A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caso, Planejamento, Recursos e Estratégias em Baixa Tecnologia que Podem Apoiar o Aluno com Transtorno do Espectro Autista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caso, Planejamento, Recursos e Estratégias em Baixa Tecnologia que Podem Apoiar o Aluno com Transtorno do Espectro Autista."— Transcrição da apresentação:

1 Caso, Planejamento, Recursos e Estratégias em Baixa Tecnologia que Podem Apoiar o Aluno com Transtorno do Espectro Autista.

2   Uma disfunção global do desenvolvimento, crônica, incapacitante que compromete o desenvolvimento normal de uma criança e se manifesta tipicamente antes do terceiro ano de vida. Caracteriza-se por lesar e diminuir o ritmo do desenvolvimento psiconeurológico, social e linguístico (AZAMBUJA 2005 p ). O TEA É CONSIDERADO COMO:

3   O Atendimento Educacional Especializado é um serviço da Educação Especial que identifica, elabora e organiza recursos pedagógicos e de acessibilidade, que eliminem as barreiras para a plena participação dos alunos, considerando suas necessidades específicas (SECADI/MEC/2008).  O AEE : visa assegurar ao seu público alvo – alunos da Educação Especial - a participação, independência, autonomia na construção de seu conhecimento. Independente das condições intelectuais, sensoriais e físicas.  A organização do AEE orienta-se pelo ESTUDO DE CASO, que deve ser apresentado pelo professor do AEE, cuja meta principal é o desenvolvimento do PLANO para o Atendimento Educacional Especializado. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO ESTUDO DE CASO

4   O Estudo de caso se desenvolve em Cinco etapas  Apresentação do caso.  Esclarecimento do problema.  Identificação da natureza do problema.  Resoluções do problema.  Elaboração do plano de AEE ESTUDO DE CASO

5   O professor do AEE toma conhecimento da problemática e as barreiras enfrentadas pelo aluno no contexto escolar e/ou familiar e prepara um texto apresentando a problemática vivenciada pelo aluno.  A apresentação do problema não deverá abordar apenas a queixa da professora e o tipo de deficiência do aluno, ou dados clínicos a seu respeito. Ele deverá descrever o contexto educacional no qual o aluno está inserido, abordando suas dificuldades, habilidades, desejos, preferências, entre outras questões relacionadas ao seu cotidiano escolar. 1. APRESENTAÇÃO DO CASO

6   Na etapa Esclarecimento do problema, também denominada: ‘Análise e clarificação do problema, o professor deve utilizar os dados já levantados durante a etapa da Apresentação do Caso.  Esses dados dizem respeito aos diversos contextos que envolvem o aluno: a família e o professor do ensino comum, outros profissionais da escola e se possível observar o aluno na sala de aula e realizar avaliação pedagógica na SRM. 2. ESCLARECIMENTO DO PROBLEMA

7   Aspectos relacionados ao desenvolvimento e aprendizagem do aluno que podem ou não estar associados à natureza do problema por ele enfrentado:  Quais as potencialidades do aluno para aprendizagem e para interação na sala de aula?  Qual é a natureza de sua dificuldade?  Será necessário o uso de instrumentos ou recursos para auxiliá-lo na sua aprendizagem?  Em que situações em sala de aula o aluno demonstra maior interesse, e se implica na atividade  Em que situações ele demonstra maior agitação e falta de atenção e concentração?  Para responder as questões acima, a professora do AEE:  entrevista a professora e a família do aluno,  observa o aluno na sala de aula e se possível em outros espaços da escola.  avalia o aluno na SRM sob diferentes aspectos do desenvolvimento e da aprendizagem procurando identificar suas potencialidades e fragilidades. 2. ESCLARECIMENTO DO PROBLEMA

8   A Identificação da natureza do problema também denominada ‘Estudo e identificação do problema, em que o professor deve, dentre os problemas identificados, estabelecer relações entre os dados coletados na escola e na família e a avaliação pedagógica realizada na SRM.  Nessa etapa o professor do AEE deve fazer os seguintes questionamentos:  O que poderia provocar “a situação problemática vivida por seu aluno?”  Quais as hipóteses que podem ser formuladas pelo professor do AEE sobre a natureza do problema? 3. IDENTIFICAÇÃO DA NATUREZA DO PROBLEMA

9   Quais as hipóteses que podem ser formuladas pelo professor do AEE sobre a natureza do problema?  Ainda há a necessidade de outras informações ou de aprofundar a avaliação para elaborar uma hipótese e identificar a natureza do problema?  Todas as informações coletadas permitem:  A identificação da situação do aluno e do ambiente com o qual ele interage.  A análise da problemática possibilitando a identificação da natureza do problema do aluno. 3. IDENTIFICAÇÃO DA NATUREZA DO PROBLEMA

