A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO: CURRÍCULO DE ENFERMAGEM PROFa. HALENE MATURANA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO: CURRÍCULO DE ENFERMAGEM PROFa. HALENE MATURANA."— Transcrição da apresentação:

1 A FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO: CURRÍCULO DE ENFERMAGEM PROFa. HALENE MATURANA

2 A Universidade tem como missão formar profissionais para: Solução dos problemas da sociedade; Promoção da cultura, nos avanços da ciência e da tecnologia, pautando a formação dos profissionais dela egressos em princípios humanísticos, éticos e de pleno exercício da cidadania. Interagir com seu meio, utilizando conhecimentos produzidos para responder às demandas regionais, objetivando subsidiar as transformações sociais necessárias para uma sociedade mais justa e equânime. Aquisição de competências de longo prazo, domínio de métodos analíticos, de múltiplos códigos e linguagens; Mentalidade científica, qualificação intelectual ampla e abstrata para constituir base sólida para a aquisição contínua e eficiente de conhecimentos específicos, numa perspectiva de educação continuada.

3 Habilidades a serem desenvolvidas: Competência, demonstrada pela sua capacidade de formar profissionais aptos ao enfrentamento das novas condições impostas pelos crescentes e acelerados avanços da ciência e da técnica e pelas grandes mudanças verificadas nas relações de trabalho. Pertinência, capaz de permitir a rápida resposta às demandas e necessidades da sociedade, contribuindo efetivamente para a solução de problemas locais, regionais e nacionais e propondo soluções inovadoras e compatíveis com a realidade do país. Eqüidade, capaz de contribuir decisivamente para a igual distribuição de oportunidades a todos os cidadãos brasileiros.

4 Papel da Universidade na formação do enfermeiro: Oferecer alta qualificação científica, cultural e tecnológica, tornando-os aptos a atender às demandas nacionais e regionais, pautados em valores humanísticos e comprometidos com a ética, com a cidadania e com a promoção do ser humano; Promover o desenvolvimento da pesquisa, de atividades investigativas e de extensão como componentes do processo de formação de profissionais; Estimular atividades de pesquisa e desenvolvimento que conduzam a inovações tecnológicas, viabilizando sua utilização por diferentes grupos e segmentos sociais; Estimular a capacidade criativa, o desenvolvimento científico e o pensamento reflexivo por meio da ação integrada entre ensino, pesquisa e extensão; Formar profissionais capazes de compreender a sociedade contemporânea em suas múltiplas dimensões e manifestações e dominar seus códigos e linguagens;

5 Papel da Universidade na formação do enfermeiro: Formar profissionais empreendedores, capazes de propor soluções inovadoras para os problemas da sociedade contemporânea; Produzir conhecimentos necessários à solução de problemas identificados em diferentes áreas e níveis de abrangência e divulgá- los; Incorporar, como material de análise, conhecimentos local e regional, interpretá-los e responder às demandas por meio da disseminação de informações e orientações aos serviços e à população. Formar nos alunos uma postura investigativa diante da realidade sociocultural, a valorização e capacidade de trabalho em equipe multidisciplinar e de buscar soluções inovadoras;

6 Papel da Universidade na formação do enfermeiro: Criar uma cultura de formação continuada no corpo docente, discente e técnico-administrativo no que concerne à atualização permanente de conhecimentos e novas tecnologias; Instrumentalizar o aluno para a atualização sistemática de conhecimentos com vistas a condições impostas pelo avanço da ciência e da técnica e transformações das sociedades; Instrumentalizar o aluno para desenvolver formas de abordagem originais para questões contemporâneas e para buscar soluções para problemas de sua área de atuação; Contribuir para a melhoria e desenvolvimento das condições sociais e da qualidade de vida da população e para a elevação da qualidade dos recursos humanos. Utilizar novas tecnologias no processo de mediação pedagógica.

7 Responsabilidades político-sociais do enfermeiro: Cidadão capaz de participar e envolver-se de forma compromissada às mudanças sociais; Atender o humano de forma holística; Ser capaz de participar da construção/ reconstrução do conhecimento; Estabelecer vínculos com a realidade contemporânea, em particular com a brasileira, lidando com a dissolução permanente das fronteiras entre as diversas áreas do conhecimento e das inovações científicas, culturais e tecnológicas. Identificar problemas relevantes e atuar junto à sociedade em compromisso com o exercício profissional na direção da resolução do processo saúde e doença e cidadania. Atuar no mercado de trabalho de forma ética e com postura profissional, compreendendo a si mesmo e ao outro, mediante maior conhecimento do mundo e das relações que se estabelecem entre os homens, e o meio ambiente físico e social.

8 Responsabilidades político-sociais do enfermeiro: Estar atento a integridade e a totalidade da saúde sabendo que o homem precisa de realização plena; Humanização da saúde; Busca e oferta do bem-estar; Entender que a saúde pertence mais à modalidade do ser que a do ter; Interpretar e avaliar a relação estreita dos fatores culturais, religiosos, e socioeconômicos que mudaram o homem e sua comunidade;


Carregar ppt "A FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO: CURRÍCULO DE ENFERMAGEM PROFa. HALENE MATURANA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google