A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo 5: Paulo Marques Rafael Ribeiro Rodrigo Borges Rodrigo Prieto Ricardo Rocha PROJETO DE COMPETITIVIDADE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo 5: Paulo Marques Rafael Ribeiro Rodrigo Borges Rodrigo Prieto Ricardo Rocha PROJETO DE COMPETITIVIDADE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO."— Transcrição da apresentação:

1 Grupo 5: Paulo Marques Rafael Ribeiro Rodrigo Borges Rodrigo Prieto Ricardo Rocha PROJETO DE COMPETITIVIDADE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

2 Introdução História: 1990 – Klick é fundada pelos principais sócios da Klabin e rede Drogasil – Grande sucesso com o lançamento do Atlas Mundial The Times juntamente com a Folha de São Paulo 1994 –Acordo com o grupo O Estado de São Paulo para desenvolver as promoções dos jornais O Estado de São Paulo e Jornal da Tarde Desenvolvimento de projetos editoriais promocionais – Guia de Viagem Esso, Guia de Estilo para a Visa, entre outros – Desenvolvimento da Enciclopédia Show do Milhão – Saída do Diretor Geral da Klick Editora. Ele se associou a Sol90 uma das maiores editoras da Espanha, criando a Gold Editora. Dessa maneira depois de um acordo com os sócios da Klick, a Klick Editora passou as oerações para a Gold Editora – Intensificam os projetos com os jornais – Os projetos com o mercado promocional voltam a ser retomados. Principais Trabalhos: Coleção Paulo Coelho, Atlas Mundial The Times, Coleção Help!, Revista Semanal Lição de Casa, Clássicos da Literatura e Dicionário das Profissões Clientes (porcentagem do faturamento): Jornais e Revistas (80%) Promocionais (15%) Institucional (5%) Missão: Prestação de serviços editoriais, soluções de comunicação e soluções promocionais.

3 Análise SWOT Forças Parcerias com jornais de grande circulação: Zero Hora (RS), Estado de São Paulo (SP); Diário de São Paulo (SP), O Globo (RJ), Extra (RJ) e Gazeta do Povo (PR); Responsável pela tarefa de maior valor agregado na cadeia de produção (criação e planejamento); Detém experiência e Know How no segmento de produtos promocionados; Atuação focada em soluções completas de projetos de comunicação editorial; Fidelidade no relacionamento com fornecedores. Oportunidades Expansão da atuação no segmento de mídia eletrônica; Ampliação dos clientes institucionais; Criação de parcerias nacionais e internacionais na busca de novos produtos para o mercado brasileiro; Expansão para mercados de outros estados brasileiros; A tendência dos clientes em alavancar vendas através de promoções é cada vez maior.Ameaças Concorrentes que possuem soluções padrão podem obter vantagem no custo e confiabilidade da solução; Impacto direto no negócio da empresa devido redução de custos do cliente; Expansão da linha de produtos dos grande editores (Abril/Globo); Sazonalidade de vendas e serviços; Crescimento da utilização da mídia eletrônica. Fraquezas Atuação limitada ao eixo sul-sudeste; Receita concentrada em poucos clientes (80% faturamento) Grande dependência de terceiros na execução do processo de produção (gráficas, gravadoras, duplicadoras e embalagens); Conclusão: O faturamento da Gold está concentrado em poucos clientes, no mesmo segmento (jornais/revistas) e região (S/SD). Além disso, a natureza do negócio é extremamente vulnerável a novos entrantes, o que tornam Know-How e o relacionamento com clientes/fornecedores seus fatores de diferenciação. Para diminuir sua vulnerabilidade e fortalecer sua posição na rede de valor, a empresa deve criar novos diferenciais ao serviço prestado além de expandir sua área de atuação.

4 Identificação e Análise das Forças Competitivas Poder dos Fornecedores Ocupam lugares importantes na cadeia de produção (produção e distribuição); Podem ser facilmente substituídos; Ameaça de Produtos Substitutos Novos projetos/idéias (editoras); Grandes Contratos (duradouros) garantem estabilidade; Poder dos Clientes Poucos clientes responsáveis por grande parte do faturamento (poder de barganha); Pouca fidelização por parte dos clientes. Barreiras a Novos Entrantes Vulnerabilidade a novos entrantes; Novos players com boas idéias podem ganhar espaço no mercado. Posicionamento das Empresas Rivais Levam vantagem competitiva aquelas com foco em produto específico; Tendência de Insourcing nos clientes. Conclusão: O segmento de serviços editoriais ainda é pouco explorado no Brasil, o que acaba fortalecendo a posição competitiva da Gold no mercado. Por outro lado, a criação de áreas de suporte nos próprios clientes vêm reduzindo a terceirização deste tipo de serviço. Os fornecedores também estão em posição delicada, pois a oferta neste segmento é muito grande e seus serviços são pressionados pelo valor agregado ao produto final e custo.

