A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Empresa Ambiente Interno Dirigir uma empresa não é vê-la como ela é... mas como ela será. John Teets Análise do Ambiente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Empresa Ambiente Interno Dirigir uma empresa não é vê-la como ela é... mas como ela será. John Teets Análise do Ambiente."— Transcrição da apresentação:

1 Empresa Ambiente Interno Dirigir uma empresa não é vê-la como ela é... mas como ela será. John Teets Análise do Ambiente

2 Interno O que a organização produz? Produtos e serviços Atendimento das necessidades dos clientes Empregos

3 Análise do Ambiente Interno Como a organização produz? Qualidade Custo Produtividade Preço Competitividade

4 Análise do Ambiente Interno Com que a organização produz? Pessoas Tecnologia Recursos físicos Matéria-prima

5 Ambiente Interno Forças Competências distintivas Qualidade do P/S Grande volume de recursos financeiros Liderança no mercado Estratégias adequadas Muitos talentos Boa imagem no mercado Tecnologia avançada Inovação no produto Custos baixos

6 Fraquezas Estratégia vacilante Equipamentos obsoletos Baixa lucratividade Baixa qualidade do P/S Linha estreita de P/S Falta de talentos Problemas operacionais Má imagem de mercado Ambiente Interno

7 Hotel Pacífico Forças Imagem de qualidade Pessoal eficiente Boas instalações Boas relações com a comunidade de negócios Proximidade do centro comercial Proximidade do centro de diversões Fraquezas Falta de programa de fidelização de hóspedes Grande distância do aeroporto Falta de espaço para expansão Decoração desatualizada Poucas ações de marketing em empresas internacionais

8 Hotel Pacífico Oportunidades Empresas de cartão de crédito crescendo na região Número crescente de restaurantes Empresa de táxi fez oferta especial Governo construindo centro de convenções no bairro Ameaças Criação de programas de fidelização pelos concorrentes Aumento do número de concorrentes Falta de espaço para expansão Economia em crise Sindicato se fortalecendo

9 Matriz SWOT – Empresa X Pontos Fortes Processos operacionais é BM Gestão de vanguarda Acesso à crédito Parcerias com fornecedores Pontos Fracos Formação de lideranças Endividamento no curto prazo Rede de distribuição deficiente Custos fixos elevados Oportunidades Internacionalização da marca Novos negócios em... Parcerias com... Acesso a M -P alternativas Ameaças Apagão Entrada de novos competidores Legislação ambiental mais restritiva Desvalorização Cambial

10

11 Análise do Ambiente Externo Levantamento de: OPORTUNIDADES - são variáveis externas e não controláveis pela organização, que podem criar condições favoráveis, desde que se tenha condições e/ou interesse de usufruí-las AMEAÇAS - são variáveis externas e não controláveis pela organização, que podem criar condições desfavoráveis para a mesma

12 Análise do Ambiente Interno Levantamento de: PONTOS FORTES - são variáveis internas e controláveis que propiciam uma condição favorável para a organização em relação ao seu ambiente PONTOS FRACOS - são variáveis internas e controláveis que provocam uma situação desfavorável para a organização, em relação ao seu ambiente

13 1 – Classificar as Oportunidades e Ameaças segundo seus impactos (relevância e probabilidade de ocorrência) 2 – Identificar a correlação entre pontos fortes e pontos fracos com as oportunidades e ameaças 3 – Selecionar quais ações a serem realizadas em cima dos Pontos Fortes e Fracos, procurando tirar o máximo de proveito das Oportunidades e minimizar o impacto das Ameaças

14 Viabilidade externa O que é necessário e possível? Área definida no plano Qual é o futuro desejado? Capacidade interna O que a organização é capaz de fazer?

