A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 As pessoas levam para o ambiente de trabalho todos os seus interesses, que afetam seu desempenho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 As pessoas levam para o ambiente de trabalho todos os seus interesses, que afetam seu desempenho."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2 As pessoas levam para o ambiente de trabalho todos os seus interesses, que afetam seu desempenho.

3 3 Teoria Comportamental da Administração Comportamento humano nas organizações Influência da Psicologia Organizacional; Ênfase nos processos organizacionais e no comportamento organizacional; Posição explicativa e descritiva com ênfase nas pessoas; Abordagem das ciências do comportamento; Motivação humana e Estilos de administração; e Organizações como sistemas sociais cooperativos e de decisões. ORIGENS: Teoria das Relações Humanas; Rejeitar as concepções românticas da Teoria das Relações Humanas; Criticar a Teoria Clássica; Sociologia da Burocracia – “modelo máquina”; e Livro de Simon – “Comportamento Administrativo.

4 4 AULA 5 SURGIMENTO É um desdobramento da Abordagem das Relações Humanas, detendo-se com maior profundidade na representação do comportamento humano no trabalho. Vários teóricos contribuem para esta Teoria, vamos nos ater a alguns destes autores, a saber: - Herbert Simon – Obra: O Comportamento Administrativo; - Chester Barnard - Obra: As funções do executivo; - Douglas McGregor – The Human side of Enterprise; - Abraham Maslow – Hierarquia das Necessidades; -Frederick Herzberg – Teoria dos dois fatores.

5 5 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL ABORDAGEM CLÁSSICA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA TEORIA CLÁSSICA ESTRUTURA TAREFAS MÁQUINA MÉTODO ORGANIZAÇÃO FORMAL

6 6 Novas Proposições Sobre a Motivação Humana Comportamento Organizacional Comportamento Individual O homem é um ser complexo Necessidades humanas diferenciadas Estudar a Motivação Humana Qualidade de vida nas organizações O administrador precisa conhecer as necessidades humanas para melhor compreender o comportamento humano e utilizar a motivação humana como poderoso meio para melhorar a qualidade de vida nas organizações.

7 7 Necessidades, Motivação & Trabalho Modelo de Maslow Estímulo Fisiológicas Saúde, abrigo, alimento, repouso, sexo, etc. Fisiológicas Saúde, abrigo, alimento, repouso, sexo, etc. Segurança Proteção, certeza, emprego, etc. Segurança Proteção, certeza, emprego, etc. Motivação ComportamentoSatisfação Sociais Aceitação, consideração, amizade, compreensão (Trabalho em Grupo). Sociais Aceitação, consideração, amizade, compreensão (Trabalho em Grupo). Auto-estima Elogios, promoções, status, confiança, orgulho. Auto-estima Elogios, promoções, status, confiança, orgulho. Auto-realização Auto-conhecimento, satisfação, desenvolvimento. Auto-realização Auto-conhecimento, satisfação, desenvolvimento. PRIMÁRIASPRIMÁRIAS SECUNDÁRIASSECUNDÁRIAS - FRUSTRAÇÃO – AMEAÇA PSICOLÓGICA - HIERARQUIA ASCENDENTE - ALCANCE RESTRITO - PREDOMINIO DAS NEC. PRIMÁRIAS - DIVERSIDADE E EFEITO GLOBAL - CANAL MOTIVACIONAL

8 8 AULA 5 Necessidades intrínsecas ao indivíduo, que fazem parte da sua natureza Como alimentação, repouso, abrigo, sexo etc. Necessidades fisiológicas

9 9 AULA 5 Necessidades de segurança Á busca pela proteção contra a ameaça, à fuga ao perigo. Se a empresa tiver atitudes que provoquem no funcionário. Incertezas quanto ao seu emprego, poderá criar um clima de insegurança no ambiente de trabalho.

10 10 AULA 5 Necessidades sociais Necessidade de participação, de aceitação por parte do grupo, de amizade e etc.

11 11 AULA 5 Necessidade de Estima Necessidade de aprovação social e de respeito, de status, de prestígio etc.

12 12 AULA 5 Necessidade de Auto-Realização São os que estão no topo da hierarquia e estão ligadas ao Autodesenvolvimento pessoal e profissional.

