A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Análise fundamentalista de Ações Avaliando o comportamento das sociedades anônimas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Análise fundamentalista de Ações Avaliando o comportamento das sociedades anônimas."— Transcrição da apresentação:

1 Análise fundamentalista de Ações Avaliando o comportamento das sociedades anônimas

2 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista É um importante instrumento utilizado para análise de investimentos em ações. Através da avaliação de tópicos que se relacionam com o desempenho da empresa ela possibilita concluir sobre suas perspectivas. Essa análise utiliza os fundamentos econômicos-financeiros para a determinação do valor da empresa. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

3 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista A análise parte do princípio de que as ações tem um valor intrínseco, que está associado com a performance da companhia emissora e com a situação geral da economia. Portanto, estudo os fatores que explicam o valor intrínseco de uma empresa, setor ou mercado, colocando em segundo plano os fatores de mercado como preço e volume. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

4 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista O processo decisório dessa escola de análise de investimento envolve o cálculo do valor hipotético da empresa que corresponderia a seu “preço justo” em determinado momento, e, pela comparação desse com o seu preço de mercado seleciona aquele com menor relação valor / preço de mercado. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

5 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista Análise do ambiente macroeconômico; Análise da empresa e do setor; Eleição da variável responsável pelo valor da empresa; Previsão da evolução dessa variável; Cálculo da taxa de desconto; Escolha de um modelo de valorização. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

6 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista Critérios de Decisão da Análise Se Preço < Valor – condição de compra; Se Preço = Valor – não atuar no mercado; Se Preço > Valor – condição de venda. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

7 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista Para estimar o valor de uma ação em determinado instante a análise fundamentalista baseia-se em três pontos: 1.Demonstrações financeiras passadas, bem como outras informações relevantes que permitam projeções mais prováveis; 2.Situação atual da empresa e estimativas futuras de variáveis com indiscutível influência sobre o preço e o valor de todas as ações negociadas; PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

8 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista Para estimar o valor de uma ação em determinado instante a análise fundamentalista baseia-se em três pontos: 3.Grau de confiança do investidor em relação ao grau de intervenção governamental que tem caracterizado o mercado brasileiro. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

9 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista É difícil encontrar no mercado analistas de investimentos que se utilizem exclusivamente de uma ou outra escola. Em geral, elas são usadas simultaneamente, sendo que a análise fundamentalista serve para escolher ações nas quais serão investidos os recursos, enquanto a análise técnica serve para determinar o momento mais favorável para o investimento. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

10 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica Idade30 anos100 anos

11 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica OrigemAcadêmicaProfissional

12 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica UsuáriosAdministradores de fundos de longo prazo Especuladores

13 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica PerguntaPor quê?Quando?

14 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica AnáliseEconômico- financeira Gráfica

15 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica Hipótese básica Existe um valor real para cada ação que está diretamente correlacionado com o seu desempenho. Os preços das ações se movimentam em tendências e existe uma tendência significativa entre as oscilações de preços que se sucedem.

16 Conceitos e Definições da Análise Fundamentalista PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, ItemFundamentalistaTécnica ObjetivosDeterminar o valor real valor de uma ação. Determinar a tendência de evolução das cotações no curto prazo, a fim de aproveitar das rápidas mudanças.

17 Eficiência de Mercado Denomina-se mercado eficiente o mercado em que seus preços reflitam toda a informação disponível e o ajuste a nova informação seja instantâneo. A Teoria do Mercado Eficiente afirma que os preços que regem os mercados descontam automaticamente toda nova informação que chega ao mercado e que possa repercutir neles. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

18 Eficiência de Mercado Com base nessa teoria os preços correntes de mercado refletem o valor presente dos títulos e que não há maneira alguma de obter lucros extraordinários com o uso das informações disponíveis. Assim, as cotações das empresas tem um comportamento aleatório, ou seja, processos nos quais sucessivas alterações nelas são estatisticamente independentes e a correlação serial é zero. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

19 Eficiência de Mercado Requisitos para o mercado eficiente Deve existir concorrência entre os participantes; Dever existir transparência das informações; Os mercados secundários devem funcionar de maneira eficiente; Os custos de transação devem ser baixos. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

20 Eficiência de Mercado O nível de eficiência de um mercado se define pela relação existente entre preço e informação disponível. Desta forma, diferentes versões do conceito de eficiência de mercado têm uma única divergência, os diferentes níveis de informação que devem refletir os preços do mercado para alcançar a eficiência. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

21 Etapas do Trabalho do Analista Fundamentalista Etapa de pesquisa Coleta de informações sobre a empresa Etapa de transformação das informações Resultados obtidos pela análise realizada com base nas informações coletas. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

22 Etapas do Trabalho do Analista Fundamentalista Etapa comunicação das ideias Após a elaboração da análise de das conclusões definidas elas devem ser transmitidas de forma adequada ao seu demandante. Ele pode ser um cliente institucional bem como um cliente particular. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

23 Análise top down e bottom up Análise top down Ou análise de cima para baixo acredita que o que move a bolsa de valores a longo prazo são as principais variáveis macroeconômicas, dado que a bolsa deve refletir a economia. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

24 Análise top down e bottom up Análise bottom up Ou análise de baixo para cima acredita que o que tem que ser feito é analisar o comportamento e as perspectivas de cada empresa para detectar quais são aquelas que oferecem a melhor oportunidade de investimento. PINHEIRO, J. Mercado de capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.


Carregar ppt "Análise fundamentalista de Ações Avaliando o comportamento das sociedades anônimas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google