A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1º ENCONTRO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE MUNICIPAL 23 DE MARÇO/2012 Prefeitura Municipal de Ipatinga - MG Secretaria Municipal de Educação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1º ENCONTRO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE MUNICIPAL 23 DE MARÇO/2012 Prefeitura Municipal de Ipatinga - MG Secretaria Municipal de Educação."— Transcrição da apresentação:

1 1º ENCONTRO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE MUNICIPAL 23 DE MARÇO/2012 Prefeitura Municipal de Ipatinga - MG Secretaria Municipal de Educação Departamento Pedagógico – Seção de Ensino Formal Centro de Formação Pedagógica - CENFOP

2

3

4 PAUTA Análise e Discussão do papel da Educação Física na Escola Planejamento Intervalo Vídeo: Break Dancing Sequência Didática Avaliação

5 1º BIMESTRE

6 P M C G H E.R E.F. I/A Desenvolvimento Integral do educando

7 Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s) O documento de Educação Física traz uma proposta que procura democratizar, humanizar e diversificar a prática pedagógica da área, buscando ampliar, de uma visão apenas biológica, para um trabalho que incorpore as dimensões afetivas, cognitivas e socioculturais dos alunos. Incorpora, de forma organizada, as principais questões que o professor deve considerar no desenvolvimento de seu trabalho, subsidiando as discussões, os planejamentos e as avaliações da prática da Educação Física nas escolas.

8 Os PCN’s têm a finalidade de apresentar as linhas norteadoras para o ensino fundamental oferecida às secretarias de educação, instituições de ensino e instituições formadoras de professores para que possa ser discutida e traduzida em propostas regionais nos diferentes estados e municípios brasileiros.

9 Bloco de Conteúdos Conhecimentos sobre o corpo Esportes, Jogos, Lutas e Ginásticas Atividades Rítmicas e Expressivas

10 Educação Física na Escola Enquanto componente curricular da educação básica deve introduzir e integrar o aluno na cultura corporal de movimento, instrumentalizando-o para usufruir do jogo, do esporte, das atividades rítmicas e dança, das ginásticas e práticas de aptidão física, em benefício da qualidade de vida (BETTI e ZULIANI, 2002). A realidade deixa claro que vivemos a era do “desencanto escolar”, na qual muitos de nossos alunos não estão receptivos para a aprendizagem. O desinteresse por parte deles é grande, o que torna a função do professor ainda mais desafiadora, no sentido de motivar o aluno para a prática.

11 O professor de Educação Física durante suas aulas deve proporcionar situações que promova a educação e o desenvolvimento de valores e atitudes, para que, dessa forma, consiga chegar ao seu objetivo como educador, que é a formação integral de seu aluno. “A Educação Física deve conduzir o aluno a descobrir motivos e sentidos corporais, favorecendo o desenvolvimento de atitudes positivas levando à aprendizagem de comportamentos adequados à sua prática e ao conhecimento, compreensão e análise de seu intelecto (BETTI, 1992; citado por AZEVEDO e PEREIRA, 2007).

12 A Educação Física Escolar deve “sistematizar situações de ensino e aprendizagem que garantam aos alunos o acesso a conhecimentos práticos e conceituais” (BRASIL, 1997; p.27), para isso, essa área do conhecimento usa o esporte, o jogo, as brincadeiras, a dança, a ginástica e/ou qualquer prática corporal para fins de desenvolvimento humano. “A Educação Física se nutre do esporte, não só pelas raízes históricas que ambos comungam, mas porque o esporte encerra situações e contextos que, quando usados de forma pedagogicamente adequada, propiciam estímulos imprescindíveis para facilitar o desenvolvimento humano” (TANI e MANOEL, 2004; p.122)

13 Sugestões de Vídeos Duelo de Titãs Coach Carter A luta pela esperança Desafiando Gigantes Somos Marshal Para sempre vencedor Invictus

14 Sugestões de Livros Didáticos KROGER, Christian e ROTH, Klaus. Escola da Bola: Um ABC para iniciantes nos jogos esportivos. São Paulo: Phorte, GRECO, Pablo Juan e BENDA, Rodolfo Novelino. Iniciação Esportiva Universal: Da aprendizagem motora ao treinamento técnico. Belo Horizonte: Ed. UFMG. 228p. 2 v Literários CARLIN, Jhon. Conquistando o inimigo. Sextante, 272p., 2009

