A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teorias da Administração I Turma: C02 Prof. Paulo Henrique Borba Florencio, Esp. (62) 9219-3141 / 9936-0816.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teorias da Administração I Turma: C02 Prof. Paulo Henrique Borba Florencio, Esp. (62) 9219-3141 / 9936-0816."— Transcrição da apresentação:

1 Teorias da Administração I Turma: C02 Prof. Paulo Henrique Borba Florencio, Esp. (62) /

2 Teorias da Administração I Livro Texto Indicado INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO CHIAVENATO, Idalberto Ed. Campus, 8ª Edição Rio de Janeiro: Elsevier, 2011

3 Teorias da Administração I Definição Origem AdAd, administrar para,tendência, ministerminister, subordinação ou obediência. Administração é o processo de alcançar objetivos pelo trabalho com e por intermédio de pessoas e outros recursos organizacionais CHIAVENATO, 2011, Pag. 13

4 Teorias da Administração I Organização é a combinação intencional de pessoas e recursos para alcançar objetivos Administrar é o processo de planejar, organizar, dirigir (liderar) e controlar o trabalho dos membros da organização para alcançar objetivos organizacionais definidos

5 Teorias da Administração I Habilidades Necessárias ao Administrador 1. Habilidades Técnicas Envolve o uso de conhecimento especializado e facilidade na execução de técnicas relacionadas com o trabalho e com os procedimentos de realização. 2. Habilidades Humanas Estão relacionadas ao trabalho com pessoas e referem-se à facilidade de relacionamento interpessoal e grupal. 3. Habilidades Conceituais Envolve a visão da organização ou da unidade organizacional como um todo, a facilidade em trabalhar com ideias e conceitos, teorias e abstrações.

6 Teorias da Administração I Habilidades Necessárias ao Administrador 4. Conhecimento Significa todo o acervo de informações, conceitos, ideias, experiências, aprendizagens que o administrador possui a respeito de sua especialidade. 6. Julgamento Não basta ter conhecimento e habilidade. Precisa saber analisar e avaliar a situação com clareza, obter dados e informações suficientes para julgar os fatos com espírito crítico, ponderar com equilíbrio e definir prioridades. 5. Perspectiva Significa a capacidade de colocar o conhecimento em ação, saber transformar a teoria em prática e aplicar o conhecimento na análise das situações e na solução dos problemas.

7 Teorias da Administração I Habilidades Necessárias ao Administrador 7. Atitude Significa o comportamento pessoal do administrador frente às situações com que se defronta no seu trabalho. Representa o estilo pessoal de fazer as coisas acontecerem, a maneira de liderar, motivar, comunicar e levar as coisas para frente.

8 Atividades Desempenhadas Pelos Administradores Atividades pessoais (administrar tempo, carreira, afazeres pessoais) Atividades técnicas (Lidar com instrumentos, solucionar problemas técnicos, desempenhar funções técnicas Atividades administrativas (orçamento, documentação, controle de diretrizes e procedimentos) Atividades de interação : Papéis interpessoais (Chefe, líder, contato) Papéis informacionais (Monitor, disseminador, comunicador) Papéis decisórios (Empreendedor, administrar de conflitos, negociador, planejador, alocador de recursos)

9 Papéis do Administrador CATEGORIAPAPEL Interpessoal Informacional Decisorial Representação Liderança Ligação Monitoração Disseminação Porta-Voz Empreendimento Resolução de Conflitos Alocação de Recursos Negociação Assume deveres cerimoniais e simbólicos, representa a organização, acompanha visitantes, assina documentos legais Dirige e motiva pessoas, treina, aconselha, orienta e se comunica com os subordinados Mantém redes de comunicação dentro e fora da organização, usa malotes, telefonemas e reuniões. Manda e recebe informação, lê revistas e relatórios mantém contatos pessoais Envia informação para os membros de outras organizações, envia memorandos e relatórios, telefonemas e contatos. Transmite informações para pessoas de fora, através de conversas, relatórios e memorandos Inicia projetos, identifica novas ideias, assume riscos,delega responsabilidades de ideias para outros Toma ação corretiva em disputas ou crises, resolve conflitos entre subordinados, adapta o grupo a crises e a mudanças Decide a quem atribuir recursos. Programa, orça e estabelece prioridades Representa os interesses da organização em negociações com sindicatos, em vendas, compras ou financiamentos ATIVIDADE

