A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo 5: Bruno Fernandes Sugawara - 08/25620 Carla F. de Paula Reis Gabriela Brito - 08/30178 Nadja Pires Nahuz - 09/47032 Pedro Henrique Lourenço Baena.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo 5: Bruno Fernandes Sugawara - 08/25620 Carla F. de Paula Reis Gabriela Brito - 08/30178 Nadja Pires Nahuz - 09/47032 Pedro Henrique Lourenço Baena."— Transcrição da apresentação:

1 Grupo 5: Bruno Fernandes Sugawara - 08/25620 Carla F. de Paula Reis Gabriela Brito - 08/30178 Nadja Pires Nahuz - 09/47032 Pedro Henrique Lourenço Baena Yan Longo Silva 12/04/

2 Administração de Recursos e Materiais – /04/2009ARM - Grupo 51

3 Três pontos comuns a todos os problemas de controle de estoque: Custos associados a estoques Objetivos do estoque Previsão de incertezas 12/04/2009ARM - Grupo 52

4 Também podem ser divididos em três tipos: Custos de pedir Custo de manter o estoque Custo total 12/04/2009ARM - Grupo 53

5 Custos de pedir Custos fixos administrativos relacionados à reposição de estoque São calculados por pedido Ex: custo de receber o pedido 12/04/2009ARM - Grupo 54

6 Custos de manter estoque Todos os custos relacionados à conservação de uma certa quantidade de mercadorias por um determinado período São calculados por unidade, por período Ex: custo de armazenagem 12/04/2009ARM - Grupo 55

7 Custo total Soma dos dois custos anteriores É importante para determinar a quantidade de produtos que diminui o custo unitário de determinada mercadoria (lote econômico) 12/04/2009ARM - Grupo 56

8 Objetivos do estoque Objetivos de custo Objetivos de nível de serviço 12/04/2009ARM - Grupo 57

9 Objetivos de custo Questão crítica: balancear os custos de pedir e manter estoque; quanto maior a quantidade estocada, maior o custo de manutenção Função do custo total – ponto mínimo custo de manter o estoque + custo de pedir o estoque = custo total mínimo 12/04/2009ARM - Grupo 58

10 Objetivos de nível de serviço A dificuldade de mensuração do custo de um produto em falta leva a este outro tipo de objetivo; É baseado em uma disponibilidade-alvo que é definida pela empresa; Deve-se ter em mente que um pequeno aumento na disponibilidade pode implicar em um aumento massivo de estoque; Deve-se obter o maior equilíbrio possível entre produção + custo total de estoque, e nível de serviço prestado aos clientes; Ex:98% dos pedidos de um item qualquer devem ser atendidos em 48 horas 12/04/2009ARM - Grupo 59

11 Riscos associados ao controle de estoque: Incerteza da quantidade que será demandada pelos clientes e da que deve ser estocada Incerteza da exatidão do período da entrega de mercadoria pelos fornecedores Previsões possíveis: Vendas futuras (pesquisas de intenção de compra; histórico de vendas passadas ) Demandas futuras (crítico para o planejamento empresarial) Tempo de ressuprimento (lead time) Mapeamento de fornecedores (tempo necessário para processamento do pedido, despacho do material etc.) 12/04/2009ARM - Grupo 510

12 Visão tradicional Razões para manter estoques: Atender variação na demanda Produzir lotes econômicos Implicações para as empresas: Custos mais altos de manutenção de estoques Falta de tempo na resposta ao mercado Risco da mercadoria se tornar obsoleta Controle de estoque influencia muito na rentabilidade de uma empresa (custo de oportunidade) 12/04/2009ARM - Grupo 511

13 Gestão de estoque O conceito surgiu da importância de integrar o fluxo de materiais a suas funções de suporte (compra, acompanhamento, armazenamento, planejamento, controle, distribuição) 12/04/2009ARM - Grupo 512

14 Inicialmente, foi tida como forma de reduzir os custos ligados a compra e gestão de materiais; cada estágio era gerenciado por um departamento específico, cujo gestor estava ciente apenas do próximo elo da cadeia. Atualmente, as empresas são mais pró-ativas e baseiam suas estratégias nas necessidades do cliente; o estoque é planejado e analisado dentro do contexto de todo o negócio. 12/04/2009ARM - Grupo 513

15 Alguns elementos da logística precisam ser posicionados dentro da estrutura do negócio global. Eles variam de empresa para empresa: Plano de negócios Avalia os fatores que afetarão a demanda de produtos da empresa Plano de produção Identifica as linhas de produtos Plano das necessidades de recursos Define instalação, equipamentos, mão-de-obra Plano financeiro Estabelece os objetivos financeiros que a empresa deverá perseguir Gerenciamento da demanda Coletar e agregar as demandas das necessidades de produtos 12/04/2009ARM - Grupo 514

16 Planejamento Valor do estoque no tempo Datas de entrada e saída de mercadoria Determinação dos pontos de pedidos de material Controle Registro dos dados do planejamento assim que eles forem ocorrendo Retroalimentação em cima do planejamento Comparação dos dados de controle com os de planejamento Constatar problemas e realizar correções 12/04/2009ARM - Grupo 515

17 Processo de produção industrial e estoques Funções básicas para atingir os objetivos da gestão de estoques: Fazer o cálculo: do estoque mínimo, do lote de suprimento e do estoque máximo Manter atualizada a ficha de estoque Replanejar os dados quando houver razões para modificações Emitir solicitações de compra quando atingir ponto de ressuprimento Receber o material do fornecedor Identificar o material e armazená-lo Conservar o material em condições adequadas Entregar o material mediante requisição Atualizar a ficha de estoque e guardar a documentação de movimentação do material Organizar o almoxarifado e manter sua organização 12/04/2009ARM - Grupo 516

18 Processo de produção industrial e estoques Tipos de estoques comuns em uma industria manufatureira: Matéria-prima Produtos em processo Materiais de embalagem Produto acabado Suprimentos 12/04/2009ARM - Grupo 517


Carregar ppt "Grupo 5: Bruno Fernandes Sugawara - 08/25620 Carla F. de Paula Reis Gabriela Brito - 08/30178 Nadja Pires Nahuz - 09/47032 Pedro Henrique Lourenço Baena."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google