A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos - SBDG é uma entidade sem fins lucrativos que fornece subsídios técnicos, científicos e vivenciais a pessoas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos - SBDG é uma entidade sem fins lucrativos que fornece subsídios técnicos, científicos e vivenciais a pessoas."— Transcrição da apresentação:

1

2 A Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos - SBDG é uma entidade sem fins lucrativos que fornece subsídios técnicos, científicos e vivenciais a pessoas que atuam junto à grupos em seus diversos segmentos, como organizações, escolas, comunidades e outros. Foi fundada no ano de 1983, em Porto Alegre/Rio Grande do Sul, por um grupo de profissionais, baseada nos princípios da Dinâmica dos Grupos introduzidos no Brasil por Fela Moscovici.

3 MISSÃO Consolidar a dinâmica dos grupos como ciência a partir do desenvolvimento de indivíduos e da produção científica, propiciando a aprendizagem do funcionamento dos grupos e, desta forma, contribuir para a mudança social.

4 VALORE S  Autenticidade  Coerência  Ética  Respeito ao Ser Humano  Rigor Científico  Seriedade  Transparência  Zelo pela Metodologia

5 HISTÓRICO DA DG NO BRASIL HISTÓRICO DA DG NO BRASIL

6 Em 1938 o Psicólogo Alemão Kurt Lewin e sua equipe, iniciaram atividades de pesquisa de laboratório com grupos experimentais, denominando esta prática como Dinâmica de Grupo, nome original desta disciplina. Após a 2ª Guerra Mundial, com a ida de Kurt Lewin para os EUA é criado, em 1947, em Bethel, no estado de Maine/EUA, um dos atuais centros de referência em Dinâmica de Grupo: NTL Institute for Applied Behavioral Science. 1938

7 Primeira publicação, no Brasil, sobre Laboratório de Sensibilidade – FGV/Rio. Quando Fela Moscovici faz um relato histórico das experiências brasileiras no campo sobre Laboratório de Sensibilidade. Destacam-se ainda, nesse enfoque o artigo "O Método de Laboratório em Desenvolvimento de Pessoal" publicado na revista de Administração de Empresas da FGV, em 1969, por Paulo da Costa Moura e a publicação de Pierre Weil, "Dinâmica de Grupo e Desenvolvimento de Relações Humanas". 1965

8 DESTAQUE S HISTÓRICO S DA SBDG

9 Porto Alegre sediou, em 1976, o 1º ERPO - Encontro Regional de Psicologia Organizacional, promovido pela Racional Consultoria, coordenado por Doralício Siqueira Filho que convidou Fela Moscovici para proferir uma conferência sobre Desenvolvimento Interpessoal. Esta palestra e mobilização de profissionais do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, culminou na constituição do 1º Grupo de Formação de Coordenadores em Dinâmica Interpessoal no sul do Brasil, com início em 1977 e que contou com a participação de 18 integrantes, sob coordenação de Fela Moscovici. 1976/77

10 1965 Doralício Siqueira Filho, lançou o 1º ERPO e mobilizou profissionais para a constituição do 1º Grupo de Formação em DG.

11 SOLUÇÕES em Dinâmica dos Grupos

12 Temos nos destacado no propósito de fornecer subsídios técnicos, científicos e vivenciais a pessoas que atuam junto à grupos em seus diversos segmentos, como organizações, escolas, comunidades e outros. Nosso objetivo maior é a capacitação de profissionais para trabalharem processos grupais dentro de princípios éticos e com rigor científico, desenvolvendo cursos de Pós-graduação em Dinâmica dos Grupos em diversos estados brasileiros. A SBDG capacita pessoas a trabalharem processos grupais

13 Nossos números em capacitação para coordenar grupos.

14 Pós-Graduação em Dinâmica dos Grupos

15 O Programa de Formação em Dinâmica dos Grupos efetivou parceria com a Faculdade Monteiro Lobato, no ano passado, possibilitando uma certificação como pós- graduação lato sensu. Este programa parte do princípio que não se aprende sobre grupos se não experimentar grupos, por isso possui uma metodologia focada no “aprender fazendo”.

16 Laboratório de Aprendizagem: Laboratório de Aprendizagem: a construção da aprendizagem sobre grupos ocorre pela própria experiência do grupo de Pós - Graduação como tal, seu exame, elaboração, compreensão a partir do embasamento teórico e, posterior, aplicação. Relatório após cada encontro para sedimentar o aprendizado: Relatório após cada encontro para sedimentar o aprendizado: reflexões, sentimentos, percepções sobre seu processo pessoal e o processo do grupo. É o melhor referencial de si mesmo e de sua trajetória ao largo do programa. METODOLOGI A

17 MÓDULO I – VIVENCIAL Destinado a oportunizar a vivência dos processos grupais, assim como a experiência e o amadurecimento dos participantes na condição de membros de um grupo. MÓDULO II – TEÓRICO-VIVENCIAL Destinado à realização de seminários de fundamentação teórica, ao exercício experimental de observação e coordenação de processos grupais e à integração entre teoria e prática com supervisão. Seminários Origens e Histórico da Dinâmica dos Grupos Organização do Grupo Funcionamento do Grupo Dinâmica Interpessoal Mudanças no Grupo e Abordagem Teórica PROGRAMA

18 MÓDULO III – METODOLÓGICO VIVENCIAL Destinado à realização de seminários sobre metodologia, técnica e recursos de manejo de grupo e à aprendizagem da aplicação prática dos mesmos. Exercício de coordenação experimental de processos grupais com supervisão. SEMINÁRIOS Educação de Laboratório e Andragogia O Exercício da Coordenação Outras Modalidades Grupais Intervenções Tendências Sociais e Organizacionais. A Contribuição da DG Resultados de Pesquisas Realizadas pelo Grupo

19 O aprendizado, no programa de formação, acontece principalmente, pela experimentação do que é ser membro de grupo, do que é viver um grupo que examina constantemente a sua forma de funcionamento. O “APRENDER FAZENDO”

20 Concluindo o Programa de Pós-graduação em Dinâmica dos Grupos, a SBDG possibilita, aos seus integrantes, a continuidade do desenvolvimento pessoal / profissional, através da Curva de Maturidade. Esta norteia a evolução do caminhar para as Titulações de acordo com critérios específicos e cumulativos. São elas: Coordenador de Dinâmica dos Grupos Especialista de Dinâmica dos Grupos Didata em Dinâmica dos Grupos Curva de Maturidade


Carregar ppt "A Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos - SBDG é uma entidade sem fins lucrativos que fornece subsídios técnicos, científicos e vivenciais a pessoas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google