10   Nesta etapa o professor deve iniciar a resolução do problema identificado na etapa anterior. Envolve questionamentos para tentar solucionar o problema levantando possibilidades que poderão ajudar na elaboração do plano de AEE.  Para isso o professor do AEE deve refletir sobre:  Quais os recursos humanos e materiais são necessários para resolver o problema?  Onde encontrá-los? Quem poderá contribuir?  Quem serão os parceiros e colaboradores?  Quais os potenciais e as habilidades do aluno poderão contribuir na resolução do problema?  Quais aspectos do meio social e familiar poderão auxiliar neste momento?  O professor identifica as potencialidades do aluno, da escola, da família e da comunidade que possam contribuir para a resolução da problemática por ele enfrentada bem como, suas principais dificuldades e, identifica estratégias e recursos pedagógicos que auxilie na eliminação dessas dificuldades. 4. RESOLUÇÕES DOS PROBLEMAS

11   São as ações desenvolvidas para atender as necessidades do aluno. São específicas do AEE para que o aluno possa ter acesso ao ambiente e a conhecimentos escolares, de forma a garantir com autonomia o acesso, a permanência e a participação dele na escola.  O professor de AEE deve definir com clareza os objetivos a serem alcançados tanto na SRM quanto na sala de aula.  Ele propõem as ações em parceria com o professor da sala de aula e planeja atividades a serem desenvolvidas na sala de recursos e sala comum. Além disso, ele estabelece o período para o desenvolvimento do plano e os resultados esperados.  O professor deve, periodicamente, reavaliar o plano de AEE, verificando se ele está surtindo os efeitos esperados e se precisa de ajustamentos. 5. PLANO DE AEE

12   DADOS DE IDENTIFICAÇÃO  ALUNO: Kiko  IDADE: 9 anos  SÉRIE: Não seriado  TURMA: 02  TURNO: Vespertino  PROF. ENSINO REG: Sandra  PROF. AEE: Karla Nomes fictícios 5.1 Plano de Atendimento Educacional Especializado ( TEA )

13  O aluno Kiko, tem 9 anos, é natural de Palmas Tocantins, possui Transtorno de Espectro Autista (TEA) CID: F84. Estuda na rede particular de ensino. Ele necessita do AEE devido às dificuldades em desenvolver seus aspectos cognitivos, relações sociais, comunicação, comportamento. E em busca de aprimorar suas habilidades, desejos e preferências. Manifestados devido a sua necessidade educacional especial. Tais dificuldades atrasam o seu aprendizado. SÍNTESE DA PROBLEMÁTICA

14  Apesar das dificuldades vivenciadas pelo aluno, vale ressaltar a capacidade de aprendizagem do mesmo, haja vista que ele demonstra ter boa relação familiar, e na maioria das vezes mostra-se interessado na realização das atividades propostas em sala de aula. Neste sentido a realização do AEE para ele, contribui fundamentalmente em seu processo de ensino/aprendizado, pois, vem proporcionar meios para que ele possa viver com autonomia em todos os aspectos da sua vida, e principalmente na vida escolar, além disso, é importante que o aluno avance em suas relações sociais. SÍNTESE DA PROBLEMÁTICA

15  Desenvolver atividades que contribuam para seu desenvolvimento nas áreas de interação social, comportamento, linguagem e do sistema cognitivo. Apresentar atividades diversificadas e específicas que estejam de acordo com as necessidades do aluno, para que ele possa conquistar autonomia em seu processo de aprendizagem. Propor atividades que contribuam para seu processo de interação, com professores e alunos da turma regular. OBJETIVOS DO PLANO:

16   PERIDO DE ATENDIMENTO: Janeiro a junho 2014 FREQUÊNCIA: Terças e Quintas -feira. TEMPO DE ATENDIMENTO: 1 hora e 15 minutos (duas vezes por semana). COMPOSIÇÃO DO ATENDIMEN TO : (x) individual ( ) coletivo ORGANIZAÇÃO DO ATENDIMENTO:

17   Atividades para o desenvolvimento da linguagem/comunicação:  Atividades realizadas através da Comunicação Aumentativa e Alternativa, com pranchas imantadas ou com velcro (temática frasal, fixas sobre a carteira, na parede, com estímulos removíveis), pasta frasal para suplementar a fala, a percepção, e o contato visual do aluno, música e rotina diária;  Utilizar nas aulas objetos concretos e sua representação ( miniaturas, símbolos gráficos, figuras temáticas, fotos e figuras de atividades sequencial, nomeação de figuras e objetos  Uso de pranchas temáticas para interpretação de livros e conteúdos; contato com tintas, massas de modelar. ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS NO ATENDIMENTO AO ALUNO:

18   Atividades extra-classe com participação do aluno em festas comemorativas como a: festa junina, passeios no espaço físico da escola e montagem de murais temáticos;  Inclusão no momento da educação física, atividades como futebol, basquete, boliche;  No laboratório de informática: apresentação de vídeos, músicas e jogos educativos;  Atividades de ciências: aulas praticas de identificação animais, plantas, partes corpo humano e outros;  Realizar atividades em grupo desenvolvidas com musicas, que reforcem seu interesse de participar junto com a turma.  Atividades para desenvolver a interação social/comportamento:

19   Pranchas de comunicação com velcro, Pastas, Letras, Palavras, Fichas, Gravuras e a rotina.  Adequação de materiais:  O material deve ser adaptado, com ilustrações e ampliações para estimular o interesse do aluno pelas atividades propostas. MATERIAS A SEREM PRODUZIDOS PARA O ALUNO

