A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo 6.1. Ciclos e Giros de Atividades Prof. MsC Wilter Furtado - 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo 6.1. Ciclos e Giros de Atividades Prof. MsC Wilter Furtado - 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo 6.1. Ciclos e Giros de Atividades Prof. MsC Wilter Furtado

2 Giros dos Recursos Tempo

3 Ciclo de Atividades – Conceitos 1.Ciclo Operacional De forma genérica e simplificada o ciclo operacional demonstra o funcionamento operacional da empresa. É o prazo decorrido entre a compra e o recebimento das venda. Matematicamente é: (+) Giro dos estoques (+) Giro das contas a receber

4 RELAÇÃO IDEAL O indicador ideal é quando ele se apresenta, inferior a 1 quando comparado com o giro de fornecedores, ou: Giro de estoques + Giro de contas a receber = Giro de fornecedores = 1,00 Significa vender e receber a mercadoria, para depois liquidá-la junto ao fornecedor.

5 Ciclo de Caixa ou Ciclo Financeiro 2. O Ciclo de Caixa ou Financeiro É o prazo decorrido entre o pagamento das compras e o recebimento das vendas. (+) giro de contas a receber (+) giro de estoques (–) giro de fornecedores Ou: Ciclo operacional (-) Giro de fornecedores Ciclo operacional

6 Giro como fator de resultado O resultado de um negócio é determinado pelo produto de MARGEM x GIRO. Entretanto, a acirrada competitividade que regula as atividades econômicas limitou em muito as pretensões empresariais de construir ou melhorar o seu poder de ganho, via margem. Tal fato provocou um aumento sensível na importância dos estudos sobre os GIROS, como ferramenta de tomada decisões.

7 O que é o giro? É a velocidade empreendida na implementação de estratégias, políticas; e nas ações administrativas sobre os componentes patrimoniais, ao longo de todo ciclo operacional / financeiro da empresa. Em outras palavras é o tempo despendido em cada uma das ações ou procedimentos do processo de gestão.

8 Enfoques da análise dos giros A análise dos giros, canaliza esforços para identificar e analisar os prazos de rotação e suas causas e efeitos, tais como: 1. Demanda de tempo para conseguir os capitais; para aplicá-los nos insumos; para produzir e vender e realizar os recursos, e; para pagar os fornecedores. 2. Prazo obtido entre o financiamento e a sua amortização;

9 CICLO IDEAL Zero Pagamento de Compras 90 dias Compras MP (estocagem) 11 dias Produção e Preparação (estocagem) 10 dias Preparação e exposição (estocagem) 5 dias Vendas 10 dias Faturam e distribuição 5 dias Recebimento 60 dias Fluxograma das operações de uma Indústria G. E = 36 G. CR 60 C. Op 96 C. Oper = 96 G. Forn = 90

10 Giro dos estoques - Matéria - Prima É o prazo médio decorrido entre a entrada do insumo, e o uso efetivo do mesmo, no processo produtivo. 1 Informações gerenciais (+) Estoque inicial = (+) Compras – (faturamento) = (-) Estoque final de (MP) = (=) Matéria prima gasta Estoque médio de matéria prima Cálculo do giro Matéria prima gasta = = 5,22 vezes = 360 = 69 dias Estoque médio ,22

11 Giro estoques - Produtos É o prazo médio gasto entre a produção (produtos) ou compras (mercadorias) e a venda efetivas, isto é, quando ocorre o efetivo faturamento. 1. Informações gerenciais (+) Matéria prima Gasta (+) Mod e gastos gerais de produção (=) Custo produtos fabricados (=) Custos produtos vendidos (85%) Estoques médios de produtos Cálculo do giro Custo das vendas = = 3,33 vezes 360 = 108 dias Média estoques ,33

12 Giro das contas a receber É o prazo decorrido entre o faturamento e o efetivo recebimento. 1. Informações gerenciais Vendas totais Vendas a prazo Saldo médio de contas a receber Cálculo do giro Vendas a prazo = = 4,39 vezes = 360 = 82 dias Saldo médio ,39 Vendas = 5,11 vezes = 360 = 70 dias Saldo médio ,11 Considerando que os recebimentos dependem também de fatores externos, é fundamental observar periodicamente as alterações nos giros, e que se defina padrões mais rígidos de prazos.

