A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Equipe de química Docente: Rosana Maria BIOQUÍMICA * estuda os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos, animais e vegetais. * classes Aminoácidos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Equipe de química Docente: Rosana Maria BIOQUÍMICA * estuda os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos, animais e vegetais. * classes Aminoácidos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Equipe de química Docente: Rosana Maria

3 BIOQUÍMICA * estuda os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos, animais e vegetais. * classes Aminoácidos Lipídios Hidratos de carbono

4 AMINOÁCIDOS apresentam simultaneamente os grupos amina NH 2 e ácido carboxílico COOH H 3 C CH COOH NH 2 Ac. 2- aminopropanóico ( alanina ) ou ácido- &- aminopropanóico ( carbono 1 tem o grupo ácido e o carbono 2 o grupo amina) 21

5 H 2 C COOH NH 2 H 2 C (CH 2 ) 3 CH COOH NH 2 NH 2 Ä Ácido -amino-acético (glicina) Ácido 2,6 diamino-hexanóico (lisina) HOOC– CH 2 CH COOH NH 2 Ácido amino-butanodióico (aspártico) Outros exemplos

6 PROPRIEDADES FÍSICAS DOS AMINOÁCIDOS *solúveis em água *são sólidos *insolúveis em solventes orgânicos *não se volatilizam *altos pontos de fusão PROPRIEDADES QUÍMICAS DOS AMINOÁCIDOS * são anfóteros.( reagem com ácidos e com bases) * sofrem reação de polimerização. Já sei... H ( F,O,N) lembra o quê? Pontes de Hidrogênio!!! Fala Bimbati!!!!!

7 O CARÁTER ANFÓTERO * SOFRE REAÇÃO DE NEUTRALIZAÇÃO INTRAMOLECULAR H 3 C CH COOH NH 2 EXPLICAÇÃO: O NITROGÊNIO POSSUI UM PAR DE ELÉTRONS LIVRE PRONTO PARA RECEBER O ÍON H + DO ÁCIDO. Pela teoria ácido –base de Brönsted e Lowry Essa eu já sabia

8 H 3 C CH COOH NH 2 PAR LIVRE

9 H 3 C CH COO – H + NH 2 Ocorre ionização do grupo ácido E esse H + vai pra onde?

10 H 3 C CH COO NH 2 H+H+

11 H 3 C CH COO NH 2 H+H+

12 H 3 C CH COO NH 2 H+H+ Ligação Covalente Dativa

13 H 3 C CH COO NH 3 + Denomina-se de sal interno ou zwitterion

14 H 3 C CH COO NH 3 + zwitterion É anfótero, pois reage com ácido e com base. - COO - + H + -COOH -NH OH - -NH 2 + H 2 O

15 Os aminoácidos se classificam em: * NEUTRO CH 3 CH COOH NH 2 O número de grupos ácido é igual ao de grupos amino.

16 * ÁCIDO HOOC – CH 2 CH COOH NH 2 O número de grupos ácido é maior que o de grupos amino.

17 CH 2 – CH 2 CH COOH NH 2 * BÁSICO O número de grupos ácido é menor que o de grupos amino.

18 Todos os aminoácidos (salvo glicina) possuem um átomo de carbono assimétrico (no mínimo) ou quiral, já que está ligado a quatro grupos diferentes: -NH3+, -COO-, -H e -R. Na glicina, este carbono não é assimétrico porque o grupo R é constituído por -H. AMINOÁCIDOS : Propriedades ópticas Os aminoácidos com carbono a assimétrico apresentam dois isômeros opticamente ativos: formas D e L. Todas as proteínas encontradas nos seres vivos são formadas por L- aminoácidos. Os D-aminoácidos aparecem somente em certos antibióticos (este fato está ligado á ação antibacteriana, em alguns casos) e em peptídeos componentes da parede de algumas bactérias. H H-C C = O | | NH2 OH

19 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | | | NH 2 OH NH OH H Os aminoácidos, aminoácidos que possuem o grupo amino no carbono 2, reagem entre si...

20 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | | | NH 2 OH NH OH H Os aminoácidos, aminoácidos que possuem o grupo amino no carbono 2, reagem entre si...