13 13

14 14 ESTÍMULO NECESSIDADE TENSÃOCOMPORTAMENTO SATISFAÇÃO EQUILÍBRIO Ciclo Motivacional BARREIRA FRUSTRAÇÃO COMPENSAÇÃO MORAL ATITUDE CLIMA

15 15

16 16 Teoria dos Dois Fatores de Herzbert Extrínsecos. Ambiente que rodeia as pessoas Fora do controle das pessoas. Salários, benefícios, chefes, políticas, diretrizes, etc. Evitam a insatisfação. São preventivos. Fatores Insatisfacientes. Extrínsecos. Ambiente que rodeia as pessoas Fora do controle das pessoas. Salários, benefícios, chefes, políticas, diretrizes, etc. Evitam a insatisfação. São preventivos. Fatores Insatisfacientes. Fatores Higiênicos Intrínsecos. Conteúdo do cargo e natureza das tarefas. Sob o controle do indivíduo. Crescimento individual, reconhecimento e auto- realização. Provocam satisfação. São motivadores. Fatores Satisfacientes. Intrínsecos. Conteúdo do cargo e natureza das tarefas. Sob o controle do indivíduo. Crescimento individual, reconhecimento e auto- realização. Provocam satisfação. São motivadores. Fatores Satisfacientes. Fatores Motivacionais

17 17 Teoria dos dois Fatores de Herzberg Trabalho em si, responsabilidade, progresso e crescimento profissional Realização, reconhecimento e prestígio Interação e relacionamento com colegas, chefes e subordinados. Tipo de trabalho, clima org., segurança no cargo, políticas estáveis Condições físicas de trabalho, salário, benefícios e serviços. Interação e relacionamento com colegas, chefes e subordinados. Tipo de trabalho, clima org., segurança no cargo, políticas estáveis Condições físicas de trabalho, salário, benefícios e serviços. FATORES MOTIVACIONAIS (Satisfacientes) CONTEÚDO DO CARGO (como o indivíduo se sente em relação ao cargo) FATORES MOTIVACIONAIS (Satisfacientes) CONTEÚDO DO CARGO (como o indivíduo se sente em relação ao cargo) FATORES HIGIÊNICOS (Insatisfacientes) CONTEXTO DO CARGO (como o indivíduo se sente em relação à sua empresa) Satisfação (+) Neutros (-) Satisfação (+) Neutros (-) Neutros (+) Insatisfação (-) Neutros (+) Insatisfação (-)

18 18 Teoria dos dois Fatores & Enriquecimento de tarefas (Herzberg) Enriquecimento do Cargo Atribuições mais complexas adicionadas. Tarefas básicas do cargo. Tarefas incorporadas. Efeitos desejáveis Aumento da motivação; Aumento da produtividade; Redução do absenteísmo; Redução do Turnover. Aumento da motivação; Aumento da produtividade; Redução do absenteísmo; Redução do Turnover. Efeitos indesejáveis Aumento da ansiedade; Aumento do conflito; Sentimento de exploração; Redução das relações pessoais. Aumento da ansiedade; Aumento do conflito; Sentimento de exploração; Redução das relações pessoais.

19 19

20 20 Fisiológicas Segurança EstímuloMotivaçãoComportamentoSatisfação Sociais Auto-estima Auto- realização S E C U N D Á RI A S Trabalho em si, responsabilidade, progresso e crescimento profissional Realização, reconhecimento e prestígio Interação e relacionamento com colegas, chefes e subordinados. Tipo de trabalho, clima org., segurança no cargo, políticas estáveis Condições físicas de trabalho, salário, benefícios e serviços. Satisf (+) Neut (- ) Neut (+) Insat (-) M O TI V A HI G IÊ NI C O S Modelo de Maslow PRIMÁRIASPRIMÁRIAS Modelo de Herzberg Comparação das Teorias Motivacionais

21 21 AULA 5 O ser humano é avesso ao trabalho e o evitará sempre que possível.Por isso as pessoas precisam ser guiadas com energia, sob pena de nada produzirem. Teoria X O importante é as pessoas fazerem o que a empresa espera delas, independentemente de seus objetivos pessoais. O importante é as pessoas fazerem o que a empresa espera delas, independentemente de seus objetivos pessoais.

22 22 Teoria Y O trabalho é tão natural quanto o lazer e o descanso. Punições e ameaças não são as únicas formas de obter a cooperação e participação do indivíduo. O trabalho é na verdade, uma fonte de satisfação, podendo ser fonte de recompensa ou de punição dependendo da situação. A motivação, o potencial e a capacidade de assumir responsabilidades estão presentes em cada pessoa. A motivação, o potencial e a capacidade de assumir responsabilidades estão presentes em cada pessoa. AULA 5

23 23

24 24 Estilos de Administração (Douglas McGregor) As pessoas são preguiçosas e indolentes. As pessoas evitam o trabalho. As pessoas evitam a responsabilidade a fim de se sentirem mais seguras. As pessoas precisam ser controladas e dirigidas. As pessoas são ingênuas e sem iniciativa. As pessoas são preguiçosas e indolentes. As pessoas evitam o trabalho. As pessoas evitam a responsabilidade a fim de se sentirem mais seguras. As pessoas precisam ser controladas e dirigidas. As pessoas são ingênuas e sem iniciativa. TEORIA X As pessoas são esforçadas e gostam de ter o que fazer. O trabalho é uma atividade tão natural quanto brincar. As pessoas procuram e aceitam responsabilidades e desafios. As pessoas podem ser automotivadas e autodirigidas. As pessoas assumem o controle das atividades. As pessoas são esforçadas e gostam de ter o que fazer. O trabalho é uma atividade tão natural quanto brincar. As pessoas procuram e aceitam responsabilidades e desafios. As pessoas podem ser automotivadas e autodirigidas. As pessoas assumem o controle das atividades. TEORIA Y

