A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS FORÇAS DO MACRO AMBIENTE Prof. Victor Biazon.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS FORÇAS DO MACRO AMBIENTE Prof. Victor Biazon."— Transcrição da apresentação:

1 IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS FORÇAS DO MACRO AMBIENTE Prof. Victor Biazon

2 O QUE É MACRO AMEBIENTE? A empresa e todos os outros atores operam em um macro ambiente maior de forças, que oferecem oportunidades e ameaças para a empresa.

3 O conceito de macro ambiente Conjunto de variáveis consideradas incontroláveis, mas que influenciam o negócio. Monitoradas - construção de tendências A construção dessas tendências cria o quadro de ameaças e/ ou oportunidades para o negócio

4 Forças do Macroambiente Aceleração do transporte, das comunicações e das transações financeiras internacionais Poder econômico asiático Ascensão dos blocos econômicos Crises monetárias internacionais Aumento das trocas e negociações Movimento em direção a economias de mercado

5 Forças do Macroambiente Estilos de vida globalizados Abertura de novos mercados Crescente nº de empresas transnacionais Alianças estratégicas através das fronteiras Conflitos étnicos e religiosos Marcas globais

6 MACRO-AMBIENTEPOTENCIAIS PRODUTOSSUBSTITUTIVOS CONCORRENTES MACRO-AMBIENTE AMBIENTE ECONÔMICO TENDÊNCIAS AMBIENTE TECNOLÓGICO AMBIENTES POLÍTICO E LEGAL FORNECEDORES CLIENTES AMBIENTES DEMOGRÁFICO E SÓCIO-CULTURAL A B F C D E DISTRIBUIDORES

7 RESUMÃO BÁSICO O explosivo crescimento populacional (força demográfica), por exemplo, leva ao esgotamento mais rápidos dos recursos e a níveis mais elevados de poluição (ambiente natural),o que faz os consumidores exigirem mais leis (força político-legal). As restrições estimulam novos produtos e soluções tecnológicas (força tecnológica) que se forem acessíveis (força econômica), podem mudar atitudes e comportamentos (força sociocultural)

8 Ambiente Demográfico Crescimento da População Mundial Composição da População Mercados étnicos Padrões de moradia Níveis de instrução

9 AMBIENTE DEMOGRÁFICO: Visto que os mercados são compostos de pessoas, a primeira força macro ambiental que deve ser analisada é a demográfica. Fatores como onde, como vivem as composições étnicas, nível de instrução, padrões domiciliares entre outros influenciam na tomada de decisão.

10 A explosão populacional mundial é uma grande preocupação por dois motivos: 1- Alguns recursos como combustível, alimentos e minerais são limitados e podem se esgotar; 2- O crescimento populacional no mundo é maior em países menos pobres. As regiões menos favorecidas respondem atualmente por 76% da população mundial e estão crescendo 2% aa ao passo que a população em países ricos cresce apenas 0,6% aa. Crescimento da População Mundial

11 Devemos levar em consideração que crescimento populacional não significa crescimento de mercados a menos que esses mercados tenham poder de compra suficiente. Crescimento da População Mundial

12 Na china por exemplo, onde o crescimento populacional é controlado, e os casais podem ter 1 filho apenas, os profissionais de Mkt do setor de brinquedos enxergaram as conseqüências dessa lei, as crianças estão sendo mimadas e entupidas de presentes tratadas como verdadeiros pequenos imperadores como é chamada a geração. Crescimento da População Mundial

13 As populações variam em sua composição etária e deve ser dividida em seis grupos: pré-escolares, criança em idade escolar, adolescentes, adultos jovens de 25 a 40 anos, adultos de meia- idade de 41 a 65 anos e adultos idosos acima de 65 anos. Sendo que as faixas etárias com mais indivíduos definem o ambiente de marketing. Composição da População

14 Em determinados lugares onde a população é mais jovem, produtos como leite, fralda biscoito, são mais vendidos como no México, por exemplo, já no Japão que possui a população mais velha do mundo as pessoas consomem mais produtos para adultos. Composição da População

15 Nos EUA, os chamados Baby Boomers que são os nascidos entre 1946 e 1964 é uma das forças mais poderosas do mercado. Essa população são os chamados pós guerra e representam cerca de 78 milhões de pessoas que tem fixação pela juventude e não pela sua idade. Produtos que os remetem ao seu passado, com total nostalgia tem venda garantida. Para abrir um negócio temos que ter em mente o publico que poderá consumir nossos produtos ou serviços e focar nossos esforços para atingi-los. Composição da População

