A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MOTIVAÇÃO. Qual a empresa que não quer ter em seus quadros pessoas altamente motivadas e entusiasmadas com seu trabalho...Qual a empresa que não quer.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MOTIVAÇÃO. Qual a empresa que não quer ter em seus quadros pessoas altamente motivadas e entusiasmadas com seu trabalho...Qual a empresa que não quer."— Transcrição da apresentação:

1 MOTIVAÇÃO

2 Qual a empresa que não quer ter em seus quadros pessoas altamente motivadas e entusiasmadas com seu trabalho...Qual a empresa que não quer ter em seus quadros pessoas altamente motivadas e entusiasmadas com seu trabalho... Pessoas que dêem o máximo de si mesmas para lograr alcançar o sucesso organizacional...Pessoas que dêem o máximo de si mesmas para lograr alcançar o sucesso organizacional... Pessoas capazes de trabalhar em conjunto e dispostas a ultrapassar elevados padrões de excelência no seu desempenho...Pessoas capazes de trabalhar em conjunto e dispostas a ultrapassar elevados padrões de excelência no seu desempenho...

3 O fato é que motivar pessoas a atingir elevados padrões de desempenho organizacional é hoje uma questão de sobrevivência das organizações em um mundo de negócios altamente mutável e competitivo. A competitividade externa depende basicamente da cooperação e colaboração internas.O fato é que motivar pessoas a atingir elevados padrões de desempenho organizacional é hoje uma questão de sobrevivência das organizações em um mundo de negócios altamente mutável e competitivo. A competitividade externa depende basicamente da cooperação e colaboração internas. O desempenho individual – que é a base de sustentação que conduz ao desempenho organizacional – depende fortemente de pessoas motivadas.

4 Sem dúvida, o desempenho individual é moldado e condicionado por vários fatores simultâneos, como capacidade e competência das pessoas, liderança, orientação, dedicação e esforço despendidos. Mas a motivação constitui a sua mola mestra do comportamento das pessoas.Sem dúvida, o desempenho individual é moldado e condicionado por vários fatores simultâneos, como capacidade e competência das pessoas, liderança, orientação, dedicação e esforço despendidos. Mas a motivação constitui a sua mola mestra do comportamento das pessoas. Um dos maiores desafios das organizações é motivar as pessoas, fazê-las decididas, confiantes e comprometidas intimamente a alcançar os objetivos propostos, energizá-las e estimulá-las o suficiente para que sejam sucedidas por meio do seu trabalho.Um dos maiores desafios das organizações é motivar as pessoas, fazê-las decididas, confiantes e comprometidas intimamente a alcançar os objetivos propostos, energizá-las e estimulá-las o suficiente para que sejam sucedidas por meio do seu trabalho.

5 Conceito: Apesar da sua enorme importância, é difícil definir a motivação em poucas palavras, e não existe consenso absoluto sobre o assunto. Apesar da sua enorme importância, é difícil definir a motivação em poucas palavras, e não existe consenso absoluto sobre o assunto. Usualmente, se utilizam termos como necessidades, desejos, vontades, metas, objetivos, impulsos, motivos e incentivos. A palavra MOTIVAÇÃO provém do latim MOVERE, que significa mover.

6 Alguns autores se concentram em alguns fatores que incitam e dirigem as atividades das pessoas. Outros enfatizam metas a serem alcançadas. Outros ainda afirmam que a motivação se relaciona com a maneira pela qual o comportamento começa, recebe energia, mantém-se, é dirigido, pára e com o tipo de reação subjetiva que ocorre no organismo quando tudo isso acontece.Alguns autores se concentram em alguns fatores que incitam e dirigem as atividades das pessoas. Outros enfatizam metas a serem alcançadas. Outros ainda afirmam que a motivação se relaciona com a maneira pela qual o comportamento começa, recebe energia, mantém-se, é dirigido, pára e com o tipo de reação subjetiva que ocorre no organismo quando tudo isso acontece.

