A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Up to Date do manejo do Câncer de Próstata localizado: Active Surveillance Dr. Flávio Guimarães HBDF e Uromédica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Up to Date do manejo do Câncer de Próstata localizado: Active Surveillance Dr. Flávio Guimarães HBDF e Uromédica."— Transcrição da apresentação:

1

2 Up to Date do manejo do Câncer de Próstata localizado: Active Surveillance Dr. Flávio Guimarães HBDF e Uromédica

3 • (Raldow and colls) – aumento de 37% terapia para expectativa de vida < 10 anos X aumento da AS para expectativa de vida mais longa. – Prostate Cancer Intervention Versus Observation Trial (PIVOT) – Scandinavian Prostate Cancer Group study 4 (SPCG-4) – Göteborg randomized, population-based, prostate cancer screening trial • Entendimento da história natural e individualização do tratamento. Câncer de Próstata e AS

4 • Pico MCE 15 a 25 anos

5 EUROPEAN UROLOGY 6 0 ( ) 1 – 1 5

6 • “A redução da mortalidade por câncer de próstata em vários países é associada ao uso de cirurgia de forma mais abrangente e associação com radioterapia e bloqueio androgênico para doença localmente avançada” EUROPEAN UROLOGY 6 0 ( ) 1 – 1 5

7

8 • 50% dos tumores detectados tem baixo risco e bons critérios para AS • Reduzir Risco: “Overtreatment” em screening • Principalmente > 65 anos.

9 Prostate Cancer Intervention Versus ObservationTrial (PIVOT) • Mínimo 10 anos • 731 pacientes - RP x AS • 49.9% mortalidade • MCE: RP 5.8% x 8.4% AS - • Sem diferença para baixo risco • Diferença sobrevida melhor (todas as causas) para RP: PSA> 10ng/ml e médio e alto risco.

10 Radical Prostatectomy versus Observation for Localized Prostate Cancer N Engl J Med July 19;367(3):

11 • Conclusão do autor: – “Our findings support observation for men with localized prostate cancer, especially those who have a low PSA value and those who have low-risk disease… Up to two-thirds of men who have received a diagnosis of prostate cancer have a low PSA value or low-risk disease, but nearly 90% receive early intervention—typically surgery or radiotherapy.” Prostate Cancer Intervention Versus ObservationTrial (PIVOT)

12 • Problemas: – Sem dados sobre comorbidade: quase 50% mortalidade em 10 anos e 50% com doença não orgão confinada – Somente 14.6% dos paciente elegíveis participaram – 77% não teriam indicação cirurgica – 20% de AS receberam cirurgia ou radioterapia – Efeitos da terapia hormonal sobre mortalidade • Favorável: – 60% menor metátases no braço cirúrgico – Mortalidade CE 37% menor – Pacientes de baixo risco – mortalidade por outras causas maior Câncer de Próstata e AS

13 • SPCG-4 • 695 pacientes T1 e T2 • 12,8 anos seguimento • AS (sem biópsia seriada) x PR • 15% tratamento no grupo de AS

14 SPCG-4 Morte X metástases

15 SPCG-4 • Redução MCE – PR 6.1% / AS 38% • Todas as causas: PR 6.6% / AS 25% • Não significativa no grupo > 65 anos • Progressão = ambos tto com privação androgênica SPCG-4

16 • Conclusão: – Gleason 6/T1/– AS – Gleason 8 e 7 / T2 /<70 – PR – Gleason 6 / T2 ou G7 / T1 - ? – associar ou critérios • Preferência / volume em biópsia / comorbidades SPCG-4

17

18 Decisão sobre tratamento Câncer de Próstata e AS

19 Vigilância ativa (AS) Como fazer? Doença significativa X insignificante

20 CaP insignificante • Gleason ≤6 sem componente 4 or 5 • Doença orgão confinada • Volume tumoral < 0.5 cm 3. • Outros : idade, nível do PSA e comorbidades The Original Epstein Criteria for Very Low Risk Disease: Cancer not felt on digital rectal examination (stage T1c) PSA density (PSA divided by prostate volume) is less than 0.15 Gleason score is 6 or less with no Gleason pattern 4 or 5 No more than 2 cores with cancer, or cancer involving no more than 50% of any core on a prostate biopsy Guillaume Ploussard, Euro Urol May 2011

21 • Seleção criteriosa: “Gleason 6, PSA <10, volume < 20% em poucos cortes” • Baixa percentagem de tratamento posterior e equivalente prognóstico. • Redução do dilema sobre “overtreatment”

22 Prevenção CaP • Quimioprevenção Câncer de Próstata e AS

23 Personalização do diagnóstico e prognóstico em CaP • Detecção • Estratificação de risco e inclusão em AS: • Resposta ao tratamento Hormonal: • Prognóstico em tumor androgêno resistente: • PCA3 e TMPRSS2 • TMPRSS2 • CTC EUROPEAN UROLOGY SUPPLEMENTS 9 ( ) – 7 9 9

24 Mensagem • Decisão terapêutica: médico e paciente - Nomogramas • PTR X AS – seleção criteriosa – Qual melhor padrão de seguimento? • Quimioprevenção (prevenção de progressão): sem NE • AS é uma opção válida e deve ser oferecida: – Risco baixo e muito baixo – Acima dos 70 anos – Grau de comorbidade alto

25 Obrigado


Carregar ppt "Up to Date do manejo do Câncer de Próstata localizado: Active Surveillance Dr. Flávio Guimarães HBDF e Uromédica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google