16 As cidades, e os países também variam em sua composição étnica e racial. Por exemplo de um lado está o Japão onde quase todos são japoneses, do outro os EUA com pessoas de praticamente de todos os outros lugares do globo. Mercados étnicos

17 Cada grupo tem desejos e hábitos de compra específicos. Várias empresas de alimentos, vestuário e móveis tem dirigido seus produtos e promoções para um ou mais desses grupos. Mercados étnicos

18 Ou seja, existem micro mercados dentro do mercado consumidor, onde a etinia, hábitos e costumes dizem muito sobre o comportamento de compra e os produtos que mais chamam atenção desses diferentes grupos, por exemplo, os mexicanos que vivem fora do México, fazem suas compras em locais que ofereçam produtos com condimentos fortes porque faz parte de sua identidade. Mercados étnicos

19 As pessoas de qualquer sociedade divide-se em cinco níveis de instrução: analfabetos, pessoas com segundo grau incompleto, com segundo grau completo pessoas com diploma universitário e pessoas com especialização. Níveis de instrução

20 Analisar o nível de instrução do público consumidor em potencial da região ao abrir uma nova empresa, irá ajudar o novo empresário a criar estratégias de vendas para atingir seu público alvo. Níveis de instrução

21 O que chamamos de lar tradicional consiste de Marido, mulher e filhos (e algumas vezes avós). No entanto há ao redor do mundo residências que são diferentes ou não tradicionais como por exemplo, estudantes (republicas), solteiros que moram sozinho, casais homo ou heterossexuais, que apenas moram juntos, famílias com um único adulto, casais sem filhos, divorciados, enfim hoje existe lares com diferentes necessidades. No entanto há ao redor do mundo residências que são diferentes ou não tradicionais como por exemplo, estudantes (republicas), solteiros que moram sozinho, casais homo ou heterossexuais, que apenas moram juntos, famílias com um único adulto, casais sem filhos, divorciados, enfim hoje existe lares com diferentes necessidades. Padrões de moradia

22 O empresário que ao ter uma idéia de negócio reparar a sua volta irá identificar várias necessidades não preenchidas pelo mercado atual que vem de encontro com cada um desses novos padrões de moradia. Padrões de moradia

23 Exemplos: no ramo imobiliário, pessoas solteiras, ou que moram sozinhas precisam de casas ou apartamentos menores e mais baratos; No setor de alimentos: pessoas que moram sozinhas precisam de embalagens com menos quantidade para não estragar; Padrões de moradia

24 O mercado gay americano tem se mostrado bastante lucrativo. Em pesquisa divulgada pela Simmons Market Research verificou que comparados aos norte-americanos médios, os pesquisados tem uma probabilidade 11,7 vezes maior de ter funções bem remuneradas, quase o dobro da probabilidade de ter casa de verão entre outros pertences. As financeiras estão se adequando a essas e outras questões para atender esse público. Padrões de moradia

25 O efeito de algumas mudanças que vem ocorrendo no mercado global, é a fragmentação do mercado de massa em numerosos micromercados diferenciados por faixa, sexo, ascendência étnica, nível de instrução, localização geográfica, estilo de vida e outras características. O efeito de algumas mudanças que vem ocorrendo no mercado global, é a fragmentação do mercado de massa em numerosos micromercados diferenciados por faixa, sexo, ascendência étnica, nível de instrução, localização geográfica, estilo de vida e outras características. Muitos empresários estão optando por abrir seu negócio visando atingir um público mais específico, trabalhando com micro mercados ao invés da abordagem tiro de canhão. DICA: Deixar grandes mercados (para todos os públicos) e apostar em grupos específicos. Padrões de moradia

26 AMBIENTE ECONÔMICO Para que o mercado exista é necessário que haja pessoas e poder de compra. Tal poder em uma economia depende da renda, dos preços, da poupança, do endividamento e da disponibilidade de crédito.

27 Ambiente Econômico Distribuição de Renda Economias de subsistência Economias de exportação de matérias-primas Economias em fase de industrialização Economias industrializadas Poupança,endividamento e disponibilidade de crédito Poupança,endividamento e disponibilidade de crédito

28 Economias de subsistências: agricultura não mecanizada (trabalho manual ou rudimentar), consome a maior parte da produção e troca o excedente por bens e serviços simples. (poucas oportunidades para os empresários e profissionais de marketing); Distribuição de Renda

29 Economia de exportação de matéria prima: são ricas em um ou mais recursos naturais e a maior parte da sua renda vem dessa exportação, mas são pobres em outros aspectos. O Zaire (devido ao Cobre), Arábia Saudita (petróleo) são alguns exemplos dessa economia. Esses países por exemplo, são consumidores de equipamentos de extração. Distribuição de Renda