7 Motivação: é um processo que começa com uma deficiência fisiológica ou psicológica ou necessidade que ativa um comportamento ou com um impulso orientado para um objetivo ou incentivo. A chave para compreender o processo de motivação reside no significado e no relacionamento entre necessidades, impulsos e incentivos.Motivação: é um processo que começa com uma deficiência fisiológica ou psicológica ou necessidade que ativa um comportamento ou com um impulso orientado para um objetivo ou incentivo. A chave para compreender o processo de motivação reside no significado e no relacionamento entre necessidades, impulsos e incentivos. É o processo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de determinada meta.É o processo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de determinada meta. É a pressão interna surgida de uma necessidade, tb interna, que excitando(via eletroquímica) as estruturas nervosas, origina um estado energizador que impulsiona à atividade, iniciando, guiando e mantendo a conduta até que alguma meta seja atingida.É a pressão interna surgida de uma necessidade, tb interna, que excitando(via eletroquímica) as estruturas nervosas, origina um estado energizador que impulsiona à atividade, iniciando, guiando e mantendo a conduta até que alguma meta seja atingida.

8 Várias teorias tentam interpretar de maneira diferente e enfatizar certos aspectos da motivação. O conceito de motivação está intimamente relacionado com o comportamento e desempenho das pessoas. Ela certamente envolve metas e objetivos. Existem diferenças fisiológicas, psicológicas e ambientais que são fatores importantes para se explicar este conceito.Várias teorias tentam interpretar de maneira diferente e enfatizar certos aspectos da motivação. O conceito de motivação está intimamente relacionado com o comportamento e desempenho das pessoas. Ela certamente envolve metas e objetivos. Existem diferenças fisiológicas, psicológicas e ambientais que são fatores importantes para se explicar este conceito.

9 A motivação é um processo psicológico básico. Juntamente com a percepção, atitudes, personalidade e aprendizagem, a motivação sobressai como um importante processo na compreensão do comportamento humano.A motivação é um processo psicológico básico. Juntamente com a percepção, atitudes, personalidade e aprendizagem, a motivação sobressai como um importante processo na compreensão do comportamento humano. Ela interage e atua em conjunto com outros processos mediadores e o ambiente. Da mesma forma como ocorre com os processos cognitivos, ela não pode ser visualizada.Ela interage e atua em conjunto com outros processos mediadores e o ambiente. Da mesma forma como ocorre com os processos cognitivos, ela não pode ser visualizada.

10 Como a motivação consiste em um processo que depende da direção, intensidade e persistência dos esforços de uma pessoa para alcançar determinado objetivo, temos que:Como a motivação consiste em um processo que depende da direção, intensidade e persistência dos esforços de uma pessoa para alcançar determinado objetivo, temos que: Direção: onde focar o comportamento.Direção: onde focar o comportamento. Intensidade: representa o esforço que a pessoa aplica na direção definida.Intensidade: representa o esforço que a pessoa aplica na direção definida. Persistência: significa o quanto tempo a pessoa consegue manter seu esforço. Uma pessoa motivada tende a persistir no comportamento até que seu objetivo seja plenamente alcançado.Persistência: significa o quanto tempo a pessoa consegue manter seu esforço. Uma pessoa motivada tende a persistir no comportamento até que seu objetivo seja plenamente alcançado.

11 Motivação não é um traço de personalidade.Motivação não é um traço de personalidade. Ela é o resultado da interação da pessoa com a situação que o envolve. As pessoas diferem quanto ao seu impulso motivacional básico, e o mesmo indivíduo pode ter diferentes níveis de motivação que variam ao longo do tempo, isto é, ele pode estar mais motivado em um dado momento e menos em outro. A conclusão é que o nível de motivação varia entre as pessoas e numa mesma pessoa por meio do tempo.Ela é o resultado da interação da pessoa com a situação que o envolve. As pessoas diferem quanto ao seu impulso motivacional básico, e o mesmo indivíduo pode ter diferentes níveis de motivação que variam ao longo do tempo, isto é, ele pode estar mais motivado em um dado momento e menos em outro. A conclusão é que o nível de motivação varia entre as pessoas e numa mesma pessoa por meio do tempo.

