentos de Sistemas de Informação II A organização e seu ambiente

33 Fundamentos de Sistemas de Informação II As diferenças entre as organizações Objetivos finaisObjetivos finais Diferentes grupos ou públicosDiferentes grupos ou públicos Natureza da liderançaNatureza da liderança Tarefas e tecnologiaTarefas e tecnologia

34 Fundamentos de Sistemas de Informação II Serviços de tecnologia da informação e a organização

35 Fundamentos de Sistemas de Informação II Como os sistemas de informação afetam as organizações Implementação de mudanças e resistência organizacional

36 Fundamentos de Sistemas de Informação II O papel dos gerentes nas organizações Categorias Interpessoais: Os gerentes atuam como representantes e líderes Informativos: Os gerentes recebem e disseminam as informações mais importantes, funcionando como centros nervosos Decisórios: Os gerentes iniciam atividades, alocam recursos e negociam conflitos

37 Fundamentos de Sistemas de Informação II Processo de tomada de decisão Tomada de decisões estratégicas: Determina objetivos de longo prazo, recursos e políticas Controle da gestão: Monitora a eficácia e a eficiência com que se usam os recursos e o desempenho de unidades operacionais Controle operacional: Determina como realizar as tarefas específicas apresentadas pelos tomadores de decisão das gerências estratégica e média Processo decisório do nível do conhecimento: Avalia novas idéias para produtos e serviços, maneiras de comunicar novos conhecimentos e modos de distribuir informações

38 Fundamentos de Sistemas de Informação II As decisões são classificadas como: Não-estruturadas: Como não são rotineiras, não há procedimentos estabelecidos. O tomador de decisão deve usar bom-senso, capacidade de avaliação e perspicácia para definir o problema Estruturadas: Repetitivas e rotineiras, envolvem procedimento definido

39 Fundamentos de Sistemas de Informação II SPT SAE SIG STC SAD SAE Nível organizacional TIPO DE DECISÃOOPERACIONALCONHECIMENTOGERENCIALESTRATÉGICO ESTRUTURADA CONTAS A RECEBER AGENDAMENTO CUSTOS ELETRÔNICO DE PRODUÇÃO SEMI-PREPARAÇÃO DO ORÇAMENTO ESTRUTURADA PROGRAMAÇÃO DE PROJETO LOCALIZAÇÃO DAS INSTALAÇÕES NÃO- ESTRUTURADA DESIGN DE PRODUTO NOVOS PRODUTOS NOVOS MERCADOS Diferentes tipos de sistemas de informação

40 Fundamentos de Sistemas de Informação II Estágios da tomada de decisão Inteligência: Coleta informação, identifica problemas Concepção: Imagina possíveis soluções para o problema Seleção: Escolher uma das alternativas de solução Implementação: Executa a decisão, faz relatórios sobre o progresso da solução

41 Fundamentos de Sistemas de Informação II Processo de tomada de decisão

42 Fundamentos de Sistemas de Informação II Implicações para o projeto e o entendimento dos sistemas de informação Fatores a considerar no planejamento de um novo sistema: Ambiente organizacional Estrutura organizacional, hierarquia, especialização, procedimentos operacionais padrão Cultura e política da organização Tipo de organização e seu estilo de liderança Grupos afetados pelo sistema e as atitudes dos profissionais que usarão o sistema Tipos de tarefas, decisões e processos de negócios que o sistema de informação é projetado para auxiliar

43 Fundamentos de Sistemas de Informação II Características que devem ser consideradas no projeto de sistemas: Flexibilidade e múltiplas opções para manusear dados e avaliar informações Capacidade de apoiar uma variedade de estilos, habilidades e conhecimentos Capacidade de acompanhar o andamento de muitas alternativas e conseqüências Sensibilidade às exigências burocráticas e políticas da organização

44 Fundamentos de Sistemas de Informação II O modelo das forças competitivas Descreve a interação das influências externas, especificamente ameaças e oportunidades, que afetam a estratégia de uma organização e sua capacidade de competir

45 Fundamentos de Sistemas de Informação II O modelo de forças competitivas de Porte

46 Fundamentos de Sistemas de Informação II Novo modelo de forças competitivas


Carregar ppt "Sistemas de Gestão Empresarial - ERP Organização! Profª Crishna Irion."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google