30 Trazendo isso para a nossa realidade, falando em estados ou cidades, Cianorte, por exemplo, uma cidade rica na produção e no comercio de vestuário, sua economia é baseada nesse ramo, Empresas que não ofereçam matéria-prima para a confecção não terá muito espaço. Distribuição de Renda

31 Economias em fase de industrialização: neste tipo de economia, a fabricação responde por 10 a 20 por cento do PIB (Índia, Egito e Filipinas) a industrialização cria uma nova classe rica e uma classe média pequena. Economias Industrializadas: são as principais exportadoras de bens manufaturados; elas os exportam para outros tipos de economias em troca de matéria-prima ou produtos semi- acabados (terceirização de serviço). Distribuição de Renda

32 São fatores que influenciam diretamente seus gastos. Cidades ou regiões onde as pessoas têm o hábito de poupar os bancos oferecem mais facilmente crédito (empréstimos). Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito

33 No Japão onde a população poupa em média 13,1% de sua renda, as taxas de juros em empréstimos são bem mais baixas o que contribuiu para que as empresas se expandissem. Em contrapartida nos EUA onde a população poupa cerca de 4,7% da renda, as taxas de juros são mais altas sobretudo para a população de baixa renda. Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito

34 Ao analisar a possibilidade de abrir um novo negócio, o futuro empresário deve estar atento a situação econômica de sua cidade, estado ou país verificando o custo de vida local, as taxas de juros, e os padrões de empréstimo, pois quanto mais endividados os consumidores forem, menor será a chance do seu negócio dar certo. Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito

35 AMBIENTE NATURAL Em tempos de aquecimento global, a deterioração do meio ambiente natural é uma importante preocupação global e empresarial. A poluição do ar, da água, o buraco na camada de ozônio produzindo o efeito estufa está gerando inúmeras atividades políticas, e também novas legislações aprovadas a fim de minimizar os efeitos devastadores da má utilização dos recursos naturais e da deterioração do meio ambiente.

36 AMBIENTE NATURAL Essas novas legislações e políticas de responsabilidade sócio-ambiental tem levado algumas empresas a modificarem parte de sua produção para não irem contra a nova política ambiental. O que para algumas empresas é considerado devastador, para alguns empreendedores surge novas possibilidades de negócio No sentido de criação de novas técnicas de produção, novos produtos que vem substituir matéria-prima orgânica e não renovável por sintética. Mudança no papel dos governos Mudança no papel dos governos

37 Ambiente Natural Níveis mais altos de poluição Níveis mais altos de poluição Custo mais elevado de energia Custo mais elevado de energia Escassez de matérias-primas Escassez de matérias-primas Mudança no papel dos governos Mudança no papel dos governos

38 As matérias-primas são classificadas como infinitas (ar, águia – a água logo será um problema), finitas mas renováveis(florestas e alimentos), e finitas mas não- renováveis (petróleo, carvão, prata, zinco). Neste caso, empresas que esteja ligadas a P&D em uma excelente oportunidade para desenvolver materiais alternativos Assim como o desenvolvimento de formas alternativas de energia e de maneiras mais eficientes para utilizá-las tende a levar a um subseqüente declínio nos preços do petróleo. A energia solar por exemplo tem se tornado um bom negócio visto que é mais barata e não prejudica o meio ambiente. Escassez de matérias-primas Escassez de matérias-primas Custo mais elevado de energia Custo mais elevado de energia

39 A atividade industrial inevitavelmente prejudica o meio ambiente. Atualmente empresas em todo mundo estão revendo sua produção e melhorando a emissão de poluentes na atmosfera visto que muitos consumidores levam em consideração tais atitudes na hora de escolher seu produto. A reciclagem é palavra de ordem, e empresas iniciantes estão se beneficiando da publicidade de atitudes como esta para alcançarem clientes preocupados com o ambiente em que vivem. Níveis mais altos de poluição Níveis mais altos de poluição

40 AMBIENTE TECNOLÓGICO Uma das forças que afetam a vida das pessoas é a tecnologia. A tecnologia gerou maravilhas e também horrores como a bomba atômica. Assim como alguns benefícios duvidosos como o automóvel e o videogame.

41 AMBIENTE TECNOLÓGICO Cada nova tecnologia é uma destruição criativa porque cada coisa nova criada, destrói a tecnologia anterior.