12 MOTIVAÇÃO: A sabedoria do Trabalho em EQUIPE consiste em compartilhar o ATENDIMENTO DAS NECESSIDADES INDIVIDUAIS dos membros com o atendimento das NECESSIDADES DO TIME quando um TIME é uma unidade de trabalho ALTAMENTE MOTIVADA. Não existe um time quando as ações são feitas por imposição ou obrigação.

13 A palavra motivação, deriva do latim “movere” (mover), indica um estado psicológico caracterizado por um elevado grau de disposição, ou vontade de realizar uma tarefa ou perseguir uma meta.

14 MOTIV AÇÃO Motivo para a Ação Emoções Impulsionam as Pessoas Influenciam seu Jeito de Perceber os Fatos

15 PORTANTO MOTIVAÇÃO: MOTIVO – é uma necessidade que atua sobre o intelecto fazendo a pessoa a movimentar-se ou agir. MOTIV – AÇÃO É uma inclinação para a AÇÃO que tem origem em um MOTIVO/NECESSIDADE.

16 MOTIVAÇÃO: SÃO AS NOSSAS NECESSIDADES QUE ACIONAM NOSSO CEREBRO E ESTE POR SUA VEZ ORGANIZA O NOSSO COMPORTAMENTO. SURGE A AÇÃO

17 SATISFAÇÃO: É alguma coisa que satisfaz uma necessidade. É o atendimento de uma necessidade. Ex.: Água Motivador é a Sede e não a Água Diminuiu a Tensão da Necessidade Elevando o Nível de Satisfação

18 SATISFAÇÃO: É alguma coisa que satisfaz uma necessidade. É o atendimento de uma necessidade. Ex.: Água Motivador é a Sede e não a Água Diminuiu a Tensão da Necessidade Elevando o Nível de Satisfação

19 Falta de Habilidade.Falta de Habilidade. Excessivo Controle.Excessivo Controle. Falta de Recursos.Falta de Recursos. Coação ( pressão excessiva).Coação ( pressão excessiva). Culpabilidade.Culpabilidade. Desordem.Desordem. Insensibilidade.Insensibilidade. Arrogância.Arrogância. Ridicularizar.Ridicularizar. Presunção.Presunção.

20 MOTIVAÇÃO:. Valorize as Pessoas. Reconheça Avanços. Encoraje Iniciativas. Ofereça Incentivos. Enriqueça as Funções. Delegue Autoridade. Faça Avaliação. Promova Mudanças

21 MOTIVAÇÃO X SATISFAÇÃO É possível oferecer fatores de satisfação: Água, comida, reconhecimento, progresso, promoção, etc... Uma necessidade satisfeita não é mais um motivador do comportamento. O QUE MOTIVA O COMPORTAMENTO É A PRÓPRIA NECESSIDADE

22 MOTIVAÇÃO: NASCE SOMENTE DAS NECESSIDADES HUMANAS EM DECORRENCIA O FALSO PRESSUPOSTO DE QUE UMA PESSOA PODE MOTIVAR A OUTRA CAI POR TERRA O QUE SE PODE É SATISFAZER OU CONTRA- SATISFAZER

23 FATORES DE SATISFAÇÃO: ComidaÁguaReconhecimentoProgresso AS NECESSIDADES NÃO TEM ORIGEM NO MEIO AMBIENTE

24 Três dimensões do Processo Motivacional: Necessidades: são criadas quando surge um desbalanceamento fisiológico ou psicológico. São variáveis, situadas dentro de cada indivíduo, e dependem de variáveis culturais. Em suma significa uma carência interna da pessoa, como sede, insegurança...O organismo se caracteriza por um estado de equilíbrio, e este é rompido toda vez que surge uma necessidade. Esta é um estado interno que, quando não satisfeita, cria tensão e estimula algum impulso no indivíduo.Necessidades: são criadas quando surge um desbalanceamento fisiológico ou psicológico. São variáveis, situadas dentro de cada indivíduo, e dependem de variáveis culturais. Em suma significa uma carência interna da pessoa, como sede, insegurança...O organismo se caracteriza por um estado de equilíbrio, e este é rompido toda vez que surge uma necessidade. Esta é um estado interno que, quando não satisfeita, cria tensão e estimula algum impulso no indivíduo.

