A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 10 2007 INSTRUTOR: SCOPINO. Local: Stand Q21 R20.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 10 2007 INSTRUTOR: SCOPINO. Local: Stand Q21 R20."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA INSTRUTOR: SCOPINO

2 Local: Stand Q21 R20

3 SCOPINO TREINAMENTOS AULA SOBRE MOTOR VW A AR TEMA DE HOJE: CONTROLE DE PEÇAS

4 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO NO FINAL DESTA AULA.

5 INFORMAÇÕES TÉCNICAS AO ALUNO UMEC NO SITE DA UMEC, VOCÊ TEM O FÓRUM COM DICAS E SOLUÇÕES E OS MANUAIS DE NOSSOS PATROCINADORES. PARTICIPE E PRESTIGIE !

6 JÁ TIVEMOS AQUI NA UMEC, A AULA SOBRE A ANÁLISE DAS PEÇAS. Nesta aula veremos: MOTOR VW A AR CONTROLE DAS PEÇAS

7 CONTROLE O SETOR DE ANÁLISE DAS PEÇAS ESTÁ APÓS A LAVAGEM, DESMONTAGEM E ANÁLISE. NESTA FASE OCORRE O CONTROLE DE TODOS OS COMPONENTES E A FICHA DE ORÇAMENTO OU ORDEM DE SERVIÇO PARA AS DEVIDAS ANOTAÇÕES.

8 O CILINDRO

9 É UMA DAS REGIÕES QUE MAIS APRESENTA DESGASTE, SOFRENDO DEFORMAÇÕES, OVALIZAÇÕES E CONICIDADES. O CONTROLE DO CILINDRO É EFETUADO ATRAVÉS DO RELÓGIO COMPARADOR NAS REGIÕES SUPERIOR, MÉDIA E INFERIOR DO CILINDRO.

10 INSPEÇÃO DO CILINDRO POSIÇÃO A POSIÇÃO B 90 o

11 DETALHES CONTROLA-SE O RELÓGIO COMPARADOR COM O AUXÍLIO DE UM MICRÔMETRO QUE DEVE ESTAR AFERIDO COM O DIÂMETRO DO CILINDRO. A OVALIZAÇÃO DO CILINDRO É DETERMINADA PELA COMPARAÇÃO DA INSPEÇÃO COM O RELÓGIOS EM DIVERSAS POSIÇÕES.

12 RELÓGIO COMPARADOR

13 ANÁLISE DETALHADA

14 O DESGASTE NOS MOTORES VW A AR, DEVE-SE OBSERVAR BEM AS CAMISAS QUE SÃO ALETADAS E INDIVIDUAIS. APÓS ESTE EXAME, DETERMINA-SE A EXATA SOBREMEDIDA NECESSÁRIA PARA O RECONDICIONAMENTO. A USINAGEM É FEITA EM UMA MÁQUINA RETIFICADORA VERTICAL, POPULARMENTE CONHECIDA COMO:

15 SORVETEIRA OU BRUNIDORA

16 MAIS UMA BRUNIDORA BRUNIDORA

17 O BRUNIMENTO APÓS O SERVIÇO DE USINAGEM É EFETUADO O BRUNIMENTO NOS CILINDROS (CAMISAS). A PEDRA DO BRUNIMENTO DEVE SEGUIR A GRANULOMETRIA ADEQUADA, O MOVIMENTO DE SUBIR E DESCER E GIRAR DETERMINAM A SUPERFÍCIE FAVORÁVEL AO ASSENTAMENTO DOS ANÉIS E RETER O ÓLEO.(FILME)

18 EFEITO BRUNIMENTO

19 ESPELHAMENTO CASO O CILINDRO SEJA ESPELHADO, OU SEJA SEM O DEVIDO BRUNIMENTO, O ÓLEO DESLIZARÁ COM FACILIDADE E A LUBRIFICAÇÃO DOS ANÉIS SERÁ REDUZIDA, CAUSANDO UM MAL ASSENTAMENTO. A RETÍFICA DESTE MOTOR PERMITE CAMISAS ATÉ COM 0,50 mm DE SM SOBREMEDIDA. O ÂNGULO DE BRUNIR DEVE SER DE 60 GRAUS.

20 ANÁLISE DA CARCAÇA COMO JÁ VIMOS, A CARCAÇA DO MOTOR VW A AR É FORMADA POR DUAS METADES. APÓS A DESMONTAGEM A CARCAÇA NECESSITA DE UM NOVO ALINHAMENTO DOS MANCAIS FIXOS, ALÉM DA VERIFICAÇÃO DE FIXAÇÃO DE TODOS OS PRISIONEIROS.

21 AS DUAS METADES

22 OS MANCAIS CENTRAIS POR SEREM OS MAIS SOLICITADOS, ESTES MANCAIS SOFREM DEFORMAÇÕES E DESGASTE ACENTUADO. DEVE-SE NESTE CASO, FAZER O ENCHIMENTO COM SOLDA DE ARGÔNIO OU OUTRO RECURSO TÉCNICO SEGUIDO DA USINAGEM, PARA SE CONSEGUIR O AJUSTE DA BRONZINA FLANGEADA.

23 O MANCAL

24 PERGUNTA A RUGOSIDADE DO CILINDRO AFETA O CONSUMO DE ÓLEO ?

25 RESPOSTA SIM. A RUGOSIDADE COM ENTRECRUZAMENTO DOS SULCOS EM ÂNGULOS DE 60 GRAUS, AUXILIAM O ASSENTAMENTO DOS ANÉIS E SUA LUBRIFICAÇÃO, E AJUDAM NA VEDAÇÃO DA CÂMARA.

26 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DAS AULAS. ATÉ A PRÓXIMA: MOTOR 2007 / 12 LINHA VW A AR PARTE 5 Instrutor Scopino

27 E AGORA VAMOS AO VIVO AO PLANTÃO DE DÚVIDAS COM O PROF. SCOPINO UMEC – UNIVERSIDADE DO MECÂNICO


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 10 2007 INSTRUTOR: SCOPINO. Local: Stand Q21 R20."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google