42 AMBIENTE TECNOLÓGICO A taxa de crescimento da economia é afetada pelo número de novas tecnologias importantes que são desenvolvidas. Quando falamos de tecnologia não falamos necessariamente em grandes inovações, o café embalado a vácuo, o xampoo 2 em 1 revolucionaram e ganharam mercado. Quando falamos de tecnologia não falamos necessariamente em grandes inovações, o café embalado a vácuo, o xampoo 2 em 1 revolucionaram e ganharam mercado.

43 AMBIENTE TECNOLÓGICO Exemplos: O telefone fixo x Celular (cada vez menor); Livros x computador (apesar da ideia não ter grande expansão, mais o passa tempo computador ocupou e largamente o espaço do livro); Barbeador simples x Mack 3

44 Aceleração no ritmo das mudanças Aceleração no ritmo das mudanças Oportunidades ilimitadas para inovação Oportunidades ilimitadas para inovação Regulamentação mais rigorosa Regulamentação mais rigorosa Ambiente Tecnológico Variações dos orçamentos de P&D Variações dos orçamentos de P&D

45 AMBIENTE TECNOLÓGICO Muitos produtos que existem hoje, não existiam a 40, 30, 20, 10 anos atrás. Cada vez mais ideias estão sendo testadas para o desenvolvimento de novas tecnologias, o intervalo de tempo entre as novas ideias e sua implementação está diminuindo rapidamente, e o tempo entre o lançamento de um produto e o pico de produção está decaindo consideravelmente, ou seja a empresa que tem capital, investe mais em P&D e oferece cada vez mais novidades aos consumidores e também o ciclo de vida de criação está cada vez mais curto.

46 AMBIENTE TECNOLÓGICO Porém, não adianta ter toda essa pesquisa, investimento, se não houver mercado consumidor para os produtos.

47 AMBIENTE TECNOLÓGICO Uma grande tendência nos EUA são os consórcios de empresas na pesquisa de novas tecnologias, assim elas barateiam os custos e dividem os resultados. Os empresários que pretendem investir em empresas de alimentos por exemplo precisam estar atento com as licenças de funcionamento. A tecnologia está avançada, porém a medida que os produtos e maquinas estão se tornando mais complexos, é necessário garantir a segurança dos compradores e usuários. (INMETRO)

48 Ambiente político-legal Ambiente político-legal Legislação Grupos de interesses Grupos de interesses

49 AMBIENTE POLÍTICO-LEGAL Segundo Kotler, este ambiente é formado por leis, órgãos governamentais e grupos de pressão que influenciam e limitam várias organizações e indivíduos. As vezes essas leis que tornam a reciclagem obrigatória por exemplo deram um grande incentivo à industria de reciclagem quando foram criadas inúmeras empresas novas ligadas ao ramo, produzindo produtos a partir de outros reciclados.

50 A legislação de negócios deve ser vista sempre que o empresário tiver a intenção de iniciar um novo empreendimento e tem três propósitos centrais: proteger as empresas da concorrência desleal, proteger os consumidores de práticas de negócio desleais e proteger os interesses da sociedade do comportamento desenfreado das empresas. Legislação

51 Cada país tem suas restrições quanto a produção e venda de produtos, cabe aos profissionais administradores e ligados ao Marketing conhecer como funciona as restrições legais em sua cidade, estado ou país junto no processo inicial de planejamento e implantação da empresa. Legislação

52 O crescimento de grupos de interesses especiais aumentaram na nas últimas quatro décadas. OS comitês de ação popular pressionam os funcionários do governo e os executivos a prestar mais atenção aos direitos do consumidor, da mulher, dos idosos, dos gays e das minorias. Grupos de interesses Grupos de interesses

53 Ambiente Sociocultural Deorganizações Da natureza De si próprio Da sociedade Do universo De outras pessoas Visões que expressam valores Visões que expressam valores

54 A sociedade molda nossas crenças, nossos valores e normas. As pessoas absorvem quase que inconscientemente, a visão de mundo que define seu relacionamento consigo, com outras pessoas, com organizações, com a sociedade, com a natureza e com o universo. AMBIENTE SÓCIOCULTURAL AMBIENTE SÓCIOCULTURAL

55 As pessoas variam na ênfase que dão à autogratificação, por isso compram produtos ou marcas para se expressar buscando auto-realização, prazer. Isso as levava a gastar sem pensar muito, agora nos tempos de crise, as pessoas com medo de não ter garantias de emprego estão vais voltadas para o valor de suas compras. De si próprio si próprio

