A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Benchmarking e Competitividade 11º Encontro de CNB 20 de Novembro de 2006 Palácio da Bolsa – Porto Seminário de Benchmarking e Competitividade Painel A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Benchmarking e Competitividade 11º Encontro de CNB 20 de Novembro de 2006 Palácio da Bolsa – Porto Seminário de Benchmarking e Competitividade Painel A."— Transcrição da apresentação:

1 Benchmarking e Competitividade 11º Encontro de CNB 20 de Novembro de 2006 Palácio da Bolsa – Porto Seminário de Benchmarking e Competitividade Painel A – Sector Vitivinícola Empresa: Adega Cooperativa de Palmela

2 Benchmarking e Competitividade Fundada em 1955 e actualmente com 350 sócios que abrangem uma área de vinha de 1200 hectares. A Adega Cooperativa de Palmela está inserida na Região Vitivinícola da Península de Setúbal e engarrafa vinhos Doc Palmela, Doc Setúbal, Regionais Terras do Sado, Vinhos de Mesa e Aguardentes. Apresentação da Empresa

3 Benchmarking e Competitividade A capacidade de vinificação é de 10 milhões de litros, tendo no ano de 2005 vinificado 5 milhões de litros de vinho, dos quais 2 milhões foram comercializados a granel e 3 milhões engarrafados. A adega tem como principal mercado Portugal, sendo o restante exportado para alguns países como: Suíça, Bélgica, Alemanha, Luxemburgo, Moçambique, Angola, Guiné e Brasil. Apresentação da Empresa

4 Benchmarking e Competitividade Indicadores de Inovação de Produto/Serviço 2004

5 Benchmarking e Competitividade Foi decidido, por ocasião das comemorações dos 50 anos da adega lançar um novo vinho. Mercado alvo Pretende-se que o produto pertença ao grupo de vinhos de topo. Destina-se a ser comercializado em garrafeiras e lojas Gourmet. Oportunidade de negócio Pretende-se que ao aumentar a possibilidade de escolha de produtos se consiga cativar clientes de mais um segmento de mercado. Projecto de Desenvolvimento de Produto

6 Benchmarking e Competitividade Plano do Projecto de Desenvolvimento

7 Benchmarking e Competitividade Produto vínico: Vinho Tinto Doc 2004 Teor alcoólico de cerca de 14º Marca: Adega Cooperativa de Palmela (Cinquentenário) Garrafa: 0,75 cl alta de cor âmbar (antique) Rolhas: 44,5X23,7 Marcação Cinquentenário Adega Cooperativa de Palmela Design da caixa: Caixa de formato triangular Cor preto Inscrição Cinquentenário a prateado Inscrição Adega Cooperativa de Palmela e data a dourado Espada de Santiago a dourado Rótulo e contra rótulo: Rótulo - Pequeno com o mínimo de inscrições (Adega Cooperativa de Palmela, Cinquentenário, 1955 a 2005) Projecto de Desenvolvimento de Produto Contra- rótulo – Informação legal e texto Cor preto Inscrição Cinquentenário a prateado Inscrição Adega Cooperativa de Palmela e data a dourado Autocolante Cápsula: Marcação Igual ao rotulo Cor preta e prateado Especificações técnicas e funcionais: Utilização de materiais adaptados ao equipamento existente Realizar ensaios Especificações legais: Utilização de material que respeite a legislação acerca de materiais para contacto com géneros alimentícios, Rotulagem do produto. Criação de especificações do produto

8 Benchmarking e Competitividade Parecer técnico Elaboração de uma embalagem apelativa, de encontro com as exigências legais, funcionais e de mercado. Escolha do vinho Definição de tratamentos e engarrafamento Escolha de fornecedores de materiais de embalagem Aprovação de maquetas e de orçamentos Aprovação de rótulo e contra rótulo pela CVRPS Projecto de Desenvolvimento de Produto Criação de especificações do produto

9 Benchmarking e Competitividade Maquetas

10 Benchmarking e Competitividade Elaboração de anúncio e colocação em vários jornais Colocação da garrafa no sector de vendas. Realização de um almoço comemorativo com associados, funcionários, fornecedores, distribuidores e algumas entidades da região, onde será oferecida uma garrafa aos presentes. Inserção do Produto no Mercado

