A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OS 4+1 PILARES DA EDUCAÇÃO ON-LINE A DISTÂNCIA: UMA ESTRATÉGIA MULTIDIMENSIONAL DE PLANEJAMENTO Gerson Pastre de Oliveira PUC/SP –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OS 4+1 PILARES DA EDUCAÇÃO ON-LINE A DISTÂNCIA: UMA ESTRATÉGIA MULTIDIMENSIONAL DE PLANEJAMENTO Gerson Pastre de Oliveira PUC/SP –"— Transcrição da apresentação:

1 OS 4+1 PILARES DA EDUCAÇÃO ON-LINE A DISTÂNCIA: UMA ESTRATÉGIA MULTIDIMENSIONAL DE PLANEJAMENTO Gerson Pastre de Oliveira PUC/SP –

2 Complexidade Abordagens didático-pedagógicas em ambientes virtuais de aprendizagem via EAD; Os desenvolvimentos próprios a nossa era planetária nos confrontam cada vez mais com os desafios da complexidade (Edgar Morin)

3 Complexidade - Morin (...) a complexidade surge com dificuldade, como incerteza e não como clareza e como resposta. O problema é saber se há uma possibilidade de responder ao desafio da incerteza e da dificuldade

4 Complexidade - Pombo perceber a transformação epistemológica em curso é perceber que lá, onde esperávamos encontrar o simples, está o complexo, o infinitamente complexo. Que quanto mais fina é a análise, maior a complexidade que se abre à nossa frente. E, portanto, que o todo não é a soma das partes

5 Conhecimento Como lidar com a construção do conhecimento em cenários complexos? Não há uma resposta única e infalível; Abordagens pedagógicas que...

6 Conhecimento...precisam encontrar articulações e propostas relacionadas a outra indagação: ao criar a estratégia de um módulo, disciplina ou curso, que elementos devem estar presentes para que os participantes tenham maiores oportunidades para a construção do conhecimento pertinente?

7 Pressupostos As TICs não são uma finalidade em si, quando o assunto é educação; Tecnologias são mediadoras; Estratégia pedagógica coerente; Pessoas como foco.

8 Pressupostos A construção do conhecimento pertinente na contemporaneidade é um processo contínuo, que pode ser potencializado através de interações planejadas nos diversos ambientes nos quais o processo de ensino-aprendizagem se dá; Colaboração e a cooperação, podem proporcionar oportunidades para construções de caráter coletivo, materializando, assim, a intenção de entender a figura docente como orientadora, e não transmissora, no processo;

9 Pressupostos A interdisciplinaridade (como abordagem e atitude) ; Atividades propostas ao longo da experiência educativa e também as relações sociais presentes na comunidade, suas interfaces com o mundo e com os outros saberes, prévios e construídos em paralelo ; Tecida continuamente, com múltiplas interconexões, ao longo do processo.

10 Os 4 pilares... Relatório da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI ; Ampla disponibilidade de armazenamento e circulação de informações no novo século, e sobre o papel da educação diante deste contexto de abundância potencialmente cognitiva ; Aproveitar e explorar, do começo ao fim da vida, todas as ocasiões de atualizar, aprofundar e enriquecer estes primeiros conhecimentos, e de se adaptar a um mundo em mudança: caráter qualitativo da educação;

11 Os 4 pilares... (...) À educação cabe fornecer, de algum modo, os mapas de um mundo complexo e constantemente agitado e, ao mesmo tempo, a bússola que permita navegar através dele (Delors et al, 1996).

12 Aprender a conhecer... Mais do que a apreensão de uma série de saberes codificados, proporcionar a apropriação dos mecanismos do conhecimento; Não ao caráter unicamente utilitário, mas ampliar-se de modo a estimular a curiosidade intelectual, desenvolver o senso crítico e dimensionar a realidade, à medida que a capacidade de discernir ganha ampliação no âmbito do desenvolvimento da autonomia; Sinergia entre os saberes e disciplinas, ou seja, o caráter interdisciplinar conhecimento; Aprender a aprender.

