A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Painel 4 INTERAÇÃO UNIVERSIDADE EMPRESA NOV/2010 A Inovação Aberta na BRASKEM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Painel 4 INTERAÇÃO UNIVERSIDADE EMPRESA NOV/2010 A Inovação Aberta na BRASKEM."— Transcrição da apresentação:

1 Painel 4 INTERAÇÃO UNIVERSIDADE EMPRESA NOV/2010 A Inovação Aberta na BRASKEM

2 BRASKEM A INOVAÇÃO ABERTA NA BRASKEM INTERAÇÃO COM UNIVERSIDADES CONCLUSÕES Agenda

3 2002: Nasce uma nova Petroquímica 3ª geração Extração 1ª geração 2ª geração 1ª geração 2ª geração Extração3ª geração INTEGRAÇÃO COMPETITIVA Valor agregado Competitividade Liderança de Mercado Competitividade em custos Competitividade Tecnológica Nafta Condensado Resinas Termoplásticas Transformadores de plástico Matérias-primasPetroquímicos Básicos

4 GROSS REVENUES EBITDA NET INCOME EXPORTS Resultados de 2009 R$ 28.2 billion R$ 3.1 billion R$ 21.8 billion USD 2.5 billion Source: Braskem *Includes Quattor and Sunoco

5 Lançamento de US$ 144 MM iem projetos de inovação em 2009 Mais de US$ 330 MM em ativos 220 pesquisadores Mais de 260 patentes depositadas 7 plantas piloto 12% das vendas de resinas em 2009 proveniente de produtos desenvolvidos nos últimos 3 anos Inovação e tecnologia *Net Present Value Adjusted to Risk

6 BRASKEM - IDEOM: Soluções para o Desenvolvimento Sustentável Ser a líder mundial da química sustentável, inovando para melhor servir às pessoas. ECOEFICIÊNCIA PE VERDE NOVA PLATAFORMA SUSTENTÁVEL

7 BRASKEM A INOVAÇÃO ABERTA NA BRASKEM INTERAÇÃO COM UNIVERSIDADES CONCLUSÕES Agenda

8 Evolução do modelo de Inovação Inovação fechada Melhoria de produtos Incremental Foco no curto prazo Uso de competências internas Mudanças Inovação aberta Domínio de novas tecnologias Disruptivo Balanço no curto, médio e longo prazos Acréscimo de competências externas

9 FORUM / PORTAIS DE INOVAÇÃO FORUM / PORTAIS DE INOVAÇÃO PROJETOS REDES TEMÁTICAS AMBIENTE INTERNO AMBIENTE EXTERNO Fluxo do Conhecimento A Inovação Aberta na BRASKEM

10 Capturando Idéias Interno Governo, Academia e Centros de Pesquisa (FAPESP, Workshops, Antena, bolsas, etc) Inteligência (Patentes, artigos, congressos, roadmaps, etc) Parceiros (Clientes, fornecedores, consultores, etc) WEB (futuro) BANCO DE IDÉIAS ROADMAPS BRASKEM

11 Identificando e Avaliando Parceiros Workshops c/ Universidades Portal da Inovação, Lates Inteligência: Patentes / Artigos / Roadmaps Parceiros WEB (futuro ) BANCO DE EXPERTS Parceiros em avaliação permanente

12 Desenvolvendo com o Parceiro Gestão de Projetos Padrão (definição de marcos, documentação por etapa, cronograma, acompanhamento, etc) Avaliação de Negócio conjunta

13 Gestão do Conhecimento Inteligência estratégica Mapeamento do conhecimento (gestão de: relacionamentos, competências, processos) Melhores práticas (benchmarking, lições aprendidas) portal do conhecimento datamining ERP, CRM comunidades virtuais / comunidades de prática data warehouse Intranet / extranet / Internet universidade corporativa Contratação e retenção de talentos RH, PE, TI, P&D, toda a empresa... Com a Inovação Aberta, a gestão do conhecimento fica ainda mais complexa... Como garantir que o conhecimento gerado externamente seja internalizado? Como fazer fluir este conhecimento entre parceiros? Como garantir o fluxo entre os parceiros externos sem correr riscos na propriedade intelectual?

14 Inovação Aberta BRASKEM: Hoje Parcerias com Universidades e Centros de Pesquisa no Brasil e no Exterior Parceria com empresas (Novozymes) Negociando Parceria com empresas start up e multinacionais Projeto Piloto - gestão do conhecimento

15 BRASKEM A INOVAÇÃO ABERTA NA BRASKEM INTERAÇÃO COM UNIVERSIDADES CONCLUSÕES Agenda

16 Avaliando a interação Universidade Indústria...como integrar a Academia neste processo?...onde se encontra nossa academia?

