A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROPOSTA DE ESTÍMULO AO DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS REALIZADA PELO PROJETO CRECHE DAS ROSINHAS ANO XIV, NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2008 STEPHANIE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROPOSTA DE ESTÍMULO AO DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS REALIZADA PELO PROJETO CRECHE DAS ROSINHAS ANO XIV, NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2008 STEPHANIE."— Transcrição da apresentação:

1 PROPOSTA DE ESTÍMULO AO DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS REALIZADA PELO PROJETO CRECHE DAS ROSINHAS ANO XIV, NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2008 STEPHANIE VIVEIROS DA SILVA TEIXEIRA (BOLSISTA), JULIANA SOFIA ESTEVES FANTINI (BOLSISTA), CARLA MAIA LIGEIRO (ALUNA), GABRIELA MAZZAROLO MARCONDES VIEIRA (ALUNA) INTRODUÇÃO É difícil determinar em que momento o mundo exterior começa a adquirir para a criança uma aparência estruturada. Porém, sabe-se que crianças entre 2,5 e 3 anos de idade já começam a enxergar essa estruturação. Nos estágios de percepção dos objetos, ocorre inicialmente uma simples combinação caótica de manchas coloridas. Depois uma discriminação das formas, identificação dos objetos e comparação de atributo físico do objeto (cor, forma ou tamanho), agrupando-os de acordo com percepção gráfica funcional ou com recordações das relações da vida real. E em seguida a distinção entre um objeto e sua imagem. Esses estágios são refletidos, de certa forma, no comportamento infantil. Apenas muito mais tarde, após os 6 anos de idade, a criança é capaz de, apesar de perceber uma estrutura integral, discriminar também os elementos individuais. Nesse estágio, o comportamento infantil assume natureza complexa e mediadora. Quanto à linguagem, a sua aprendizagem e uso são determinados por fatores biológicos, cognitivos, psicossociais e ambientais. Para que a criança adquira e desenvolva bons padrões de comunicação no tempo devido, é necessário que apresente adequados desenvolvimentos motor e cognitivo e que viva em ambiente social e afetivo que ofereça suficiente estimulação. A sua inteligência (cognição) progride ao integrar o mundo dos objetos que a rodeiam e, assim, constrói sua linguagem a partir de dados fornecidos pelo ambiente (dispositivo inato da linguagem), somada a uma criatividade permanente. O desenvolvimento semântico e fonológico das crianças também é determinante importante do desenvolvimento de outras habilidades lingüísticas – como a leitura e a escrita. O vocabulário e o conhecimento dos sons do idioma e suas combinações – consciência fonêmica – são de crucial importância para a alfabetização. Assim, na fase pré-escolar, é importante que a criança seja estimulada por adultos – em casa e na escola – ou, até mesmo, por meio de programas de televisão a enriquecer suas habilidades lingüísticas expressivas e receptivas. OBJETIVOS Propor atividades de cunho educativo que visem incentivar as crianças de 4 a 5 anos a reconhecer as cores primárias e as formas geométricas em objetos de seu cotidiano e motivar os pais e as professoras a continuarem esse processo de estímulo. MÉTODOS As atividades foram realizadas em dois dias na Creche Menino Deus, integrante do Projeto Creche das Rosinhas, com 17 crianças no segundo semestre de ° DIA As crianças foram divididas em dois grupos, sendo cada um deles coordenado por uma aluna do Projeto. Cada grupo trabalhou com uma figura/forma geométrica de cada vez. Cada grupo recebeu uma figura em branco e solicitou-se às crianças que reconhecessem o desenho (por exemplo: coração). Depois, foi pedido a elas que identificassem de que cor deveria ser a figura (ex.: coração deve ser vermelho). Em seguida, cada uma teve que selecionar a cor adequada de giz de cera para que a figura fosse colorida (ex.: selecionasse o giz de cera vermelho entre as cores azul, verde, amarelo, marrom e vermelho). Então, cada uma coloriu seu desenho da cor correta. Cada grupo, então, recebeu uma forma geométrica recortada em cartolina colorida e as crianças foram solicitar a reconhecer a forma (por exemplo: círculo) e a cor da figura (ex.: amarelo). Em seguida, cada uma desenhou a forma mostrada. Impressos foram feitos aos pais ressaltando a importância da estimulação das crianças para que elas observem, aprendam e participem do mundo que as cerca, para que expressem adequado desenvolvimento cognitivo e de linguagem. Essa carta foi colocada dentro do envelope, junto com as figuras, formas e desenhos. 2º DIA Com base nos resultados do primeiro dia, as crianças foram separadas em dois grupos, sendo que aquelas com maior facilidade foram igualmente distribuídas entre os dois grupos. Os gizes de cera, as figuras recortadas em cartolina colorida e os círculos coloridos foram colocados, em quantidades iguais, em recipientes. Um componente de cada grupo era chamado para ir à frente da sala e cumprir a tarefa daquela rodada, achando o objeto no recipiente da sua equipe. Ganhava ponto quem cumprisse o objetivo primeiro, mas as duas crianças tinham que terminar a tarefa da rodada. Na primeira rodada, a criança tinha que achar um giz de cera da cor que fosse pedida. Na rodada seguinte, ela tinha que localizar determinada forma geométrica. Na terceira rodada, ela era solicitada a procurar um giz de cera da cor de algum objeto de cor universalmente colorida (ex: Ache o giz da cor do coração). Na última rodada, cada criança tinha que achar o círculo da cor solicitada. No final, todas as crianças ganharam, como incentivo, pirulitos. RESULTADOS OBTIDOS: Pelo caráter lúdico e interativo da atividade, nenhuma criança se recusou a participar das atividades e 100% delas mostraram grande interesse. Verificou-se que: 30% das crianças tiveram dificuldades relevantes em RECONHECER FORMAS geométricas básicas. 30% das crianças tiveram relevantes dificuldades em RECONHECER CORES PRIMÁRIAS 82.5% das crianças tiveram relevantes dificuldades em DESENHAR as formas geométricas básicas. A maior parte dos pais não mostrou interesse nas atividades de estimulação propostas. CONCLUSÕES A grande maioria das crianças apresentou dificuldades na reprodução das formas geométricas, mostrando um déficit no aprendizado deste quesito. Quanto às cores 30% foram incapazes de reconhecer a maioria delas, apesar de ser um tema abordado com freqüência em sala de aula. Questiona-se a eficácia dos meios de ensino utilizados pelas professoras. A prática das atividades aprendidas apenas em sala de aula não é suficiente para uma fixação completa do conteúdo visto. Confirmando esta hipótese, viu-se que as crianças que recebem maior estímulo por parte dos pais em casa têm um conhecimento aplicado superior às outras, destacando-se, além de serem mais confiantes e possuidoras de linguagem mais elaborada. Conclui-se que as crianças precisam de estímulos de diversas fontes, principalmente, dos pais e educadores escolares. Essa estimulação deve ser interativa e lúdica para atrair maior interesse infantil e ter melhores resultados, além disso deve ser constante.


Carregar ppt "PROPOSTA DE ESTÍMULO AO DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS REALIZADA PELO PROJETO CRECHE DAS ROSINHAS ANO XIV, NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2008 STEPHANIE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google