A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Organização Perfil Atual O Sistema de Gestão pela Qualidade Modelo Estratégias Gerenciamento pelas Diretrizes Gerenciamento da Rotina Resultados Santa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Organização Perfil Atual O Sistema de Gestão pela Qualidade Modelo Estratégias Gerenciamento pelas Diretrizes Gerenciamento da Rotina Resultados Santa."— Transcrição da apresentação:

1

2 A Organização Perfil Atual O Sistema de Gestão pela Qualidade Modelo Estratégias Gerenciamento pelas Diretrizes Gerenciamento da Rotina Resultados Santa Casa de Porto Alegre Complexo Hospitalar

3 Organização:: Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre :: Instituição de direito privado, filantrópica, de ensino e assistência social, reconhecida como de utilidade pública. Fundação::19 de outubro de 1803 Negócio::Saúde Sustentação::Pioneirismo e Tecnologia

4 P ERFIL Perfil Unidades Assistenciais Leitos 883 Sistema Único de Saúde 378 Particulares e Convênios Consultórios Salas Cirúrgicas Unidades de Terapia Intensiva 139 Leitos Funcionários Médicos

5 Hospital da Criança Santo Antônio Hospital Santa Rita Hospital São Francisco Centro Cultural Policlínica Santa Clara Hospital São José Hospital Dom Vicente Scherer Pavilhão Pereira Filho Faculdade de Ciências Médicas Capela Nosso Senhor dos Passos

6 ARQUIVO BIBLIOTECA AUDITÓRIO MUSEU FOYER ADMINISTRAÇÃO Centro Cultural

7 Perfil Internações Procedimentos Cirúrgicos Consultas Diagnóstico e Tratamento Partos Faturamento Grau de Satisfação dos Clientes Grau de Satisfação dos Clientes ,7% 79,5% - Consultas 83,6% Diagnóstico e Tratamento 91,2% Internações 79,5% - Consultas 83,6% - Diagnóstico e Tratamento 91,2% - Internações 95,1% - Consultas 94,8% - Diagnóstico e Tratamento 96,9% - Internações

8 Estrutura Orgânica Nível Corporativo UGBs Divisões e UGAs

9 Apoio Estrutura Funcional Corporativa, Divisões e UGAs Ddrh1/C:/Patrícia/ppt Policlínica Santa Clara Hospital São Francisco Hospital São José Diagnóstico e Tratamento Análises Clínicas Radiologia Imagenologia Terapias Especializadas... Técnico e Administrativo Pessoas Materiais e Logística Finanças Marketing... Pavilhão Pereira Filho Hospital Santa Rita Hospital da Criança Santo Antônio Hospital Dom Vicente Scherer Governança Corporativa

10 Atendimento Ambulatorial (18) Internação Hospitalar, incluindo UTIs (34) Procedimentos Cirúrgicos e Obstétricos (10) Serviços Auxiliares de Diagnóstico e Tratamento (26) Apoio Administrativo e Operacional (70) Modelo Funcional: 158 UGBs PROCESSOS

11 o Premissas: Metodologia, Filosofia e Sistemas de Avaliação 4 Negócio 4 Missão 4 Visão 4 Planejamento Estratégico 4 Gerenciamento pelas Diretrizes 4 Gerenciamento da Rotina Estrutura do Sistema de Gestão L IDERANÇA

12 Metodologia e Filosofia da Qualidade Total - TQC Modelo do Sistema de Gestão L IDERANÇA

13 ATUAR PARA MELHORAR RESULTADOS VERIFICAR OS RESULTADOS DEFINIR AS METAS EXECUTAR AÇÔES e COLETAR DADOS EDUCAR E TREINAR DEFINIR OS MÉTODOS A (ACTION) P (PLAN) (DO) D (CHECK) C Metodologia da Qualidade Total = PDCA

14 Filosofia da Qualidade Total MELHORIA DE PROCESSOS PARTICIPAÇÃO DE TODOS FOCO NO CLIENTE

15 v PGQP - Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade v PNQ - Prêmio Nacional da Qualidade ® Modelos de Avaliação do Sistema de Gestão

16 Nosso Negócio: Saúde L IDERANÇA

17 Desenvolver e proporcionar assistência médico-hospitalar, da melhor qualidade, para as pessoas de todos os grupos sociais, do Estado e do País, apoiada por programas de ensino e pesquisa.