25 Impulsos: (ou motivos) são os meios que aliviam as necessidades. O impulso gera um comportamento de busca e pesquisa para localizar objetos ou incentivos que, se atingidos, satisfarão a necessidade e produzirão redução da tensão. Quanto maior a tensão, maior o nível de esforço. São considerados o coração do processo motivacional.Impulsos: (ou motivos) são os meios que aliviam as necessidades. O impulso gera um comportamento de busca e pesquisa para localizar objetos ou incentivos que, se atingidos, satisfarão a necessidade e produzirão redução da tensão. Quanto maior a tensão, maior o nível de esforço. São considerados o coração do processo motivacional. Incentivos: ao final do processo, considerado como algo que pode aliviar uma necessidade ou reduzir um impulso. Em geral os incentivos estão situados fora do indivíduo e variam enormemente conforme a situação.Incentivos: ao final do processo, considerado como algo que pode aliviar uma necessidade ou reduzir um impulso. Em geral os incentivos estão situados fora do indivíduo e variam enormemente conforme a situação.

26 Para a grande maioria das teorias, o PM está dirigido para metas ou necessidades. As metas são resultados vitais procurados pelas pessoas e atuam como forças vitais que a atraem. O alcance das metas desejadas conduz a uma redução das necessidades humanas.Para a grande maioria das teorias, o PM está dirigido para metas ou necessidades. As metas são resultados vitais procurados pelas pessoas e atuam como forças vitais que a atraem. O alcance das metas desejadas conduz a uma redução das necessidades humanas.

27 O processo motivacional: As necessidades e carências provocam tensão e desconforto na pessoa e desencadeiam um processo que busca reduzir ou eliminar essa tensão.As necessidades e carências provocam tensão e desconforto na pessoa e desencadeiam um processo que busca reduzir ou eliminar essa tensão. A pessoa escolhe um curso de ação para satisfazer determinada necessidade, e surge o comportamento focado na meta(impulso).A pessoa escolhe um curso de ação para satisfazer determinada necessidade, e surge o comportamento focado na meta(impulso). Se a pessoa consegue satisfazer a necessidade, o PM é bem- sucedido. Contudo, se por algum obstáculo ou impedimento a satisfação não é alcançada, ocorre a frustração, conflito ou estresse.Se a pessoa consegue satisfazer a necessidade, o PM é bem- sucedido. Contudo, se por algum obstáculo ou impedimento a satisfação não é alcançada, ocorre a frustração, conflito ou estresse. Essa avaliação do desempenho determina o tipo de recompensa(incentivo) ou punição.Essa avaliação do desempenho determina o tipo de recompensa(incentivo) ou punição. Desencadeia-se novo PM.Desencadeia-se novo PM.

28 Teorias Motivacionais: Hierarquia de necessidades de Maslow: se baseia na hierarquia de necessidades. O fundamento desta teoria é de que as necessidades podem ser distribuídas em uma hierarquia de importância e de influência do comportamento humano.Hierarquia de necessidades de Maslow: se baseia na hierarquia de necessidades. O fundamento desta teoria é de que as necessidades podem ser distribuídas em uma hierarquia de importância e de influência do comportamento humano. Modelo da pirâmide das necessidades humanas e suas implicações.Modelo da pirâmide das necessidades humanas e suas implicações.