21 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | NH OH NH H

22 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | | H N N H H OH HOH=H 2 O H

23 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | NH NH LIGAÇÕES PEPTÍDICAS HN-R H R-COOH

24 CH 3 CH C NH– CH– C=O | | NH CH 3 LIGAÇÕES PEPTÍDICAS n = O PROTEÍNA Função?? AMIDA

25 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | NH NH LIGAÇÕES PEPTÍDICAS

26 CH 3 CH C = O CH 3 – CH– C=O | | NH NH LIGAÇÕES PEPTÍDICAS A POLIMERIZAÇÃO POR CONDENSAÇÃO DE MUITOS AMINOÁCIDOS FORMA... n nH 2 O REAÇÃO DE POLIMERIZAÇÃO

27 CH 3 CH C NH– CH– C=O | | NH CH 3 LIGAÇÕES PEPTÍDICAS n = O PROTEÍNA GRUPO AMIDA

28 AMINOÁCIDOSPROTEÍNAS –H2O +H2O Os aminoácidos são encontrados nas hortaliças e legumes ou em Suplementos alimentares (HIDRÓLISE) (polimerização)

29 Forma saudável de se viver

30 CLASSIFICAÇÃO DAS PROTEÍNAS * SIMPLES ou HOLOPEPTÍDIOS - HIDROLISADAS PRODUZEM APENAS AMINOÁCIDOS. EX. ALBUMINA ( OVO ) E GLOBULINA ( SANGUE ) * COMPLEXAS ou HETEROPEPTÍDIOS - HIDROLISADAS ALÉM DOS AMINOÁCIDOS PRODUZEM OUTRA S SUBSTÂNCIAS QUE SÃO DENOMINADAS DE GRUPOS PROSTÉTICOS.

31 EXEMPLO FOSFOPROTEÍNA CROMOPROTEÍNA NUCLEOPROTEÍNA GLUCOPROTEÍNA LIPOPROTEÍNAS GRUPO PROSTÉTICO AC. FOSFÓRICO FERRO, MAGNÉSIO, CROMO AC. NUCLÉICOS GLICÍDIO LIPÍDIOS ONDE SE ENCONTRA LEITE HEMOGLOBINA E CLOROFILA DNA E RNA AÇÚCARES GORDURAS

32 ETAPA DE AMPLIAÇÃO E APROFUNDAMENTO

33 R

34 Aminoácidos "oleosos": Aminoácidos Hidrocarbonados Há quatro aminoácidos comuns com cadeias laterais hidrocarbonadas: Alanina, Valina, Leucina, Isoleucina Alanina Alanina contém três átomos de carbono. Alanina (Aldeído + cianeto + ina) Ácido aminopropiônico Descoberto nos produtos de hidrólise de fibroína da seda por Weyl em Sintetizado por Strecker em 1850, tratando amônio de aldeído com cianeto de hidrogênio, seguido por hidrólise Valina Valina A valina, que contém cinco átomos de carbono, possui um grupamento R ramificado. Valina (de isovalerico + ina) Ácido aminoisovalérico Descoberto em hidrolisados de proteína por Emil Fischer em Isolado de extrato de pâncreas por Gorup Besanez em Sintetizado por Lipp em 1880.

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47 Polipeptídios São polímeros resultantes da união de muitos aminoácidos através de ligações peptídicas POLIAMIDAS Peptídeos

48 ABC DOS SUPLEMENTOS - PROTÉICOS PROTEÍNAS OU HIPERPROTÉICOS São constituídas por uma seqüência de aminoácidos, cada uma tendo um perfil de aminoácidos característicos (maior ou menor quantidade deste ou daquele aminoácido) e é isto que determina as potencialidades da proteína: tempo de absorção, capacidade de ser absorvida, anabolismo (capacidade de reparar e construir músculo), anticatabolismo (capacidade de manter a massa muscular adquirida). Entra no processo de construção do músculo, é o nutriente responsável por sua formação e reparação, pois é dos seus aminoácidos que o corpo se utiliza para realizar a reparação dos tecidos degradados nos exercícios bem como dos demais tecidos do corpo (pele, órgãos internos, etc.). Quando há deficiência (alimentação insuficente), o corpo passa a utilizar as proteínas armazenadas no músculo, fazendo a pessoa perder massa muscular (catabolismo). O suplemento com proteínas reconstrói as proteínas gastas no músculo e evita que o processo catabólico ocorra, anabolizando os músculos. Por ser o único macronutriente sem forma de acúmulo para pronto uso no corpo humano, é necessária sua ingestão a cada 3 horas em quantidades de 20-40g para permitir uma reparação constante da musculatura e dos tecidos (mais do que isso é excretado ou transformado em gordura corporal). Tipos de proteína - Albumina (proveniente da clara do ovo), Whey (proveniente do soro do leite), e proteína isolada da soja.