13 Aprender a fazer... Indissociável em relação ao aprender a conhecer; A natureza do trabalho modificou-se com os avanços técnicos, tornando-se menos circunscritas às atividades automáticas, rotineiras e físicas (largamente substituídas pelas máquinas), e mais pertinente a elementos imateriais e cognitivos; O trabalho em processo de desmaterialização; Relações interpessoais;

14 Aprender a conviver... Atingir os diversos grupos humanos nos variados contextos sociais e instituir situações de aprendizado nas quais existam objetivos e projetos comuns; O diálogo e a troca de argumentos representem instrumentos indispensáveis à educação do século XXI; Interações intensivas entre as pessoas; A participação de professores e alunos em projetos comuns pode dar origem à aprendizagem de métodos de resolução de conflitos e constituir uma referência para a vida futura dos alunos, enriquecendo a relação professor/aluno Cooperação e colaboração para aprender.

15 Multidimensionalidade Estratégia didático-pedagógica multidimensional; Avaliação multidimensional é aquela que constitui um processo que procura dar conta do caráter complexo do conhecimento pertinente; Contraponto à avaliação meramente somativa, que olha apenas o alcance dos resultados e que não se preocupa em analisar as condições individuais, as várias trajetórias de quem aprende, os vários momentos, as múltiplas dimensões do saber e as inúmeras articulações entre os objetos de conhecimento, corre o risco de produzir resultados muito estranhos;

16 Para esta avaliação... Mediação do processo por TICs, em todo ou em parte; Colaboração e/ou cooperação; Retornos individuais de questões, desempenho, dúvidas, discussões; Ambiente de ensino-aprendizagem altamente interativo.

17 Um curso de especialização Avaliação dos desenhos; Reelaborar o planejamento de um curso on-line fracassado; Chat-relâmpago; Produção de texto individual; Trabalho entremeado por textos, articulações, conexões,...

18 Um curso de especialização

19

20 Como aprender a conhecer? Trabalhar multidimensionalmente com os participantes, alunos e professores, de forma que seja possível construir o conhecimento a partir de uma perspectiva ampla – o que é diferente da mera aquisição de dados e da simples composição de informações; Dito de outra forma, consiste na possibilidade de construir em conjunto, em um ambiente no qual todos ensinam e aprendem, de forma a incentivar que cada um desenvolva sua capacidade de elaborar e reelaborar conceitos, práticas, questionamentos, entre outras intervenções.

21 Como aprender a fazer? Proporcionar aos participantes de um curso a oportunidade de contato com situações reais encontradas em seu cenário profissional particular, e, por extensão, no processo de ensino- aprendizagem via EAD, através de proposições teóricas e atividades práticas.

22 Como aprender a conviver? Incentivar a abordagem colaborativa e cooperativa nos processos de ensino- aprendizagem, com a valorização dos saberes e objetivos individuais; Discutir as possibilidades de edificação de uma comunidade virtual de aprendizagem com a finalidade de expandir os processos de construção do conhecimento para uma lógica de continuidade, que pode estender os processos de construção do conhecimento para além do período estipulado por um curso.

23 Como aprender a ser? Engajamento efetivo do profissional que realiza sua formação continuada em uma lógica que supera a mera transmissão e que se expande, por conseqüência, em direção do aprendizado de todos com todos, no qual o professor orienta, aprende e ensina, assim como o aluno.

24 Como aprender a criar? Incentivar a utilização de metodologias que despertem o potencial colaborativo do grupo e que auxiliem no resgate dos saberes em permanente construção (para modificar, refazer, acrescentar); Semelhante lógica permite apresentar a possibilidade de criar novas abordagens para a construção do conhecimento pertinente, as quais, por sua vez, devem pretender explorar possibilidades amplas dos alunos, que vão da elaboração pessoal espontânea ao trabalho coletivo, engajado, interativo, através das mais variadas formas de expressão;

25 Como aprender a criar? Caráter mediador das TICs, e o valor do trabalho para e feito por pessoas. Pois conhecer, fazer, conviver, ser e criar são dimensões humanas, que demandam pensamento e emoção. Tais aspectos são fundamentais para o trato com a complexidade.

26 Obrigado! Gerson Pastre de Oliveira PUC/SP –


Carregar ppt "OS 4+1 PILARES DA EDUCAÇÃO ON-LINE A DISTÂNCIA: UMA ESTRATÉGIA MULTIDIMENSIONAL DE PLANEJAMENTO Gerson Pastre de Oliveira PUC/SP –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google