29 Necessidades Fisiológicas Necessidades de Segurança Necessidades de Pertencimento Necessidades de Estima Necessidades de Auto-realização PIRÂMIDE MOTIVACIONAL DE MASLOW

30 NECESSIDADES FISIOLÓGICAS: Necessidades Básicas Para Manutenção da Vida Nível Mais Baixo – Denominada Biológicas ou Básicas – Exige Satisfação Cíclica e Incessante Para Garantia da Sobrevivência. Necessidade de Alimentação – Fome e Sede – Sono e Repouso – Abrigo (Frio e Calor) Desejo Sexual (Reprodução da Espécie). Característica Principal é a Premência – Enquanto a Necessidade Não Esta Satisfeita A Mesma Domina a Direção do Comportamento. Nas Organizações: Salário, Vale-Refeição, Refeitório, Café da Manhã e Construção Civil.

31 NECESSIDADES DE SEGURANÇA: Levam a Pessoa a Se Proteger de Qualquer Perigo Real ou Imaginário, Físico e Abstrato. Busca de Proteção Contra Ameaças ou Privações. Leva a Pessoa a Fugir de Perigos. Ex.: Grades de Proteção nas Casas. Nas Organizações: Ações Gerenciais Arbitrárias, Conflitivas, Climas de Instabilidade Provocam nas Pessoas Sintomas de Insegurança Que Podem Ser Sinais de Doenças Psicossomáticas. Benefícios, Salário Educação, Seguro Saúde

32 NECESSIDADES SOCIAIS: As Relacionadas Com A Vida Social Do Individuo Com Outras Pessoas. Necessidade De Participar De Grupos e de Ser Aceito Por Estes, De Trocar Sentimentos De Amizade, Afeto e Amor. Laços Afetivos – Lugar Em Um Grupo. Quando Com Problemas Nesta Área A Pessoa Pode Apresentar Traços De Hostilidade E Agressividade Em Relação Ás Pessoas De Convívio Nas Organizações: Fazer Parte de Equipes De Trabalho, Grupos e Comissões, Associações, Clubes de Esportes, Grupos de Solidariedade. Administração Participativa, Grupos de Qualidade, etc...

33 NECESSIDADES DE ESTIMA: São As Necessidades Relacionadas Com A Maneira Como A Pessoa Se Avalia – Valorização Pessoal – O Conceito Que A Pessoa Faz Sobre Si Mesma. Força, Status, Capacidade e Utilidade. Desejo de Ser Reconhecida No Grupo. Envolve As Necessidades de Aprovação Social, De Reconhecimento, De Status, De Prestígio E De Consideração. A Satisfação Dessas Necessidades Gera Sentimentos de Utilidade, De Auto-Confiança, De Poder. Nas Organizações: Cargo Ocupado na Empresa, Prestigio, Profissão, Cargos Públicos, Representatividade na Comunidade. Tipo e Tamanho de Empresa, Fama.

34 NECESSIDADES DE REALIZAÇÃO: São As Necessidades Humanas Mais Elevada E Se Encontram No Topo da Hierarquia. É A Necessidade De Realizar O Máximo Do Potencial Da Pessoa, A Utilização Plena Dos Talentos Pessoais. É A Necessidade De Um Maior Grau de Autonomia E De Escolhas A Respeito De Si Mesmo, De Conquistas, De Sucesso. Criatividade, Idéias. Nas Organizações: Cargo Ocupado na Empresa, Negócio Próprio, Realização dos Sonhos, Crescimento Profissional