10 Origens da Administração Existe desde que o primeiro homem se associou à primeira mulher Pode ser identificada na construção da torre de Babel (história bíblica) É encontrada nas civilizações antigas e nas tribos indígenas Foi utilizada na construção de cidades antigas, pirâmides e outros empreendimentos Foi aplicada na lei de Moisés e no êxodo dos Hebreus A forma empírica e a intuição eram as únicas maneiras de administrar até o início do século XX

11 Origens da Administração

12 Principais Teorias Administrativas e Seus Infoques ÊNFASETEORIASPRINCIPAIS ENFOQUES TarefasAdministração CientíficaRacionalização do trabalho no nível operacional. EstruturaTeoria Clássica Teoria Neoclássica Organização formal. Princípios gerais da Administração. Funções do administrador. Teoria da BurocraciaOrganização formal burocrática. Racionalidade organizacional. Teoria EstruturalistaMúltipla abordagem: Organização formal e informal. Análise intra-organizacional e interorganizacional. PessoasTeoria das Relações HumanasOrganização informal. Motivação, liderança, comunicações e dinâmica de grupo. Teoria do Comportamento Organizacional Estilos de Administração. Teoria das Decisões. Integração dos objetivos organizacionais e individuais Desenvolvimento OrganizacionalMudança organizacional planejada. Abordagem de sistema aberto. AmbienteTeoria EstruturalistaAnálise intra-organizacional e análise ambiental. Abordagem de sistema aberto. Teoria da ContingênciaAnálise ambiental (imperativo ambiental). Abordagem de sistema aberto. TecnologiaTeoria da ContingênciaAnálise ambiental (imperativo ambiental). Abordagem de sistema aberto. CompetitividadeNovas Abordagens na Administração Caos e complexidade Aprendizagem organizacional. Capital Intelectual

13 Antecedentes Históricos da Administração Exércitos: Planejamento, estrutura de organização, hierarquia Igreja: Unidade de comando, hierarquia, estrutura de organização Moisés: Amplitude de controle, departamentalização, disciplina Pirâmides: Organização do trabalho, planejamento Economistas clássicos: Controle, eficiência, divisão do trabalho

14 Contribuição de René Descartes O MÉTODO CARTESIANO Regra da Evidência ou Dúvida Sistemática devemos evitar todas as prevenções (conjuntos de preconceitos) e precipitação, para acolher apenas idéias claras e distintas Regra da Análise ou Decomposição devemos dividir nossos problemas no maior número possível de partes, para melhor resolvê-los Regra da Síntese ou Composição devemos distinguir entre as verdades mais simples, independentes e absolutas, das verdades mais complexas, condicionadas e relativas. Regra da Enumeração ou Controle devemos selecionar exclusivamente o que for necessário e suficiente para a solução de um problema, evitando as omissões

15 A Revolução Industrial Ocorreu a partir da segunda metade do século XVIII Iniciou-se na Inglaterra, com a invenção da máquina a vapor e sua aplicação aos processos produtivos industriais Substituiu o sistema corporativo de produção pela fábrica Provocou o rápido desenvolvimento da indústria Estimulou o êxodo rural, com o crescimento desordenado das cidades Estimulou a competição Possibilitou o desenvolvimento do transporte de longa distância (barcos a vapor e ferrovias; mais tarde, automóveis) O crescimento desordenado provocou descontrole do trabalho, baixa qualidade, desperdícios, custos elevados A exigência de maior capacidade para competir passou a demandar administração mais racional

16 Próximos Slides Abordagens Clássicas das Teorias da Administração. -Eficiência -Eficácia

17 Eficiência é relativa aos meios, como fazer as coisas da melhor maneira possível. Ser eficiente significa executar da melhor maneira possível, evitando desperdícios e maximizando a produtividade. Segundo Stoner (1999) eficiência é a capacidade de minimizar o uso de recursos para alcançar os objetivos da organização. Eficácia se relaciona aos fins, qual o objetivo correto a se perseguir. É mais importante que a eficiência, pois sem o direcionamento correto a melhor execução só levará a resultados desnecessários. -Segundo Stoner (1999) eficácia é a capacidade de determinar objetivos apropriados. Eficiência X Eficácia


Carregar ppt "Teorias da Administração I Turma: C02 Prof. Paulo Henrique Borba Florencio, Esp. (62) 9219-3141 / 9936-0816."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google