A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério do Desenvolvimento Agrário Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário em Santa Catarina DFDA-SC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério do Desenvolvimento Agrário Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário em Santa Catarina DFDA-SC."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério do Desenvolvimento Agrário Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário em Santa Catarina DFDA-SC

2 Ministério do Desenvolvimento Agrário Quem é o público beneficiário da Agricultura Familiar? Produtores rurais(proprietários, arrendatários, posseiros, parceiros ou concessionários PNRA); Assentados da Reforma Agrária; Beneficiários do Crédito Fundiário; Pescadores artesanais; Extrativistas - ecologicamente sustentável; Aqüicultores, maricultores e piscicultores; Comunidades quilombolas; Povos indígenas e Agricultor familiar - animais silvestres fins comerciais.

3 Ministério do Desenvolvimento Agrário PRÉ-REQUISITOS: Residam na propriedade ou próximo; Tenham área de até 4 a 6 módulos fiscais(pecuária de leite e corte); Mão de obra - trabalho familiar.

4 Secretaria da Agricultura Familiar - SAF Acesso ao Crédito na Agricultura Familiar - PRONAF O que é o PRONAF? É um programa de fortalecimento da agricultura familiar, mediante apoio técnico e financeiro, visando ao desenvolvimento rural sustentável.

5 Secretaria da Agricultura Familiar - SAF Quem pode acessar o PRONAF? Os agricultores familiares que possuem a DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf, documento emitido pela ou Sindicato de Trabalhadores Rurais que faz o enquadramaneto nos Grupos do Pronaf, de acordo com a renda da unidade familiar, do tamanho da terra e do número de empregados permanentes.

6 Secretaria da Agricultura Familiar - SAF O que pode ser financiado? Investimentos – implantação, ampliação e modernização da infra-estrura de produção e serviços agropecuários e não agropecuários, na propriedade rural ou em áreas comunitárias rurais próximas, conforme projeto elaborado de comum acordo entre a família e o técnico; Custeio – para o desenvolvimento das atividades agropecuárias e não agropecuárias, de acordo com a proposta de fianciamento;

7 Secretaria da Agricultura Familiar - SAF Formas de concessão do crédito Pronaf: Individual Coletivo: formalizado por um grupos de produtores para finalidades coletivas Grupal: formalizada por grupos de produtores mas para finalidades individuais Nos créditos grupais ou coletivos o crédito é de responsabilidade de todo o grupo. Caso um não pague todas as pessoas do grupo são responsavéis pela inadimplência;


Carregar ppt "Ministério do Desenvolvimento Agrário Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário em Santa Catarina DFDA-SC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google