A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Corporativa Caminho para o Autodesenvolvimento Marco Aurélio Ferreira Vianna Presidente do Instituto MVC Tel - 21 518-2321 -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Corporativa Caminho para o Autodesenvolvimento Marco Aurélio Ferreira Vianna Presidente do Instituto MVC Tel - 21 518-2321 -"— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Corporativa Caminho para o Autodesenvolvimento Marco Aurélio Ferreira Vianna Presidente do Instituto MVC Tel

2 Personalização Planejamento e desenvolvimento de cada indivíduo Mútuo comprometimento Jamais cair na limitação do paternalismo unilateral Responsabilidade social Desenvolver a capacitação empreendedora em seus clientes Tecnologia Logística do ensino a distância, propiciado pelo avanço da telemática Pluralismo Deve ser um campo aberto a todos os satélites de negócios das empresas Homogeneização Conteúdo de homogeneização de conhecimento e inteligência Universidade Corporativa Mandamentos de Ouro

3 Unidade de Negócio Uma universidade Corporativa é um centro de resultados Mensuração de Resultados Controle sobre os principais indicadores de resultado da organização Compartilhamento Criar a rede interna de conhecimento com ênfase na comunicação permanente das best practices Consciência de Resultados Investimentos físicos deverão ser criteriosamente analisados em consonância com o porte da empresa e suas necessidades específicas Heteredoxia Para atingir a excelência, uma UC jamais poderá se restringir ao modelo sala de aula-aluno-professor Universidade Corporativa Mandamentos de Ouro

4 Macro – Funções PESQUISAR ANALISAR DIVULGAR ORGANIZAR DISPONIBILIZAR CONHECIMENTO EDUCAR TREINAR

5 Objetivos Globais èOtimizar o negócio e os resultados econômicos. èAtrair, motivar e reter os talentos do grupo, contribuindo para o aumento de sua felicidade pessoal, dentro de um clima organizacional saudável. èCapacitar executivos para atuação dentro do conceito de World Class Company. èOtimizar o negócio e os resultados econômicos. èAtrair, motivar e reter os talentos do grupo, contribuindo para o aumento de sua felicidade pessoal, dentro de um clima organizacional saudável. èCapacitar executivos para atuação dentro do conceito de World Class Company. Universidade Corporativa èApoiar os profissionais do grupo na disponibilização do conhecimento para formação de um World Class Company.

6 Objetivos Globais èIntegrar as empresas do grupo, maximizando a sinergia das capacitações existentes. èCaracterizar como sendo de cada talento, em instância final, a responsabilidade primordial pelo seu desenvolvimento. èCriar a mentalidade de que treinamento é trabalho. èIntegrar as empresas do grupo, maximizando a sinergia das capacitações existentes. èCaracterizar como sendo de cada talento, em instância final, a responsabilidade primordial pelo seu desenvolvimento. èCriar a mentalidade de que treinamento é trabalho. Universidade Corporativa

7 èConhecer benchmarkings èDifundir a idéia de que o capital intelectual será fator de diferenciação no século xxi. èDespertar nos talentos humanos a vocação para o aprendizado. èIncentivar e estruturar atividades de autodesenvolvimento. èEnriquecer os cargos via processos de treinamento e desenvolvimento. èConhecer benchmarkings èDifundir a idéia de que o capital intelectual será fator de diferenciação no século xxi. èDespertar nos talentos humanos a vocação para o aprendizado. èIncentivar e estruturar atividades de autodesenvolvimento. èEnriquecer os cargos via processos de treinamento e desenvolvimento. Objetivos Globais Universidade Corporativa

8 èPrestar serviços em padrões de custo/qualidade eqüivalentes aos melhores que a média do mercado. èOtimizar o momento, duração e o investimento na aprendizagem. èFortalecer a imagem de modernidade da empresa. èFavorecer o compartilhamento da visão e valores do grupo. èTornar o grupo orientado para o mercado. èPrestar serviços em padrões de custo/qualidade eqüivalentes aos melhores que a média do mercado. èOtimizar o momento, duração e o investimento na aprendizagem. èFortalecer a imagem de modernidade da empresa. èFavorecer o compartilhamento da visão e valores do grupo. èTornar o grupo orientado para o mercado. Objetivos Globais Universidade Corporativa

9 èUtilizar como fontes de recursos as receitas provenientes de suas operações (orçamento próprio) èIntervir pontualmente para atender às necessidades do cliente. èMonitorar através dos indicadores estratégicos de todas as empresa do grupo. èMonitorar através dos indicadores de aprendizado e benefícios para a organização. èUtilizar como fontes de recursos as receitas provenientes de suas operações (orçamento próprio) èIntervir pontualmente para atender às necessidades do cliente. èMonitorar através dos indicadores estratégicos de todas as empresa do grupo. èMonitorar através dos indicadores de aprendizado e benefícios para a organização. Estratégias - Globais Universidade Corporativa

10 èUtilizar sempre a tecnologia mais avançada, aplicando as melhores técnicas de ensino disponíveis no mundo. èAnalisar permanentemente as necessidades conjunturais e suas demandas específicas de aprendizado èPriorizar as ações de treinamento de acordo com o grau de impacto/necessidade do negócio/empresa. èUtilizar sempre a tecnologia mais avançada, aplicando as melhores técnicas de ensino disponíveis no mundo. èAnalisar permanentemente as necessidades conjunturais e suas demandas específicas de aprendizado èPriorizar as ações de treinamento de acordo com o grau de impacto/necessidade do negócio/empresa. Estratégias - Globais Universidade Corporativa