49 TIPOS DE PROTEÍNA: ALBUMINA - É a proteína do ovo, maior bioavaliabilidade (capacidade de absorção ) depois da whey, tomada de manhã e antes de dormir, ou depois do treino. A clara do ovo é geralmente usada em suplementos a base de proteína; isto evita o colesterol e a gordura encontrados na gema. WHEY PROTEIN - É a proteína do soro leite, mais nutrientes (muito rica em bcaa, glutamina). É bastante concentrada, contém todos os aminoácidos necessários à síntese protéica. É um suplemento mais completo, com o maior poder de absorção, sendo altamente indicada para o momento de pós-treino, proporcionando uma reposição rápida e de qualidade de aminoácidos aos tecidos danificados, iniciando prontamente a reparação muscular. Nenhuma outra apresenta o mesmo desempenho quando o objetivo é a hipertrofia ou a manutenção da massa magra, evitando o catabolismo e impulsionando os níveis de força. Costuma ser consumido por pessoas que tomam ananolizante, pois estas precisam dela para constituição do músculos. Peculiaridade: reconhecido como útil nos casos de queimaduras graves e fortalecimento do sistema imunológico. PROTEÍNA DE SOJA - Mais fraca que as demais, é indicado para quem tem problemas hepáticos e renais ou pessoas que não comem proteína animal. Quando combinada às outras proteínas, é altamente anticatabólica devido á presença maciça de BCAA, Glutamina e Arginina. Além disso, é de fácil digestão e rica em isoflavonas, que promovem saúde geral, pois tem a capacidade de decrescer os níveis de mau colesterol e triglicerídes. BARRINHAS DE PROTEÍNA - Alimento com alto teor de proteínas e carboidratos. Pode substituir refeições intermediárias. É uma fonte rápida de energia e ganho de massa.

50 Alimentos protéicos : são compostos por proteínas e devem conter no mínimo 50% de proteínas na composição, sendo 65% destas de alto valor biológico (clara de ovo desidratada, Whey Protein, Leite em pó, caseinato de cálcio são alguns exemplos). Nesta categoria inclui-se as proteínas hidrolisadas, ou seja, as proteínas que já estão na forma de aminoácidos. Aminoácidos de cadeia ramificada: são produtos formulados com concentrações variadas dos 3 aminoácidos (leucina, isoleucina e valina) e são fonte de energia para o músculo, pois são absorvidos diretamente pelos mesmos e atuam no processo de definição e recuperação muscular. A Creatina, Glutamina, L-Carnitina, HMB e o próprio BCAA são conhecidos como recursos energéticos e, tem como objetivo melhorar a performance dos praticantes de atividade física e atleta e são indicados como substitutos naturais dos "anabolizantes", que são substancias proibidas e causam efeitos colaterais gravíssimos, podendo até mesmo levar á morte. O objetivo dos suplementos alimentares é melhorar a performance do atleta ou praticante de atividade física de forma natural, sem causar danos a saúde. Você Sabia...? Que os aminoácidos essenciais são aqueles que não são produzidos pelo nosso organismo e precisam ser adquiridos pela alimentação ou suplementação. Eles são importantes no processo de formação das proteínas musculares e as principais fontes de aminoácidos essenciais são os alimentos de origem animal (ovos, leite, carnes, peixes e aves), sendo conhecidas como proteínas completas de Alto Valor Biológico.

51 Estes corpos não foram forjados com proteínas apenas.... cuidado Bonito é ser saudável Pratique esportes

52 ESTERÓIDES ANABOLIZANTES (bombas) Os efeitos já comprovados pela ciência: Fonte: Site - INTEGRALMÉDICA Embora foi provado que anabolizantes aumentam a capacidade do organismo de incorporar proteína em grande quantidade no músculo; ampliam o tamanho e a força muscular mais rápido do que sistema normal entre treinamento e alimentação e suplementação; destaca-se os seguintes efeitos: Aumento do tamanho do coração; · Acne; · Alargamento do clitóris; · Alargamento da próstata; · Atrofia dos testículos; · Amarelamento da pele e dos olhos; · Aumento dos níveis de colesterol LDL ( ruim ); · Arritmia cardíaca; · Aumento da pressão arterial; · Câimbras; · Câncer hepático; · Cansaço; · Cefaléia grave; · Cistos renais; · Comportamento agressivo ( irreversível ); · Choque anafilático; · Calvície ( crescimento irreversível na mulher, reversível no homem · Crescimento irreversível de pêlos nas mulheres; Crescimento anormal de cabelos; · Diminuição grave dos níveis de colesterol HDL ( bom ); · Dores ósseas; · Edema ( retenção hídrica no tecido); · Ereções freqüentes e contínuas; · Esterilidade ( irreversível ); · Escurecimento da pele; · Hálito forte; · Insônia; · Náusea e vômitos freqüentes; · Manchas na pele; · Mulheres grávidas: dano irreversível ao feto; · Pele oleosa na mulher; · Perda de peso; · Problemas para urinar; · Sangramentos do nariz; · Tumores hepáticos; · Morte. Leia sempre sobre as pesquisas em saúde e sempre procure seu médico


Carregar ppt "Equipe de química Docente: Rosana Maria BIOQUÍMICA * estuda os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos, animais e vegetais. * classes Aminoácidos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google