15 Planejamento 04 e 05 anos 1º Ciclo 2º Ciclo 3º Ciclo 4º Ciclo

16 PROGRAMA ALFABETIZAR EM TEMPO – 1º CICLO / 6 ANOS METAS E AÇÕES PEDAGÓGICAS - 1° BIMESTRE EIXOMETASAÇÕESINCLUSÃO DIGITAL EDUCAÇÃO FÍSICAENSINO RELIGIOSO ARTESBIBLIOT. LINGUAGEM ORAL  Utilizar com clareza a linguagem oral para conversar, brincar, interagir e expressar suas ideias e opiniões.  Comunicar e compreender mensagens transmitidas através de gestos e linguagem corporal.  Ampliar constantemente o vocabulário e capacidade linguística através de conversas, leituras e narrativas coletivas.  Rodas de conversas formais e informais  Situações diversas para a transmissão de recados dentro e fora da escola  Conto e reconto de histórias (fatos do dia a dia)  Músicas, parlendas, quadrinhas com rimas e o nome dos alunos  Dramatizações, pantomimas  Cantigas de roda, trava- línguas  Dinâmicas e brincadeiras (caixa surpresa, telefone sem fio, ficha do nome, etc.)  Identificação de sons da natureza / bingo sonoro Nomear e identificar os segmentos corporais

17

18

19 Sequência Didática É um conjunto sistematizado de atividades ligadas entre si, planejadas para ensinar um conteúdo, etapa por etapa. Essa proposta envolve atividades de aprendizagem e avaliação, organizadas de acordo com os objetivos que o professor quer alcançar. Ao organizar uma sequência didática, é preciso preparar detalhadamente cada uma das etapas do trabalho: Compartilhar a proposta de trabalho com os alunos: É importante explicar o trabalho passo a passo. Apresentar o que será estudado e comentar as atividades que serão desenvolvidas. Organize com a turma um plano de ação, anotando cada etapa da proposta.

20 Mapear o conhecimento prévio dos alunos: Nesta etapa, os alunos conversam sobre o que conhecem sobre o assunto que será trabalhado. Desenvolver atividades que proporcionem a ampliação do repertório dos alunos: De posse do mapeamento dos alunos – informação precisa para avaliar em que ponto está a turma – o professor elabora um conjunto de atividades que aproxima o aluno do conteúdo, aumentando os desafios e propondo diversas discussões para que toda turma avance. Essa diversidade de propostas amplia a possibilidade de êxito dos alunos.

21 Sequência Didática OBJETIVOS CONTEÚDOS TEMPO ESTIMADO MATERIAL NECESSÁRIO DESENVOLVIMENTO AVALIAÇÃO O que se espera que os alunos aprendam com a atividade proposta, tendo como foco a aprendizagem, e não o ensino. Conteúdos curriculares trabalhados na atividade. Envolve as várias etapas da atividade, as intervenções a serem feitas, a criação de situações mais adequadas à realidade da turma. Verificação do processo de aprendizagem. Parâmetros a serem usados no decorrer das etapas. Atividades específicas, como problemas e perguntas.

22 Turma: 9º ano do 4º ciclo Assunto: Break Dancing (Eixo – Dança) Objetivos: Reconhecer a pluralidade das manifestações culturais na dança em nosso país e compreendê-la como meio de desenvolvimento de valores e atitudes (afetividade, confiança, criatividade, sensibilidade, respeito às diferenças, inclusão). Tempo estimado: Quatro aulas. Material necessário: Som, CD, Computador, datashow, vídeos relacionados ao tema.

23 Desenvolvimento 1ª etapa: Conversa com os alunos para observação do conhecimento que têm a respeito de Break Dancing, com perguntas como, por exemplo:  O que é Break Dancing?  É uma dança brasileira?  É uma arte urbana?  Conhecem alguém que dança Break? Outras perguntas podem ser elaboradas para que o assunto seja amplamente contemplado. Fazer a mediação da conversa, procurando valorizar cada fala que surgir. Apresentação do vídeo Break Dancing.

24 2ª etapa: Após a apreciação do vídeo, retome o assunto para fixação desse conhecimento. Divida a turma em grupos, e solicite-os uma pesquisa sobre coreografias, roupas, estilo de música, cantores, etc... Oriente a turma para a elaboração de um banco de dados, com todas as informações obtidas. 3ª etapa: Construa, junto com os alunos, uma sequência de movimentos. Avaliação: A avaliação acontecerá de forma continuada durante a execução das tarefas, momento em que o professor observará, principalmente:  A disciplina e o cumprimento de cada etapa da tarefa pelo aluno;  A capacidade de trabalhar em equipe;  A organização e compromisso;

25 Tarefa Elaborar uma sequência didática sobre um conteúdo do bimestre, utilizando uma metodologia diferenciada. No próximo encontro, socializaremos a sua proposta de sequência com os colegas.

26


Carregar ppt "1º ENCONTRO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE MUNICIPAL 23 DE MARÇO/2012 Prefeitura Municipal de Ipatinga - MG Secretaria Municipal de Educação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google