11 èEstender, dentro de regras definidas, a ação da universidade até seus clientes, fornecedores, comunidade e outros parceiros. èTer nas lideranças parceiros na missão de multiplicar o conhecimento, criando a mentalidade de coaching e mentoring. èMaximizar a utilização de parceiros, agregando competências e minimizando a estrutura de custos fixos. èEstender, dentro de regras definidas, a ação da universidade até seus clientes, fornecedores, comunidade e outros parceiros. èTer nas lideranças parceiros na missão de multiplicar o conhecimento, criando a mentalidade de coaching e mentoring. èMaximizar a utilização de parceiros, agregando competências e minimizando a estrutura de custos fixos. Estratégias - Globais Universidade Corporativa

12 Focos Estratégicos FDifundir os valores e a cultura da empresa; FHabilitar os líderes a desenvolverem competências críticas; FFuncionar como instrumento de reciclagem e atualização; FFazer permear a educação em todos os níveis; FSuportar a formação de sucessores da população executiva; FPossibilitar a educação e desenvolvimento através da metodologia de estudos de casos; FImplementar e reforçar a cultura da Qualidade Total. O foco da Universidade será Gestão e a mesma desenvolverá programas dentro de alguns eixos estratégicos de aprendizagem, procurando principalmente: Universidade Corporativa

13 èUtilizar exemplos das melhores práticas existentes no grupo, como instrumentos de aprendizagem. èIncentivar a realização de atividades coordenadas pelos talentos humanos do grupo. èUtilizar métodos andragógicos (educação de adultos). èPriorizar atividades focadas na melhoria de resultados estratégicos das empresas. èUtilizar exemplos das melhores práticas existentes no grupo, como instrumentos de aprendizagem. èIncentivar a realização de atividades coordenadas pelos talentos humanos do grupo. èUtilizar métodos andragógicos (educação de adultos). èPriorizar atividades focadas na melhoria de resultados estratégicos das empresas. Estratégias - Relativas ao Processo Educacional Universidade Corporativa

14 èUtilizar metodologias de massa crítica (maior número de pessoas em eventos de natureza participativa). èAplicar metodologias vivenciais / experienciais. èAplicar as melhores técnicas de ensino disponíveis no mundo. èEquilibrar/balancear tempo investido em educação. èUtilizar metodologias de massa crítica (maior número de pessoas em eventos de natureza participativa). èAplicar metodologias vivenciais / experienciais. èAplicar as melhores técnicas de ensino disponíveis no mundo. èEquilibrar/balancear tempo investido em educação. Estratégias - Relativas ao Processo Educacional Universidade Corporativa

15 èFomentar atividades de aprendizado além das fronteiras da universidade. (off university) èUtilizar a experiência e os cases da empresa nos processos de aprendizagem contínua. èFortalecer a permanente mentalidade de aprendizagem contínua. èUtilizar metodologias que otimizem o equilíbrio entre teoria e prática. èFomentar atividades de aprendizado além das fronteiras da universidade. (off university) èUtilizar a experiência e os cases da empresa nos processos de aprendizagem contínua. èFortalecer a permanente mentalidade de aprendizagem contínua. èUtilizar metodologias que otimizem o equilíbrio entre teoria e prática. Estratégias - Relativas ao Processo Educacional Universidade Corporativa

16 Criando um Clima para Aprendizado èOuvir èSer Flexível èEstar presente / disponível sempre èTer Humildade èGerar Confiança èSer Empático / Carismático èTer Paciência èTrabalhar os fatos èAbrir novas Janelas èInteressar-se pelo negócio (do outro)

17 O que se espera do profissional de T&D èGERAR RECEITA / BENEFÍCIOS èAMPLIAR ESPECTRO DA CLIENTELA èMENSURAR O QUE FAZ / VINCULAR AO NEGÓCIO èUSAR TREINAMENTO COMO FERRAMENTA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO èPENSAR PRIMEIRO EM RESOLVER PROBLEMAS DEPOIS EM CURSOS / SEMINÁRIOS ETC. èSER RESPEITADO PELO CLIENTE (EXTERNO / INTERNO) èCONHECER OS NEGÓCIOS (RODÍZIO) èSABER DIZER NÃO / ARGUMENTAR EM NUMEROLÊS èSER BENCHMARKING NO QUE FAZ

18 Critérios para escolher parceiros de uma Universidade Corporativa Prestige Infraestructura Compl.goals Flexibility Responsiveness Track record Proximity Shared vision Number of Corporate Universities

19 1. REPETIÇÃO DE ERROS. 2. RETRABALHO. 3. RELAÇÕES DESGASTADAS COM CLIENTES. 4. BOAS IDÉIAS NÃO SÃO COMPARTILHADAS. 5. SEU DIFERENCIAL É O SÓ PREÇO. 6. DIFICULDADE EM ACOMPANHAR O RITMO DO MERCADO. 7. EXCESSIVA DEPENDÊNCIA DE PESSOAS CHAVES. 8. MOROSIDADE NO LANÇAMENTO DE NOVOS PRODUTOS. 9. DIFICULDADE DE DEFINIR PREÇOS DOS SERVIÇOS. Sinais de Advertência Nove Sintomas de Má Administração do Capital Intelectual Revista - Fortune


Carregar ppt "Universidade Corporativa Caminho para o Autodesenvolvimento Marco Aurélio Ferreira Vianna Presidente do Instituto MVC Tel - 21 518-2321 -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google