11 Benchmarking e Competitividade Mapa de Interacção Entre os Processos

12 Benchmarking e Competitividade Plano de Medição e Monitorização - Produto vínico (Engarrafamento) EtapaCaracterísticaEspecificação Critério de aceitação Controlo físico químico e organoléptico Antes engarrafamento (no depósito) Análise completa segundo o fluxograma de vinificação respectivo DC PRO 0 defeitos graves 2 defeitos sem desvios superiores a 10% Antes do engarrafamento Sulfuroso ( SO 2 ) livre (não no caso de AGB e ABV) DC PRO0 defeitos Durante o engarrafamento (na linha) SO 2 livre, Ác. volátil (AV) e Álcool (Alc) por lote; No período da tarde só, SO 2 livre e Alc No caso de AGB e ABV só Alc DC PRO0 defeitos Armazenagem de produto engarrafado SO 2 livre SO 2 total Ác. volátil (AV) (não no caso de AGB e ABV) DC PRO0 defeitos Visual Durante engarrafamento (fases do IC PRO e fluxograma de engarrafamento Descritas na IC PROIC PRO0 defeitos Volume Durante engarrafamento (saída enchedora) Volume / PesagemDC PRO1 defeito Microb.Controlo microbiológicom. o. totaisDC ENV0 defeitos Armazenagem de produto engarrafado Defeitos do MD PROSem defeitos0 defeitos maiores

13 Benchmarking e Competitividade EtapaCaracterísticaEspecificação Critério de aceitação Matérias subsidiárias Na linha antes da utilizaçãoDescritas na IC PROSem defeitos0 defeitos Controlo microbiológicoDC ENV 0 defeitos Prod. final Distribuição automática de cápsulas L1 Presença de rolhaResultado aprovado0 defeitos Água/Peças equipa.Controlo microbiológicom. o. totaisDC ENV0 defeitos Equipamento linha Temperatura Velocidade Pressão Tempo % oxigénio (O 2 ) DC PRO0 defeitos Plano de Medição e Monitorização - Produto vínico (Engarrafamento)

14 Benchmarking e Competitividade ETAPA DESCRIÇÃO DO PERIGO CAUSAACÇÕES PREVENTIVAS ANÁLISE DE RISCO GDF NP R Recepção de Materiais de Embalagem Físico - corpos estranhos Deficiências na produção, acondicionamento, armazenagem e transporte do fornecedor. Embalagem violada. Inspecção à recepção. Avaliação de fornecedores Armazenamento de Materiais de Embalagem Físico - corpos estranhos Quebras. Mau armazenamento Proteger os locais de armazenagem. Local de armazenagem distinto do local de engarrafamento. Inspecção visual de material reacondicionado Despaletização das garrafas Físico - corpos estranhos Queda das garrafas com projecção de estilhaços de vidro devido a uma quebra de pressão no equipamento. Manutenção / afinação do despaletizador. Cumprimento da IT PRO – Quebra de garrafas / garrafões Análise de Risco - HACCP

15 Benchmarking e Competitividade Descrição do processo produtivo e castas Obtido a partir da casta Castelão, Cabernet Sauvignon e Sirah.Vinificado em cubas autovinificadoras com maceração muito prolongada e temperatura controlada. Envelhecimento com madeira de carvalho francês. Este vinho não é sujeito a qualquer tipo de estabilização. Prova Cor: Retinto Aroma: Complexo com mistura de frutos secos, bem combinado com madeira de carvalho francês. Sabor: Encorpado com taninos suaves denotando um estágio em madeira de excelente qualidade. Por não ter sido estabilizado pelo frio, está sujeito a criar depósito na garrafa com a idade. Servir Servir a uma temperatura entre os 18ºC e os 20ºC. Abrir a garrafa cerca de meia hora antes de beber e servir em copo de boca larga. Recomenda-se que decante o vinho. Mesa Acompanha bem tornedó ou costeletão de novilho e queijos de sabor intenso: Serpa, Azeitão ou Roquefort Conservação Conservar em local fresco e preservado do contacto directo com a luz. Ideal para guardar em cave, em posição de garrafa deitada. Ficha Técnica do Produto


Carregar ppt "Benchmarking e Competitividade 11º Encontro de CNB 20 de Novembro de 2006 Palácio da Bolsa – Porto Seminário de Benchmarking e Competitividade Painel A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google