17 FORUM / PORTAIS DE INOVAÇÃO FORUM / PORTAIS DE INOVAÇÃO PROJETOS REDES TEMÁTICAS AMBIENTE INTERNO AMBIENTE EXTERNO Fluxo do Conhecimento CONTROLE DA PI CONTRATAÇÃO UNIVERSIDADES MARCO LEGAL / PI SCALE UP INSEGURANÇA JURÍDICA CULTURA (COMPARTILHAMENTO / DISSEMINAÇÃO) FERRAMENTA TI MARCO LEGAL / PI INSEGURANÇA JURÍDICA Dificuldades na Interação / Inovação Aberta

18 Processo de inovação da Indústria Química PESQUISA BÁSICA APLICADA ACADEMIA P&D INDUSTRIAL NEGÓCIOS CENTRO TECNOLÓGICO INDÚSTRIA QUÍMICA O elo perdido: o escalonamento de tecnologias - Elevado investimento / esquecido pelas políticas; - Falta capacitação; - Função Perdida dos Institutos - Alto Risco EMPRESAS ACADEMIA VENT. CAPITAL FUNTEC CUSTEIO Dificuldades na Interação / Inovação Aberta

19 Formas de Trabalho BRASKEM 1.BOLSAS 2.PROJETOS DE P&D 3.NEGÓCIO

20 SITUAÇÃO Tecnologia ou Produto de propriedade 100% de terceiros POSIÇÃO BRASKEM Negociar como aquisição de terceiros, pagando royalties ou lump sum (tecnologia ou produto comprovado e com garantia de performance) ou adquirindo a patente (tecnologia ou produto a ser desenvolvido) Compra de serviço pontual ou repetitivo prestado por terceiros (análises, consultoria, testes) Contrato de prestação de serviço deve prever que toda inovação ou desenvolvimento patenteável decorrente será de propriedade do contratante do serviço Pesquisa e desenvolvimento conjunto na busca de uma solução original e inovadora Reconhecidos e apropriados os direitos dos autores, sendo o % de PI negociado por contrato ou termo aditivo antes de iniciarem- se os trabalhos. O pagamento de um Prêmio dará a Braskem o direito de uso exclusivo, bem como o direito de veto de venda a terceiros Formas de Trabalho BRASKEM

21 Depósitos e manutenção de patentes de interesse da Braskem no Brasil e/ou no Exterior Os depósitos e seus custos serão efetuados pela BRASKEM quando direito de PI 50% As despesas de manutenção serão cobertas pela BRASKEM quando direito de PI 50% Nos casos onde a parcela de PI da Braskem seja inferior a 50% as custas de depósitos e manutenção serão proporcionais ao direito de cada parte A receita da venda (em consenso entre as partes) da PI a Terceiros será proporcional ao direito de cada parte Depósitos e manutenção de patentes no Brasil e/ou no Exterior que não são de interesse da Braskem Os depósitos e seus custos serão efetuados pelo Parceiro As despesas de manutenção serão cobertas pelo Parceiro O licenciamento ou venda da patente por parte do Parceiro estará condicionada à aprovação da Braskem e a receita será proporcional ao direito de PI de cada participante A universidade ou parceiro, ao comercializar a tecnologia, será o único responsável pelas garantias SITUAÇÃOPOSIÇÃO BRASKEM Formas de Trabalho BRASKEM

22 SITUAÇÃO 1 POSIÇÃO BRASKEM Pesquisa e desenvolvimento conjunto na busca de uma solução original e inovadora Pagamento de Prêmio: valor proporcional aos custos do parceiro no desenvolvimento (excluindo os custos dos equipamentos que não sejam de uso cativo do projeto) Prazo para pagamento do Prêmio: quando confirmado o interesse comercial da Braskem O pagamento do Prêmio caracterizará por parte do Parceiro a cessão para a Braskem e suas afiliadas do controle de todos os direitos referentes às patentes, tecnologias, produtos ou processos resultantes do desenvolvimento conjunto Formas de Trabalho BRASKEM

23 SITUAÇÃO 2POSIÇÃO BRASKEM Após o término do Projeto o Parceiro desenvolve melhorias e aperfeiçoamentos sem a cooperação da BRASKEM A Propriedade Industrial dessas melhorias será integral e exclusivamente do Parceiro A BRASKEM terá o privilégio (first refuse) sob a negociação para o uso dessas tecnologias. Se as patentes da melhoria forem dependentes da 1 a patente, o parceiro deverá negociar a compra dos direitos da patente original junto à Braskem SITUAÇÃO 3POSIÇÃO BRASKEM Após o término do Projeto a BRASKEM desenvolve melhorias e aperfeiçoamentos sem a cooperação do Parceiro A Propriedade Industrial dessas melhorias será integral e exclusivamente da BRASKEM Se as patentes da melhoria forem dependentes da 1a patente, recomenda-se a compra dos direitos da patente original, caso isto ainda já não tenha ocorrido via pagamento de Prêmio Formas de Trabalho BRASKEM

24 BRASKEM A INOVAÇÃO ABERTA NA BRASKEM INTERAÇÃO COM UNIVERSIDADES CONCLUSÕES Agenda

25 A interação / inovação aberta compreende processo em fase de aprendizado pelos diversos atores É preciso aumentar o trabalho no Quadrante de Pasteur, mas algum equilíbrio deve ser observado; A interação deve ir além do projeto tecnológico (econômico, mercado, aplicações, etc.) É preciso desenvolver o scale up (competências e compartilhamento) É preciso evoluir no marco legal; É preciso criar as condições para que um ciclo virtuoso tenha início. (Compartilhamento Indústria/governo -> empresário aprende a inovar -> investimento cresce) Conclusões

26 TEMAS DE INTERESSE BRASKEM... Buscamos sempre novos parceiros...

27 Obrigado pela atenção


Carregar ppt "Painel 4 INTERAÇÃO UNIVERSIDADE EMPRESA NOV/2010 A Inovação Aberta na BRASKEM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google