A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

•Compreender que Deus ama as autoridades. •Perceber que não está sozinho, quando tem de comparecer perante pessoas com poder.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "•Compreender que Deus ama as autoridades. •Perceber que não está sozinho, quando tem de comparecer perante pessoas com poder."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 •Compreender que Deus ama as autoridades. •Perceber que não está sozinho, quando tem de comparecer perante pessoas com poder.

6 1º PASSO Compreender que Deus ama as autoridades

7 •O apóstolo Paulo lembra aos seus leitores que os governantes terrenos foram designados por Deus e atuam de acordo com a Sua vontade e o Seu propósito. •Contudo, temos de reconhecer que nem tudo o que os dirigentes mundiais fazem é parte do Seu plano. Eles, como o resto de nós, têm o poder de fazer as suas próprias escolhas. Por isso, ainda que Deus lhes consinta terem poder, não é Ele o responsável por aquilo que fazem. •O conselho do apóstolo dirigido aos crentes em Roma foi no sentido de obedecerem e honrarem os dirigentes, nos vários níveis governamentais, pois, ao fazerem-no, estavam a honrar a Deus.

8 “O povo de Deus deve reconhecer o governo humano como uma instituição divina, de modo que ensinará obediência às autoridades como sendo um sagrado dever, na sua legítima esfera. Entretanto, quando as suas pretensões entram em conflito com os reclamos de Deus, a Palavra de Deus precisa de ser reconhecida como estando acima de toda e qualquer legislação humana. O ‘assim diz o Senhor’ não pode ser posto de lado, ou trocado por um ‘assim diz a Igreja ou o Estado’. A coroa de Cristo deve ser erguida acima dos diademas de potestades terrestres.” – Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, vol. 6, p. 402.

9 2º PASSO Perceber que não está sozinho, quando tem de comparecer perante pessoas com poder

10 •Cristo deu testemunho da Sua fidelidade a Deus. •Apelou-lhes à razão para a Sua Divindade. •Falou-lhes ao coração. •Permaneceu fiel aos princípios em que acreditava. •Demonstrou serenidade e confiança. •Foi claro e conciso. •Foi respeitador. •Ficou em silêncio quando percebeu que as palavras não teriam mais efeito para o bem.

11 •Jesus prometeu que o Espírito Santo guiaria os seus discípulos também nesses momentos de grande pressão psicológica e emocional. •Também o saber manejar a Palavra nos ajudará a não entrar em discussões inúteis e contendas que não se aproveitam.

12

13

14 •Desejo aceitar o conselho bíblico da minha relação com as autoridades? •Desejo orar pelas autoridades?

15 •Já esteve na presença de alguém importante. Como reagiu? •Pedir a Deus que nos dê o Espírito Santo para testemunharmos nesses momentos, revela-se essencial.

16 Que princípio bíblico da lição podemos usar hoje?

17 Deus quer levar a salvação aos poderosos 1. Submetendo-nos às autoridades. 2. Honrando a Deus através da minha submissão. Quando as autoridades forem contra a Palavra de Deus. Durante a próxima semana, vou procurar reservar tempo para orar pelas autoridades do meu país.


Carregar ppt "•Compreender que Deus ama as autoridades. •Perceber que não está sozinho, quando tem de comparecer perante pessoas com poder."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google