A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escala de Personalidade de Comrey Vetor Editora. Fundamentação teórica Será possível mensurar a personalidade? Busca avaliar objetivamente a personalidade;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escala de Personalidade de Comrey Vetor Editora. Fundamentação teórica Será possível mensurar a personalidade? Busca avaliar objetivamente a personalidade;"— Transcrição da apresentação:

1 Escala de Personalidade de Comrey Vetor Editora

2 Fundamentação teórica Será possível mensurar a personalidade? Busca avaliar objetivamente a personalidade; Ela é entendida como elemento subjetivo por excelência de nossa natureza constitucional; Paradoxo entre quantitativo e qualitativo;

3 Teorias da personalidade Estudo da personalidade – área recente e complexa; As teorias da personalidade se agrupam em 4 correntes principais: 1. Ênfase na psicodinâmica; 2. Produto da aprendizagem; 3. Na realidade percebida; 4. No Estruturalismo;

4 Teorias da Personalidade com ênfase na Psicodinâmica Personalidade – expressão do comportamento resultante de conflitos intrapsíquicos e motivos inconscientes; Psicanálise;

5 Teorias da Personalidade como produto da aprendizagem Destacaram o papel central desempenhado pela aprendizagem na aquisição daquelas tendências características de comportamento que constituem os componentes estruturais e dinâmicos em outras teorias da personalidade; Behaviorismo-radical, cognitivo- comportamental, sócio-cognitivo (Bandura);

6 Teorias da Personalidade baseadas na realidade percebida Valorização do meio experenciado pelo sujeito; O ambiente psicológico e a maneira como utilizamos nossas experiências para construir o modo de agir é a questão básica nessas teorias; Expoentes: Kurt Lewin, Carl Rogers, Abrahan Maslow etc.

7 Teorias da Personalidade com ênfase na estrutura Busca de taxonomia, ou seja, uma conjunto sistemático de definições que possam caracterizar a personalidade humana; Construção rigorosa de instrumentos de mensuração das estruturas; Comportamento como expressão de traços e fatores; Influência da psicometria; Expoentes: Cattel, Murray, Allport e Eysenck.

8 Teorias da Personalidade com ênfase na estrutura Cattel, origem dos comportamentos relacionados a Atitudes, Sentimentos e Ergs (um impulsor inato e modificável do comportamento); Tendência mais atual nas teorias fatoriais da personalidade – classificação das categorias comportamentais pela descrição do que a literatura convencionou chamar de Big Five.

9 Modelo Big Five Cinco grandes dimensões estruturais: 1. Extroversão – sociável, assertivo e comunicativo; 2. Neuroticismo – ansioso, inseguro e preocupado; 3. Agradabilidade – cortês, flexível e cooperativo; 4. Consciência – responsável, trabalhador e determinado; 5. Abertura à experiência – imaginativo, inteligente e adaptável;

10 A Escala de Personalidade Comrey (CPS) Inventário de personalidade baseado na autodescrição para identificação os principais fatores de constituição do indivíduo. Influência da proposta teórica estruturalista;

11 A Escala de Personalidade Comrey (CPS) A CPS avalia 8 dimensões da personalidade: 1. Confiança x Atitude Defensiva (Escala T); 2. Ordem x Falta de Compulsão (Escala O); 3. Conformidade Social x Rebeldia (Escala C); 4. Atividade x Passividade (Escala A); 5. Estabilidade Emocional x Neuroticismo (Escala S); 6. Extroversão x Introversão (Escala E); 7. Masculinidade x Feminilidade (Escala M); 8. Empatia x Egocentrismo (Escala P);

12 A Escala de Personalidade Comrey (CPS) A CPS é composta por 100 afirmações que devem ser respondidas em uma escala de 7 opções: 1. Nunca/Certamente não; 2. Muito raramente/Muito provavelmente não; 3. Raramente/Provavelmente não; 4. Ocasionalmente/Possivelmente; 5. Frequentemente/Provavelmente sim; 6. Muito frequentemente/Muito provavelmente sim; 7. Sempre/Certamente sim;

13 A Escala de Personalidade Comrey (CPS) A CPS é composta por 10 escalas; As 8 escalas de personalidade; A escala V – para verificação da validade; A escala R – verificação de tendenciosidade na resposta; A escala V é composta por 4 afirmações positivas e 4 negativas; A escala R é composta por 6 afirmações positivas e 6 negativas; As demais escalas são compostas por 5 positivas e 5 negativas, para cada fator de personalidade: T+, T- etc;

14 Significado das escalas Escala V – Validade: verificação da validade, constatar o grau de aceitação das respostas. Quanto mais elevado o escore, mais fica comprometida à validade; Escala R – Tendenciosidade na resposta: analisa a consistência das respostas dos sujeito. Detectar a simulação dos indivíduos. Quanto mais elevado o escore, maior tendência de respostas socialmente aceitáveis;

15 Significado das escalas  Escala T - Confiança x Atitude Defensiva: Escores altos – crença na honestidade, confiabilidade e boas intenções das outras pessoas;  Escala O - Ordem x Falta de Compulsão: Escores altos – pessoas meticulosas, cuidadosas, ordeiras e muito organizadas;  Escala C - Conformidade Social x Rebeldia: escores altos – pessoas que aceitam a sociedade como ela é;

16 Significado das escalas  Escala A - Atividade x Passividade: Escores altos - pessoas com muita energia, trabalham muito e procuram padrões de excelência;  Escala S - Estabilidade Emocional x Neuroticismo: Escores altos – pessoas otimistas, tranqüilas, confiantes, de humor estável;  Escala E - Extroversão x Introversão: Escores altos – pessoas que interagem facilmente com os outros;

17 Significado das escalas  Escala M - Masculinidade x Feminilidade: Escores altos – pessoas “fortes”, não se impressionam com cenas de violência, não choram facilmente, ligadas ao esteriótipo social de masculinidade;  Escala P - Empatia x Egocentrismo: Escores altos – pessoas prestativas, generosas, simpáticas e altruístas;

18 Aplicação Possui o Exercício I (reutilizável) e o Exercício II (descartável); Pode ser aplicada individual ou coletivamente; Na forma coletiva sugere-se a utilização do Exercício II; Aplicada a adultos com Ensino Médio Completo;

19 Avaliação Na Folha de resposta, preencha com valor 4 todas as omissões ou resposta ilegíveis; Valor da Escala V: V+ = A5 + A25 + A65+ A85; V- = A15 + A35 + A75 + A95. V = [32- (V+)] + (V-). Para os outros escores ver manual;

20 Interpretação Utilizar a Folha de Laudo com Perfil Gráfico;


Carregar ppt "Escala de Personalidade de Comrey Vetor Editora. Fundamentação teórica Será possível mensurar a personalidade? Busca avaliar objetivamente a personalidade;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google