20   Eva, papel cartão, velcro e cola para confecção de pastas e pranchas, papel color set colorido, brinquedos em miniaturas, para favorecer a comunicação, livros com gravuras em alto relevo, tablete. SELEÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS QUE NECESSITAM SER ADQUIRIDOS

21   Parcerias necessárias para o aprimoramento do atendimento e da produção de materiais:  Equipe pedagógica: Orientar o trabalho dentro da escola com o aluno;  Professor de AEE : Realizar o atendimento ao aluno, planejar o atendimento e orientar os professores da sala comum, e os pais do aluno;  Professor de sala de comum: Trabalhar mediando o processo de ensino do aluno de modo compartilhado com o professor do AEE com todos os envolvidos em seu processo de ensino aprendizagem.  Fonoaudiólogo: Trabalha no desenvolvimento da fala.  Terapeuta Ocupacional: Ajudar o aluno no aperfeiçoamento da coordenação motora ampla e fina.

22   Psicopedagogo: Realização de diagnostico sobre as condições psicológicas e de aprendizagem do aluno.  Neurologista: Assistência no tratamento de problemas relativos ao sistema nervoso.  Psiquiatra: Acompanhamento da saúde mental.  Assistente Social e Psicólogo: Acompanhamento familiar, escolar e outros. Realizar mediação entre as necessidades do aluno e Família.  Família: Firmar parceria com todos os envolvidos no processo de ensino aprendizagem e saúde do aluno.

23   Profissionais da escola que receberão orientação do professor de AEE sobre serviços e recursos oferecidos ao aluno:  Direção, equipe pedagógica, professores, colegas do aluno e familiares (receberão orientações sobre as dificuldades e potencialidades do Kiko)  Professor de educação física especificamente (receberá orientações sobre a importância de se trabalhar a coordenação motora global do aluno e desenvolver sua interação com os demais colegas fazendo a sensibilização através de jogos e dinâmicas.  Professora auxiliar: receber orientações sobre jogos e brincadeiras que promovam a socialização na hora do recreio, no parquinho e nos momentos livres.  Bibliotecária e professores dos Laboratórios: orientações sobre como motivar o aluno na participação de rodas de leitura e de conversas promovendo a socialização.

24  Rotina para autista A rotina é um momento muito importante para os alunos mesmo os maiores, pois organiza todas as atividades por etapas e deixam planejar melhor o seu dia.

25

26  EXEMPLOS DE PRANCHAS DE COMUNICAÇÃO AUMENTATIVA E ALTERNATIVA (CAA)

27

28   1. Essa prancha de comunicação possui dezoito símbolos gráficos. As mensagens servirão para escolher alimentos e bebidas. Os símbolos PCS estão organizados por cores nas categorias social (oi, podes ajudar?, obrigada); pessoas (eu, você, nós); verbos (quero, comer, beber); substantivos (bolo, sorvete, fruta, leite, suco de maçã e suco de laranja) e adjetivos (quente, frio e gostoso). DESCRIÇÃO DAS IMAGENS:

29  ATIVIDADES ESCOLARES E EXTRACLASSE:

30

31   2. Essa prancha é útil para o aluno aprender conceitos de organização doméstica, higiene pessoal, atividade extra classe. Podendo ser trabalhada tanto no ambiente escolar quanto nas atividades de casa. DESCRIÇÃO DAS IMAGENS:

32  ATIVIDADES ESCOLARES:

33

34

35   3. Três atividades foram construídas para que o usuário da CAA possa responder questões apontando os símbolos gráficos PCS. A primeira pede para apontar os animais; a segunda para apontar os vegetais e a terceira para apontar os minerais.  Abaixo de cada questão visualiza-se uma série de símbolos gráficos com Imagens representativas dos três reinos da natureza. DESCRIÇÃO DAS IMAGENS:

36

37  4. Uma atividade de matemática com o tema sobre "igual" e "diferente"   Utilizando a "escrita com símbolos" com a pergunta: Qual é o igual? Visualiza-se então o símbolo de uma boneca. Abaixo estão três opções de símbolos: "carro", "boneca" e "sorvete". O aluno deverá apontar a resposta correta.  Logo abaixo está a outra pergunta sobre "qual é o diferente?" e visualiza-se o símbolo da "borboleta". Abaixo duas opções de resposta: "vaca" e "borboleta". DESCRIÇÃO DAS IMAGENS:

38  PRANCHAS TEMÁTICAS PARA INTERPRETAÇÃO DE LIVROS E CONTEÚDOS:

39

40   5. Um livro de história, que fala sobre temas de ecologia, está acompanhado de uma prancha temática, com a qual o usuário da CAA poderá apontar ações positivas e negativas relativa à preservação do meio ambiente. DESCRIÇÃO DA IMAGEM:

41   (Fascículo- A Escola Comum Inclusiva publicado pela UFC/MEC,p.42 e 43).  REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


Carregar ppt "Caso, Planejamento, Recursos e Estratégias em Baixa Tecnologia que Podem Apoiar o Aluno com Transtorno do Espectro Autista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google