18

19 Elaboração do plano de trabalho Elaboração do instrumento de coleta de dados Coleta de dados e informações: reuniões internas e externas, pesquisas, instrumento Análise de ambientes externo e interno Revisão do Documento Referência Necessidades das partes interessadas Revisão e/ou definição da Visão de Futuro Formulação das estratégias Processo do Planejamento Estratégico: etapas

20 è Consolidação das informações: 1.ª versão è Análise pelo Grupo das Diretrizes è Análise e consolidação pela Direção Executiva è Definição de metas: planejamento orçamentário è Aprovação pela Provedoria e Mesa Administrativa è Desdobramento das estratégias - planos è Divulgação e implantação Processo do Planejamento Estratégico: etapas

21 Análise dos AMBIENTES Planejamento Estratégico E STRATÉGIAS E P LANOS

22 Análise dos AMBIENTES Planejamento Estratégico E STRATÉGIAS E P LANOS Fatores Econômicos Fatores Políticos e Legais Fatores Tecnológicos Fatores Sócio-culturais e Ambientais Mercado - Fornecedor Mercado - Profissionais Mercado - Compradores de Serviço Mercado - Concorrência

23 Planejamento Estratégico Evolução do Perfil Epidemiológico do Rio Grande do Sul CLIENTES E SOCIEDADE

24 Análise dos AMBIENTES Planejamento Estratégico E STRATÉGIAS E P LANOS Desempenho Econômico-financeiro Projeções Econômico-financeiras Produtos e/ou Serviços Limitações ao Desempenho Pontos Fracos Pontos Fortes Áreas-chave do Negócio Fatores-chave de Sucesso

25 Consolidação do resultado econômico-financeiro Captação de recursos extraordinários para investimentos Hospitais e serviços adequados: infra-estrutura, instalações, tecnologia e processos Gestão de pessoas e conhecimento Gestão da satisfação do cliente Planejamento Estratégico E STRATÉGIAS E P LANOS Objetivo: Auto-sustentação e Crescimento Estratégias:

26 1. Aumento do resultado econômico na assistência ao sistema de saúde alternativo 2. Viabilização econômica da assistência ao SUS 3. Captação de recursos extraordinários para investimentos 4. Adequação dos hospitais e serviços (infra-estrutura, instalações, tecnologia, processos) 5. Gestão de pessoas e conhecimento 6. Gestão da satisfação dos clientes Diretrizes Institucionais 2003 OBJETIVO: AUTO-SUSTENTAÇÃO E CRESCIMENTO QUESTÕES ESTRATÉGICAS CHAVES: VELOCIDADE E COMPETITIVIDADE E STRATÉGIAS E P LANOS

27 1. Aumento do resultado econômico na assistência ao sistema de saúde alternativo 2. Viabilização econômica da assistência ao SUS 3. Captação de recursos extraordinários para investimentos 4. Adequação dos hospitais e serviços (infra-estrutura, instalações, tecnologia, processos) 5. Gestão de pessoas e conhecimento 6. Gestão da satisfação dos clientes Diretrizes Institucionais 2003 OBJETIVO: AUTO-SUSTENTAÇÃO E CRESCIMENTO QUESTÕES ESTRATÉGICAS CHAVES: VELOCIDADE E COMPETITIVIDADE EXEMPLO DE DESDOBRAMENTO 1.1.Aumento do volume assistencial Aumento das consultas pelo uso da capacidade física instalada de consultórios Aumento das internações pela redução da média permanência e aumento da taxa de ocupação Aumento dos procedimentos de diagnóstico e tratamento pelo uso da capacidade física instalada dos serviços 1.2.Melhoria de processos e da qualidade dos serviços

