A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 9 AULA TÉCNICA 9 INSTRUTOR: SCOPINO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 9 AULA TÉCNICA 9 INSTRUTOR: SCOPINO."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA 9 AULA TÉCNICA 9 INSTRUTOR: SCOPINO

2 SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: MULTEC 700 AULA PARTE 1/4 INTRODUÇÃO

3 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO NO FINAL DESTA AULA.

4 Já tivemos a aula sobre sistema SPI G6 / G7 na aula passada. Responda o teste no site da UMEC. Agora veremos: Injeção Eletrônica DELPHI Linha GM

5 MULTEC 700 É uma das primeiras injeções aplicadas no Brasil, LE-Jetronic em 1988 foi o primeiro, e o Multec 700 é o primeiro sistema aplicado em família de veículos. É um sistema de funcionamento simples, porém, possui ajustes de ponto de ignição e índice de CO (monóxido de carbono). Não tem sonda lambda (sensor de oxigênio).

6 A ESTRATÉGIA BÁSICA SINAIS DE ENTRADA ECUECU SINAIS DE SAÍDA

7 ECU

8 MEMÓRIA ECU

9 A APLICAÇÃO Este sistema está aplicado na linha GM: Monza – Kadett – Ipanema = com motores 1.8 e válvulas – Álcool ou Gasolina de 1993 à 1996 – EFI. Trata-se de um sistema monoponto digital. Por questões de níveis de poluentes, não atende a FASE III do PROCONVE. Não confundir com carburador eletrônico.

10 DETALHES NO VEÍCULO

11 O PRINCÍPIO Este sistema possui sensores e atuadores ligados à ECU, e por ser um sistema digital, é possível a substituição de sinal de todos os sensores (exceção o sensor de rotação / dentro do distribuidor), também possui códigos de falhas registradas em memória de defeitos passados e presentes através de scanner, ou pelo código de piscadas.

12 CHAVE DE IGNIÇÃO POSIÇÃO DA CHAVE LUZ DE ANOMALIA DEFINIÇÃO DO SISTEMA CONTATO LIGADO ACESAO.K. MOTOR FUNCIONANDO APAGADA ACESA O.K. FALHA

13 DETALHE NO PAINEL

14 O FUNCIONAMENTO Neste sistema temos uma única válvula injetora, chamado de monoponto ou single point. É justamente o controle deste atuador o principal controlado pela ECU, o TI = Tempo de Injeção. O sistema possui 1 relé (bomba), sempre fixo junto à central de fusíveis. A ECU e o conector de diagnósticos se encontram abaixo do porta luvas.

15 RELÉ BOMBA:.30= positivo bateria.86= positivo via ECU.85= aterramento direto do relé.87= alimentação da Bomba Os pinos 86 e 85 correspondem à bobina interna do relé, e os 30 e 87 aos terminais de contato do mesmo. OBS: Ligação do Interruptor da luz de óleo

16 PERGUNTA TODA QUE VEZ EM QUE É LIGADA A IGNIÇÃO O SISTEMA É ENERGIZADO JUNTO COM A BOMBA DE COMBUSTÍVEL ?

17 RESPOSTA NÃO. O SISTEMA É SEMPRE RESETADO QUANDO A IGNIÇÃO É DESLIGADA. SOMENTE A MEMÓRIA DE FALHAS PERMANECE NESTE CASO. QUANDO A IGNIÇÃO É LIGADA A BOMBA É ENERGIZADA POR CERCA DE 4 SEGUNDOS. PARA ESTA AÇÃO OCORRER NOVAMENTE É NECESSÁRIO AGUARDAR MAIS COM A CHAVE DESLIGADA.

18 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DAS AULAS. ATÉ A PRÓXIMA: INJEÇÃO ELETRÔNICA MULTEC 700 – PARTE 2/4 Instrutor Scopino OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DAS AULAS. ATÉ A PRÓXIMA: INJEÇÃO ELETRÔNICA MULTEC 700 – PARTE 2/4 Instrutor Scopino

19 E AGORA VAMOS AO VIVO AO PLANTÃO DE DÚVIDAS COM O SCOPINO


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 9 AULA TÉCNICA 9 INSTRUTOR: SCOPINO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google