15 OBJETIVOS Resultados quantitativos e/ou qualitativos que a empresa precisa alcançar em prazo determinado, no contexto de seu ambiente, para cumprir sua Missão

16 OBJETIVOS - Exemplos Atingir e manter, de maneira lucrativa e ética, uma participação de mercado de 40% Reduzir a inadimplência em 30% Aumentar a produtividade em 10%

17 OBJETIVOS: Aumentar nossas vendas de 1992 em três vezes e meia até 1997 Ser reconhecido pela comunidade, funcionários e corporações como uma companhia do mais alto padrão de excelência

18 OBJETIVOS: Aumentar a receita em 20% aa Ampliar a liderança no aluguel de carros Ter o melhor e mais motivado quadro de pessoal e a mais dinâmica equipes de vendas e operações Obter lucro líquido de mínimo de 10% da receita

19 ESTRATÉGIA O que a empresa decide fazer, considerando o ambiente, para atingir os objetivos, respeitando os princípios, visando cumprir a missão do seu negócio

20 Plano Estratégico 2000 Objetivo 1 Aumentar a participação no mercado interno de 46% para 50% Estratégias Investir US$ 3 bi em infra-estrutura e novas aeronaves (13 aviões 747/400, 35 aviões e 10 aviões MD 11 Substituir os Electras da Ponte Aérea pelos novos 737/300

21 Plano Estratégico 2000 Objetivo 2 Aumentar a participação nas linhas internacionais Estratégias Joint Ventures com a Japan airlines Acordo para permitir vôos Rio/Hong Kong

22 Planejar Voar Mais Alto Objetivo Aumentar o faturamento de US$ 80 milhões (1990) para US$ 110 milhões (1991) Estratégias Definir como público alvo, pessoas jurídicas e executivos que procuram agilidade e rapidez na hora de viajar Atendimento VIP: o próprio Presidente pode ser visto recebendo passageiros com tapete vermelho Investir 15 milhões na renovação da frota

23 Rio Sul Objetivo Aumentar a receita em 80% em 1993 Estratégias Criação de novas rotas Voltar-se para o cliente Consolidar o padrão de atendimento Inaugurar novas salas de embarque em Congonhas

24 3 anos 1 ano Mensais Trimestrais Planejamento Estratégico Planos de Ação Orçamento Previsões/Apurações Revisões

25

26 Tipos e Níveis de Planejamento nas Empresas

27 Pergunta da Pesquisa: Quais foram as estratégias competitivas funcionais utilizadas pelas grandes empresas brasileiras exitosas ao longo da década de noventa? População Revista EXAME: Melhores e Maiores período 1990/1999.

28 Metodologia Estratégias Funcionais: Marketing (12) Operações (9) Recursos Humanos (11) Finanças (7) Análise dos Resultados 256 grandes empresas

29 Utilização de Estratégias Funcionais

30 Estratégias de Marketing

31 Estratégias de Operações

32 Estratégias de Recursos Humanos

33 Estratégias de Finanças

34 ESTRATÉGIAS DE MARKETING Pesquisa e Desenvolv. de Novos Produtos e Serviços (21,6%); Atendimento ao Cliente (15,8%). ESTRATÉGIAS DE OPERAÇÕES Investimento em Inovação e Tecnologia (22,9%); Produtividade (20,4%). ESTRATÉGIAS DE RECURSOS HUMANOS Treinamento e Desenvolvimento (36,3%). ESTRATÉGIAS DE FINANÇAS Diminuição/Controle de Custos (35,7%); Recursos Próprios como Fonte de Financiamento (29,9%).

35 CONCLUSÃO O Desempenho empresarial superior resulta da conjunção multidimensional de estratégias competitivas. OCORRÊNCIAS DE UTILIZAÇÃO, NA DÉCADA DE 90 Marketing 329 Operações 284 Recursos Humanos 204 Finanças 154


Carregar ppt "Empresa Ambiente Interno Dirigir uma empresa não é vê-la como ela é... mas como ela será. John Teets Análise do Ambiente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google