13 Giro dos ativos operacionais Entende-se por ativos operacionais, os ativos ou fatores que dão dinâmica aos ativos de produção (imobilizados). São os recursos aplicados em ativos circulantes e em ativos realizáveis no longo prazo. 1. Informações gerenciais (+) Média do ativo circulante (+) Média do ativo realizável de longo médio = (=) Ativo operacional médio Receitas operacionais totais Receitas operacionais = = 2,37 vezes = 360 = 152 Ativos Oper. Médios ,37

14 Giro do ativo Imobilizado Estudo que revela a capacidade de produção ou a produtividade do ativo imobilizado. 1. Informações gerenciais Produção movimentada (custo da produção) Média do ativo imobilizado Cálculo do indicador Prod. Movimentada = = 3,86 vezes = 360 = 93 dias Média do imobilizado ,86

15 Giro do ativo total Informa a capacidade que os ativos possuem de produzir e operacionalizar os produtos, serviços ou mercadorias. 1. Informações gerenciais (+) Média dos ativos operacionais (AC e ARL) (+) Média do Ativo permanente (=) Ativo Total Médio Cálculo do indicador Receita total = = 2,18 vezes = 360 = 165 d ATM ,18

16 Giro dos fornecedores Revela qual é o prazo médio obtido junto aos fornecedores pelo fornecimento de insumos e / ou de mercadorias. 1. Dados gerenciais Compras totais Compras a prazo Saldo médio de fornecedores Cálculo do indicador Compras a prazo = = 5,9 vezes = 360 = 61 dias S.M.F ,9 vz

17 Giro das dívidas operacionais O estudo revela qual é o prazo médio obtido para o pagamento d das obrigações operacionais (salários, tributos, energia, água, telefone, aluguéis, etc.) 1. Informações gerenciais Pagamentos dívidas operacionais (amortização) Saldo médio dívidas operacionais Cálculo do indicador Amort. de dív oper. = = 10,30 vzs = 360 = 35 dias Saldo médio dívidas ,3

18 Giro das obrigações onerosas Para conhecer a qualidade das obrigações onerosas, não somente pela taxa nominal dos encargos, como pelo prazo que exigem os pagamentos. 1. Informações gerenciais Média Dívidas onerosas curto prazo – Média Dividas onerosas longo prazo Amortizações dívidas onerosas de curto prazo Amortizações dívidas onerosas de longo prazo Cálculos dos indicadores Amortizações curto prazo = = 2,69 vezes = 360 = 133 dias Saldo médio dívidas (CP) ,69 Amortizações longo prazo = = 1,43 vezes = 360 = 251 dias Saldo médio dívidas (LP) ,43

19 Giro dos passivos totais Define os prazos obtidos em todos os passivos. 1. Informações gerenciais Amortizações de todos os passivos Média de todos os passivos Cálculo do indicador Amortizações totais = = 3,78 vezes = 360 = 95dias Média dos pass. totais ,78

20 Matriz comparativa Giro dos Ativos Dias Giro dos Passivos Dias Estoques M. Primas Estoques Produtos Contas a Receber Fornecedores Dívidas operacionais 6135 Subtotal259Subtotal96 Obrigações Onerosas (CP) 133 Totais259Totais229 Ativo imobilizado 93 Obrigações onerosas (LP) 251 Ativo total 165 Passivo total 95

21 Bibliografia Recomendada ASSAF NETO, Alexandre. Estrutura e análise de Balanços. 7 ª.São Paulo, Atlas,2002. BLAT, Adriano. Análise de Balanços. São Paulo. Makron Books, IUDÍCIBUS, Sérgio de. Análise de Balanços, 7ª São Paulo, Atlas, SÁ, Antonio Lopes de. Moderna Análise de Balanços ao Alcance de Todos. 1ª. Curitiba. Juruá, 2005 COMPLEMENTAR.


Carregar ppt "Módulo 6.1. Ciclos e Giros de Atividades Prof. MsC Wilter Furtado - 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google