A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GLOMERULOPATIAS NAS INFECÇÕES VIRAIS Rodrigo Alexandre da Cunha Rodrigues Sérgio Pinto de Souza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GLOMERULOPATIAS NAS INFECÇÕES VIRAIS Rodrigo Alexandre da Cunha Rodrigues Sérgio Pinto de Souza."— Transcrição da apresentação:

1 GLOMERULOPATIAS NAS INFECÇÕES VIRAIS Rodrigo Alexandre da Cunha Rodrigues Sérgio Pinto de Souza

2 1) Imunocomplexos circulantes, envolvendo: - Antígenos virais + Anticorpos - Antígenos endógenos modificados pelo vírus + Autoanticorpos - Antígenos endógenos modificados pelo vírus + Autoanticorpos 2) Ligação de antígenos virais a estruturas glomerulares desencadeando mecanismos imunes in situ 3) Expressão de proteínas virais ou proteinas endógenas anormais induzindo: - Morte celular por necrose e/ou apoptose; disfunção celular - Morte celular por necrose e/ou apoptose; disfunção celular - Aumento da síntese de matriz extracelular ou diminuição da sua degradação - Aumento da síntese de matriz extracelular ou diminuição da sua degradação - Liberação de citocinas, fatores de crescimento, quimiocinas e moléculas de adesão - Liberação de citocinas, fatores de crescimento, quimiocinas e moléculas de adesão 4) Efeito citopático direto sobre as estruturas glomerulares MECANISMOS DE LESÃO GLOMERULAR INDUZIDA POR INFECÇÕES VIRAIS

3 1) HEPATITE A 2) HEPATITE B 3) HEPATITE C 4) HIV 5) PARVOVÍRUS B19 6) CMV 7) VIRUS COXSACKIE B 8) VIRUS EPSTEIN-BARR 9) POLYOMAVIRUS BK 10) HANTAVIRUS INFECÇÕES VIRAIS ASSOCIADAS A GLOMERULOPATIAS

4 - GLOMERULONEFRITE PROLIFERATIVA DIFUSA - DEPÓSITOS PARIETAIS DE IMUNOGLOBULINAS, C3 E C1q - SÍNDROME NEFRÓTICA/NEFRÍTICA COM PERDA RÁPIDA DE FUNÇÃO RENAL - MELHORA COM PLASMAFÉRESE E RESOLUÇÃO DA HEPATITE GLOMERULOPATIA NA HEPATITE A

5 1) GN MEMBRANOSA - populações asiáticas e pediátricas - populações asiáticas e pediátricas - relacionada à presença HBeAg (espaço subepitelial) - relacionada à presença HBeAg (espaço subepitelial) - comparação com forma idiopática: proliferação mesangial moderada - comparação com forma idiopática: proliferação mesangial moderada - alguns casos, associada com Nefropatia IgA - alguns casos, associada com Nefropatia IgA - microscopia eletrônica – inclusões tubulo-reticulares - microscopia eletrônica – inclusões tubulo-reticulares - Síndrome Nefrótica - maioria. Insuf. Renal 25%. Hipertensão 1/3 - Síndrome Nefrótica - maioria. Insuf. Renal 25%. Hipertensão 1/3 - remissão após tratamento da hepatite com interferon - remissão após tratamento da hepatite com interferon - remissão espontânea pode ocorrer (aparecimento do Anti-HBe e diminuição do HBeAg) - remissão espontânea pode ocorrer (aparecimento do Anti-HBe e diminuição do HBeAg) 2) GN MEMBRANOPROLIFERATIVA 3) NEFROPATIA DA IgA GLOMERULOPATIA NA HEPATITE B

6 - Principal: GN membranoproliferativa mais frequentemente associada à crioglobulinemia (em torno de 50% dos casos) - Histologia: proliferação endocapilar; duplo-contorno da MB; trombos intraluminares; infiltração monocitária; IF com depósitos de IgG e IgM; depósitos subendoteliais e inclusões tubulo-reticulares à ME. - Clínica: síndrome nefrótica, podendo alternar com episódios recorrentes de síndrome nefrítica aguda Progressão para IRC terminal mais rápida que na forma idiopática. - Melhora do quadro renal tem sido relatado após tratamento bem sucedido da hepatite C com interferon + ribavirina. - Outras glomerulopatias correlacionadas: GN membranosa, Nefropatia da IgA, GN fibrilar e imunotactóide, GN rapidamente progressiva. GLOMERULOPATIA NA HEPATITE C

7 J Am Soc Nephrol 10: , 1999

8 1) NEFROPATIA ASSOCIADA AO HIV - Hiperplasia mesangial - Hiperplasia mesangial - GESF (mais comum) - GESF (mais comum) 2) DOENÇA POR IMUNOCOMPLEXOS - Proliferativa mesangial - Proliferativa mesangial - Membranoproliferativa (tipo I e III) - Membranoproliferativa (tipo I e III) - Lupus-like - Lupus-like - Proliferativa exsudativa e crescêntica - Proliferativa exsudativa e crescêntica - Nefropatia por IgA - Nefropatia por IgA - GN membranosa - GN membranosa 3) MICROANGIOPATIA TROMBÓTICA (PTT/SHU) 4) GRUPO HETEROGÊNEO (relação com HIV não comprovada) - Imunotactóide - Imunotactóide - Amiloidose - Amiloidose - Lesões mínimas - Lesões mínimas - Nefropatia diabética - Nefropatia diabética GLOMERULOPATIA NO HIV

9 NEFROPATIA RELACIONADA AO HIV - GESF é a forma mais característica (10% de todos os infectados) – FORMA COLAPSANTE - Mais comum em negros, homens e em usuários de drogas endovenosas. - Histologia: colapso dos capilares glomerulares com alargamento do espaço de Bowman - Clínica: síndrome nefrótica com insuficiência renal. Hipertensão e edema são incomuns. - Ultrassonografia renal: rins aumentados e hiperecogênicos. - Rápida progressão para IRC terminal. - Tratamento anti-retroviral intensivo pode retardar a progressão.

10 AIDS, v.18 n.08: 1089 – 1099, 2004

11 BIBLIOGRAFIA 1) Virus-related glomerular disease: Histological and clinical aspects. J Nephrol 2002; 15: ) The HIV-associated renal diseases: Current insight into pathogenesis and treatment. Kidney International 2003; 63: ) Successful treatment of HCV-associated cryoglobulinaemic glomerulonephritis with a combination of interferon and ribavirin. Nephrol Dial Transplant 1999; 14: ) Hepatitis C virus infection and acute or chronic glomerulonephritis: an epidemiological and clinical appraisal. Nephrol Dial Transplant 1998; 13: ) Secondary membranoproliferative glomerulonephritis. Kidney Int 1995; 47: ) Membranous glomerulonephritis in association with hepatitis C virus infection. Am J Kidney Dis 1993; 22: ) HIV infection and the kidney. J Am Soc Nephrol 1997; 8: ) Clinical features and the natural course of hepatitis B virus-related glomerulopathy in adults. Kidney Int 1991; 40 (suppl 35): S ) Nephrotic syndrome and acute renal failure associated with hepatitis A virus infection. Am J Gastroenterol 1995; 90:


Carregar ppt "GLOMERULOPATIAS NAS INFECÇÕES VIRAIS Rodrigo Alexandre da Cunha Rodrigues Sérgio Pinto de Souza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google