28 AUTO-SUSTENTAÇÃO E CRESCIMENTO Captação de recursos extraordinários para investimentos Adequação dos Hospitais e Serviços: Infra-estrutura, instalações, tecnologia, processos Gestão de pessoas e conhecimento Viabilização econômica da assistência ao SUS Aumento do resultado econômico na assistência ao sistema de saúde alternativo Gestão da satisfação dos clientes Aumento do volume assistencial 1.1 Melhoria de processos e da qualidade dos serviços 1.2 Observação das normas e tetos físico-financeiros definidos pelo gestor 2.1 Observação da capacidade econômico -financeiro da Instituição - limites de subsídio 2.2 Prospecção de investidores sociais 3.1 Viabilização de linhas de financiamento para investimentos e melhorias operacionais 3.2 Efetivação do plano de investimentos de capital 4.1 Modernização da infra-estrutura, instalações e tecnologia 4.2 Melhoria de processos 4.3 Fixação e satisfação das pessoas 5.1 Capacitação e aperfeiçoamento das pessoas 5.2 Fidelização de clientes dos mercados-alvo 6.1 Estímulo a demanda dos mercado-alvo 6.2 E STRATÉGIAS E P LANOS

29 DESDOBRAMENTO DAS DIRETRIZES NÍVEL CORPORATIVO UGAs

30 DESDOBRAMENTO DAS DIRETRIZES NÍVEL UGAs UGBs

31 Assistenciais Econômicos Satisfação dos Clientes Moral dos Funcionários Difusão da Imagem Efetividade da Gestão Indicadores Gerenciais I NFORMAÇÕES E C ONHECIMENTO

32 Análise Crítica do Desempenho Mensal Análise Crítica do Gerenciamento pelas Diretrizes Análise Crítica das UGBs (Unidades Gerenciais Básicas) Seminário de Avaliação do Gerenciamento da Rotina Candidatura e Exame – PGQP e PNQ ® Auditoria Externa Independente Gestão à Vista em todos os níveis Diversas freqüências Itens de Controle do Gerenciamento da Rotina Mensal Anual Mensal L IDERANÇA Auditorias Internas da Qualidade Mensal Diversas freqüências

33 Contexto Funcional 3 Missão 3 Produtos e serviços 3 Clientes 3 Necessidades Itens de Controle e Metas Padronização Gerenciamento da Rotina do Trabalho do Dia-a-dia PROCESSOS

34 Produtos e/ou Serviços Clientes Necessidades Itens de Controle Metas dos Itens de Controle Missão: O que fazemos? Para quem fazemos? Por que fazemos? PROCESSOS Fluxogramas

35 è Itens de controle corporativos (institucionais) e específicos n Itens de Controle do G.R. - RAAICM n Planos de ação e necessidades de treinamento n Consolidação do RETE n Auto-avaliação da UGB, da equipe funcional e consolidação das auto-avaliações do 5 S n Ata da reunião de análise do desempenho Análise Crítica Mensal das UGBs

36 Fonte: Divisão Financeira - Controladoria Consultas

37 Internações Fonte: Divisão Financeira - Controladoria

38 Taxa de ocupação de Leitos (%) %

39 Média de Permanência DIAS

40 Satisfação dos Pacientes %

41 Satisfação dos funcionários

42 Desenvolvimento dos funcionários Horas/Func./Mês

43 Fonte: Divisão Financeira - Controladoria R$ Mil Receitas Operacionais

44 Subsídio Econômico ao SUS: Em percentual C LIENTES E S OCIEDADE - R ESULTADOS

45 Redutores de Resultado Subsídio Econômico ao SUS 2002

46 Reconhecimento Regional Prêmio Qualidade RS – Troféu Bronze Prêmio Top de Marketing – ADVB/RS Prêmio Qualidade RS – Troféu Prata Prêmio Qualidade RS – Troféu Ouro Prêmio Qualidade RS – 2º Troféu Ouro Prêmio Top Ser Humano

47 Prêmio Nacional da Qualidade ®

48 Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Rua Prof. Annes Dias, Centro Porto Alegre - RS - Brasil Fone: (51) Fax: (51)


Carregar ppt "A Organização Perfil Atual O Sistema de Gestão pela Qualidade Modelo Estratégias Gerenciamento pelas Diretrizes Gerenciamento da Rotina Resultados Santa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google