35 Em suma, existem duas classes de necessidades: as de baixo nível ou primárias(fisiológicas e de segurança) satisfeitas externamente, e as necessidades de alto nível ou secundárias(sociais, de estima e de auto-realização), satisfeitas internamente, ou seja, dentro do indivíduo.Em suma, existem duas classes de necessidades: as de baixo nível ou primárias(fisiológicas e de segurança) satisfeitas externamente, e as necessidades de alto nível ou secundárias(sociais, de estima e de auto-realização), satisfeitas internamente, ou seja, dentro do indivíduo. Os argumentos da Teoria de Maslow são os seguintes: as necessidades não satisfeitas influenciam o comportamento, dirigindo-o para metas individuais. Uma necessidade satisfeita não é motivadora de comportamento; cada pessoa nasce com uma bagagem de necessidades fisiológicas herdadas, para as quais o comportamento de início está voltado para a satisfação destas necessidades; com o passar dos anos vão surgindo as necessidades fisiológicas e de segurança; o comportamento passa a ser influenciado por um grande número de necessidades concomitantes que se articulam na hierarquia.Os argumentos da Teoria de Maslow são os seguintes: as necessidades não satisfeitas influenciam o comportamento, dirigindo-o para metas individuais. Uma necessidade satisfeita não é motivadora de comportamento; cada pessoa nasce com uma bagagem de necessidades fisiológicas herdadas, para as quais o comportamento de início está voltado para a satisfação destas necessidades; com o passar dos anos vão surgindo as necessidades fisiológicas e de segurança; o comportamento passa a ser influenciado por um grande número de necessidades concomitantes que se articulam na hierarquia.

36 À medida que uma necessidade mais baixa não é satisfeita, ela se torna imperativa e passa a predominar provisoriamente no comportamento até que seja parcial ou totalmente satisfeita. As pessoas procuram primeiro satisfazer as necessidades básicas antes de focalizar seu comportamento nas mais elevadas.À medida que uma necessidade mais baixa não é satisfeita, ela se torna imperativa e passa a predominar provisoriamente no comportamento até que seja parcial ou totalmente satisfeita. As pessoas procuram primeiro satisfazer as necessidades básicas antes de focalizar seu comportamento nas mais elevadas. As mais baixas requerem um PM mais rápido(fome, sede), enquanto as mais elevadas requerem um ciclo extremamente mais longo.As mais baixas requerem um PM mais rápido(fome, sede), enquanto as mais elevadas requerem um ciclo extremamente mais longo.

37 Teoria dos dois fatores de Herzberg: para este estudioso a motivação das pessoas depende de dois fatores intimamente interligados:Teoria dos dois fatores de Herzberg: para este estudioso a motivação das pessoas depende de dois fatores intimamente interligados: Fatores higiênicos: refere-se às condições que rodeiam a pessoa enquanto trabalha.(físicas, ambientais, salário, benefícios, regulamentos internos, relacionamento interpessoal...) Correspondem ao contexto de trabalho. São geralmente utilizados pelas empresas para fins de motivação do quadro funcional. Contudo, são limitados em sua capacidade de influenciar as pessoas. Chamados de fatores insatisfacientes.Fatores higiênicos: refere-se às condições que rodeiam a pessoa enquanto trabalha.(físicas, ambientais, salário, benefícios, regulamentos internos, relacionamento interpessoal...) Correspondem ao contexto de trabalho. São geralmente utilizados pelas empresas para fins de motivação do quadro funcional. Contudo, são limitados em sua capacidade de influenciar as pessoas. Chamados de fatores insatisfacientes. Fatores motivacionais: referem-se ao conteúdo do cargo, às tarefas e às atividades relacionadas com o cargo em si. Produzem efeito duradouro de satisfação e de aumento de produtividade em níveis de excelência. Chamados fatores satisfacientes. Estão relacionados com as condições internas do indivíduo que conduzem a sentimentos de satisfação e auto-realização.Fatores motivacionais: referem-se ao conteúdo do cargo, às tarefas e às atividades relacionadas com o cargo em si. Produzem efeito duradouro de satisfação e de aumento de produtividade em níveis de excelência. Chamados fatores satisfacientes. Estão relacionados com as condições internas do indivíduo que conduzem a sentimentos de satisfação e auto-realização.