56 transição da sociedade do eu para a sociedade do nós onde as pessoas estão preocupadas com os carentes, sem-teto e outros problemas sociais. Essas pessoas gostariam de viver em uma sociedade mais humana por isso passam seu tempo procurando pro semelhantes e deixando estranhos de lado, querem relacionamentos longos e sérios, e se interessam por produtos e serviços que promovam a relação humana (viagens, spa, atividades religiosas). Sugerem também os chamados substitutos sociais para que as pessoas solitárias não se sintam sozinha (eletroeletrônicos, internet) De outras pessoas

57 as pessoas têm diferentes pensamentos e sentimentos com relação às empresas e corporações. Enquanto algumas desejam trabalhar em determinado lugar, outras criticam o modo de agir do mesmo. Com esse conceito, cresce também o fenômeno de declínio a fidelização organizacional, os indivíduos passam a ver o trabalho como fonte de dinheiro ao final do período e não como fonte de satisfação pura e simples. Cabe aos novos empresários observarem o comportamento dos consumidores alvos para entendê-los e passar a mensagem correta procurando se tornar uma empresa atraente aos olhos de todos. De organizações

58 Os padrões de consumo frequentemente refletem a atitude social. Sua situação, a maneira como você encara a sociedade em que vive, também dita regras ou padrões de consumo. Da sociedade

59 quem ama a natureza procura fazer mais atividades ao ar livre como camping, escaladas, caminhadas, passeios de barco e etc, porém quem prefere a urbanização, a tecnologia opta por produtos industrializados, e busca programas mais urbanos. Da natureza

60 E AE? E AE? Estar atento as preferências do consumidor, influencia a tomada de decisão quanto a abertura de um negócio, uma vez que o número de amantes da natureza for muito pequeno em relação a outra parte pode tornar o negócio inviável, porém se essa minoria estiver dentro de um alto padrão de vida e não se preocupa em gastar para se sentir em contato com a natureza, pode gerar lucro a empresa. Estar atento as preferências do consumidor, influencia a tomada de decisão quanto a abertura de um negócio, uma vez que o número de amantes da natureza for muito pequeno em relação a outra parte pode tornar o negócio inviável, porém se essa minoria estiver dentro de um alto padrão de vida e não se preocupa em gastar para se sentir em contato com a natureza, pode gerar lucro a empresa.

61 as pessoas têm crenças distintas acerca da origem do universo, a religião influencia essas crenças. No setor das compras, na medida em que as pessoas perdem ou se desvirtuam das crenças religiosas, elas passam a procurar auto- satisfação imediatas. Surgem as subculturas, onde as pessoas passam a acreditar em algo para fugir do vazio que sentem. Do universo

62 Culturas centrais Todos vivemos em uma sociedade com valores e crenças centrais como o casamento, o trabalho, a caridade as crenças, e tudo isso já está, ou já estava presente desde antes de nascermos, ou seja já chegamos ao mundo com essa cultura posta, mesmo contra a nossa vontade.

63 CRENÇAS Dentro dessas crenças centrais, há crenças secundárias: Exemplo: Se casar, acreditar na instituição do casamento é uma crença central, acreditar que as pessoas devem se casar cedo, é uma crença secundária (exemplos culturais - a novela mostra a Índia) Mudar valores secundários é mais provável do que mudar os valores centrais.

64 SUBCULTURAS Todas as sociedades possuem subculturas – que são grupos com valores compartilhados que surgem de suas experiências de vida ou de alguma circunstância especiais.

65 SUBCULTURAS Essas pessoas vivem inseridas no contexto da cultura central, e com seus gostos em paralelo: os fãs de Jornada nas Estrelas, de Harry Potter, por exemplo, representam subculturas cujos membros compartilham crenças, preferências e comportamentos. Esses desejos geram poder de consumo que as empresas devem observar para procurar atendê-los aumentando sua receita, expandindo sua marca e ganhando clientes fieis. (Corintianos, Ripies, maçons, rotaryanos, roqueiros, reliqueiros).

66 E AE? TODOS OS EMPRESARIOS TEM PROFUNDO INTERESSE EM TODA E QUALQUER MUDANÇA DE COMPORTAMENTO PARA PROCURAR SE ADEQUAR. É preciso a todo tempo analisar essas mudanças nos ambientes para identificar oportunidades e ameaças e agir o quão logo.

67 Micro Ambiente Empresarial Fornecedores Clientes Potenciais Concorrentes Produtos Substitutos

68 Ferramentas para a Gestão Estratégica Fontes de Informação Networking Ferramentas de Sistemas de Informação –ERP –CRM –BI Percepção do gestor Criatividade

69 Querer o que se pode é liberdade sim Você pode fazer do seu futuro aquilo que você quiser, basta começar!


Carregar ppt "IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS FORÇAS DO MACRO AMBIENTE Prof. Victor Biazon."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google