25 25 Sistemas de Administração (Rensis Likert) VARIÁVEISSIST. 1SIST. 2SIST. 3SIST. 4 Processo decisório Centralizado Centralizado na cúpula; peq. Delegação Decisões específ. são delegadas; Gerais são centrais. Descentralizado Sistema de Comunicação Precário. Comunicação de cima p/ baixo. Permite algumas sugestões. Com. Vertical Com. Vertical adequado(SIC), início da Com. Horizontal SIC eficiente em todos os sentidos. = sucesso Relacionamento Interpessoal Formal com desconfiança Precário. RI é visto como ameaça. Valorização da Org. Informal e da Confiança. Gde. ênfase no trab. em equipe e na participação Sist. de punição e recompensa Somente punições + punições. Qdo há recomp. são materiais. Punições são raras. Há mais recomp. materiais que Sociais. Há mais recomp. Sociais, mas as recomp. materiais são freqüentes. Autoritário Forte Autoritário Benevolente Consultivo Participativo de Grupo

26 26 Organização como um Sistema Social Cooperativo Pessoas Maior lucro; Maior produtividade; Menores custos; Melhor qualidade. Maior lucro; Maior produtividade; Menores custos; Melhor qualidade. Interação Cooperação Objetivo Comum Interação Cooperação Objetivo Comum Melhores salários; Segurança; Prestígio; Promoção; Desenvolvimento. Melhores salários; Segurança; Prestígio; Promoção; Desenvolvimento. Alcance dos objetivos Pessoais Alcance dos objetivos Organizacionais Eficácia Eficiência

27 27

28 28 Comportamento Organizacional É o estudo do funcionamento e da dinâmica das organizações e como os grupos e os indivíduos se comportam dentro delas. A organização é um sistema cooperativo racional: ela somente pode alcançar seus objetivos se as pessoas que a compõem coordenarem seus esforços a fim de alcançar algo que individualmente jamais conseguiriam.

29 29 PROCESSO DE RECIPROCIDADE: interação entre as pessoas e organização; a organização espera que as pessoas realizem suas tarefas e concede-lhes incentivos e recompensas; as pessoas oferecem suas atividades e trabalho esperando certas satisfações pessoais. Comportamento Organizacional

30 30 TEORIA DO EQUILÍBRIO ORGANIZACIONAL: o equilíbrio reflete o êxito da organização; garante sua sobrevivência; destina-se a remunerar seus participantes com quantias adequadas (sejam de dinheiro ou de satisfações não-materiais) e estimulá- los a continuarem fazendo parte da organização. Comportamento Organizacional

31 31

32 32

33 33 Processo Decisorial A Teoria Comportamental concebe a organização como um sistema de decisões. Todas as pessoas dentro de uma organização estão continuamente tomando decisões. Decisão é o processo de análise e escolha, entre várias alternativas disponíveis e o curso de ação que a pessoa deverá seguir. Elementos do Processo Decisorial: - Tomador de decisão - Objetivos - Preferências - Estratégia - Situação - Resultado

34 34 IraMedo TristezaFelicidade

35 35 Etapas do processo decisorial Análise e definição do problema Definição dos objetivos Percepção da situação Procura de alternativas de solução Avaliação e comparação dessas alternativas Escolha da alternativa mais adequada Implementação da alternativa escolhida (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7)

36 36 Homem Administrativo O homem procura a maneira satisfatória e não a melhor maneira de fazer um trabalho. O comportamento administrativo é satisfaciente e não otimizante. O homem toma decisões sem poder procurar todas as alternativas possíveis. Não procura o máximo lucro, mas o lucro adequado; Não o preço ótimo, mas o preço razoável.

37 37 DICAS: Como criar uma estrutura de criatividade na organização? (5). Para criar um ambiente de criatividade na organização é preciso: 1.Implantar e incentivar um programa de sugestões. 2.Desenvolver grupos de geração de idéias (brainstorming). 3.Criar oficinas de criação ou gerenciamento de conceitos. 4.Criar centros de criatividade na organização. 5.Desenvolver círculos de qualidade. 6.Elaborar programas de treinamento em criatividade. 7.Implantar um programa de melhoria contínua e incremento da inovação. 8.Fazer pesquisa e desenvolvimento de idéias com as pessoas. 9.Criar sessões criativas regulares. 10.Desenvolver pessoas que atuem como facilitadores da criatividade.

38 Características das pessoas e organizações criativas.

39 39 SUCESSO ATRAVÉS DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL


Carregar ppt "1. 2 As pessoas levam para o ambiente de trabalho todos os seus interesses, que afetam seu desempenho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google