5 Marketing & Vendas Consultores de Vendas e Novos Negócios Prospecção de Mercado Planejamento Direcionamento de Pesquisas de Freqüência Elaboração de Cronograma Criação Conceito do Produto Estratégia de Comunica ção Produção Editorial Arte Design Editoração Conteúdo Revisão Produção Gráfica Pós-Vendas Acompanhamento dos resultados obtidos Controle de Qualidade: somente fornecedores previamente classificados participam de concorrência para prestação de serviços. Fornecedores específicos para cada tipo de produção e volumes. Desenvolvimento Tecnológico: Ferramentas gráficas na plataforma Machintoch ou PC provenientes dos terceiros para criação dos produtos. Recursos Humanos: 3 funcionários próprios: Diretor + secretária (adm)+ Contador (financeiro) Prospecção de novos negócios através de empresa parceira Produção: terceirizada por PJs que atendem à Gold em 99% do tempo Infra-estrutura: Escritório de projetos e criação em São Paulo. Margem: 30% Identificação e Análise da Cadeia de Valores Conclusão: A Gold Editora possui uma estrutura enxuta que privilegia a tomada rápida de decisões, devido a característica dinâmica do seu negócio de atuação. Porém., como não controla diretamente algumas de suas atividades primárias, como produção e marketing, a empresa se torna muito dependente de seus fornecedores, com relação a garantia de prazos, qualidade e logística, aumentando a responsabilidade na definição destes parceiros. Atividades de Apoio Atividades Primárias

6 Parceiros de Criação Duplicadoras Análise do Sistema de Valores Gráficas Gravadoras Embalagens Transporta doras Armazenagem Consultores Tributários Tráfego Alfandegário Cliente Final Produção Editorial Produção Industrial Logística Conclusão: A Gold está em uma posição estratégica no sistema de valores, já que o processo criativo possui alto valor agregado. Como ponto negativo, o fluxo produtivo não é fixo, ou seja, alteram-se com constância os intermediários de produção industrial e logística, enfraquecendo assim a cadeia.

7 Análise da Posição Competitiva Conclusão: A Gold possui poucos concorrentes no setor de mídia impressa (jornais), principalmente no que se refere a produtos editoriais com alto valor agregado (conteúdo), setor onde ela deve consolidar sua liderança. Nenhuma das empresas atua fortemente no ramo promocional e institucional o que representa uma oportunidade para novos negócios e diversificação. x x x x x x x x x x x x x

8 Definição da Estratégia Competitiva e Plano de Ação Estratégia: Crescer para consolidar, através da: 1.Expansão da base de clientes (jornais) 2.Ampliação da participação de clientes institucionais Cronograma de ações:

9 Conclusões Fatores Críticos de Sucesso: Fidelizar clientes nas regiões Nordeste e Centro-Oeste; Conseguir criar valor ao Cliente Institucional com ofertas de maior valor agregado a empresa. Impactos Previstos: Diminuir a concentração de receita; Aumentar faturamento e lucro; Aumentar Market Share; Criar maior exposição da empresa perante o mercado; Estreitar relacionamento com fornecedores e clientes. Barreiras a Execução do Plano: Certificação que o potencial mercado não é propício ao modelo de negócio proposto; Não conseguir praticar as ofertas aos potenciais Clientes Instituicionais com os preços e margens já praticadas. 1 Que rumo a empresa deve tomar? Expandir a base de clientes (jornais). 2 Como buscar a competitividade? Ampliando a participação em mercado de maior valor agregado. 3 Como promover a qualidade? Elevando o nível de gerenciamento sobre a mão de obra terceirizada. 4 Como estimular a inovação? Utilizando o Benchmarking do mercado internacional. 5 Como garantir a sustentabilidade? Expandindo o modelo de negócios para outras regiões. 6 Como buscar a lucratividade? Desenvolvendo produtos voltado para o mercado Instituicional (maior valor agregado). 7 Como promover a conectividade? Através da fidelização dos componentes da cadeia de valor. 8 Como sincronizar os processos? Estreitando relacionamento com fornecedores e clientes. 9 Como gerenciar os projetos? Definindo prioridades e revisando cronograma no médio prazo. 10 Como gerenciar o desempenho Monitorando as estapas concluídas com o palnejamento realizado.


Carregar ppt "Grupo 5: Paulo Marques Rafael Ribeiro Rodrigo Borges Rodrigo Prieto Ricardo Rocha PROJETO DE COMPETITIVIDADE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google