38 Teoria das necessidades de McClelland : de acordo com esta teoria existem 3 necessidades básicas na dinâmica do CH:Teoria das necessidades de McClelland : de acordo com esta teoria existem 3 necessidades básicas na dinâmica do CH: Necessidade de realização: de êxito competitivo, de busca pela excelência, de se realizar em relação a determinados padrões e lutar pelo sucesso. Os grandes realizadores se diferenciam pelo desejo de fazer melhor as coisas. Buscam situações em que possam assumir a responsabilidade de encontrar soluções para os problemas.Necessidade de realização: de êxito competitivo, de busca pela excelência, de se realizar em relação a determinados padrões e lutar pelo sucesso. Os grandes realizadores se diferenciam pelo desejo de fazer melhor as coisas. Buscam situações em que possam assumir a responsabilidade de encontrar soluções para os problemas. Necessidade de poder: é a necessidade de controlar ou influenciar outras pessoas, de fazer com que as pessoas se comportem de uma maneira que não o fariam naturalmente. Representa o desejo de impactar, de ter influência e de estar no comando. Pessoas com estas características preferem situações competitivas e de status e tendem a se preocupar mais com o prestígio e influência do que com o desempenho eficaz.Necessidade de poder: é a necessidade de controlar ou influenciar outras pessoas, de fazer com que as pessoas se comportem de uma maneira que não o fariam naturalmente. Representa o desejo de impactar, de ter influência e de estar no comando. Pessoas com estas características preferem situações competitivas e de status e tendem a se preocupar mais com o prestígio e influência do que com o desempenho eficaz.

39 Necessidade de afiliação: é a necessidade do relacionamento humano, de manter relações interpessoais próximas e amigáveis. Representa o desejo de ser amado e aceito pelos outros. As pessoas que possuem essa necessidade buscam amizade, preferem situações de cooperação em vez de competição e desejam relacionamentos que envolvam compreensão mútua.Necessidade de afiliação: é a necessidade do relacionamento humano, de manter relações interpessoais próximas e amigáveis. Representa o desejo de ser amado e aceito pelos outros. As pessoas que possuem essa necessidade buscam amizade, preferem situações de cooperação em vez de competição e desejam relacionamentos que envolvam compreensão mútua. Essas três necessidades são aprendidas e adquiridas ao longo da vida como resultado das experiências de cada pessoa. Como as necessidades são aprendidas, o comportamento recompensado tende a repetir-se com mais freqüência. Como resultado desse processo de aprendizagem, as pessoas desenvolvem padrões únicos de necessidades que afetam seu comportamento e desempenho.

40 Em geral são aplicados questionários para avaliar as necessidades de cada pessoa. As pesquisas a respeito da motivação revelam as seguintes conclusões:Em geral são aplicados questionários para avaliar as necessidades de cada pessoa. As pesquisas a respeito da motivação revelam as seguintes conclusões: 1.As pessoas com elevada necessidade de realização dão preferência a atividades com muita responsabilidade, e algum grau de risco. Os realizadores são pessoas que alcançam êxito em atividades empresariais ou em tocar seu próprio negócio. 2.A necessidade de realização um forte desempenho como executivo em grandes organizações. Em geral, o realizador está mais orientado em fazer as coisas pessoalmente do que influenciar as pessoas a um melhor desempenho. 3.As pessoas podem ser treinadas para desenvolver sua necessidade de realização por meio de programas de treinamento que focalizam conquistas, lutas, vitórias de sucessos. Tais programas estimulam o lado realizador, omitindo as demais necessidades.

41 Cada teoria aborda um aspecto específico de um conceito extremamente complexo. Para entendê- la melhor, precisamos partir do modelo que envolve quatro passos: esforço individual, desempenho individual, recompensas organizacionais e metas pessoais.Cada teoria aborda um aspecto específico de um conceito extremamente complexo. Para entendê- la melhor, precisamos partir do modelo que envolve quatro passos: esforço individual, desempenho individual, recompensas organizacionais e metas pessoais.


Carregar ppt "MOTIVAÇÃO. Qual a empresa que não quer ter em seus quadros pessoas altamente motivadas e entusiasmadas com seu trabalho...Qual a empresa que não quer."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google