A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudos Econômicos Sincor-SP Francisco Galiza, Consultor www.ratingdeseguros.com.br Dezembro/2005 Fórum Solidez de Seguros, SP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudos Econômicos Sincor-SP Francisco Galiza, Consultor www.ratingdeseguros.com.br Dezembro/2005 Fórum Solidez de Seguros, SP."— Transcrição da apresentação:

1 Estudos Econômicos Sincor-SP Francisco Galiza, Consultor Dezembro/2005 Fórum Solidez de Seguros, SP

2 Projetos Recentes Análise Econômica das Seguradoras –Rating por Dados Públicos –Ranking das Seguradoras –Análise Econômica - Disque Sincor Seguro de Automóvel –Juros de Fracionamento –Preços Médios dos Seguros por Região Rede de Bem Estar Social (RBES) –Potencial Econômico do Segurado do Estado –Análise do Potencial dos Municípios –Perfil de Produtos mais adequados, dentro da RBES

3 Análise Econômica das Seguradoras Avaliar a qualidade de gestão e o nível de risco das seguradoras que operam no mercado brasileiro

4 3 critérios considerados, usados de forma complementar Rating por Dados Públicos Ranking das Seguradoras Análise Econômica - Disque Sincor

5 A) Rating por Dados Públicos O objetivo é fazer uma estimativa teórica da probabilidade de o Patrimônio Líquido de cada instituição ser menor do que o valor necessário para que esta companhia opere sem problemas, tomando como base os dados públicos do setor.

6 Representação da Situação

7 Definição da Variável Q (Indicador de Qualidade) Define-se, para cada seguradora e em determinado momento, a variável Q (Indicador de Qualidade), como sendo: PLa – PL mínimo Q = _________________ Pla

8 Significado de Q Esta variável corresponderá, pelas hipóteses usadas, à quantidade necessária de Desvios-Padrão para que o Patrimônio Líquido esperado seja menor do que o Patrimônio Líquido mínimo. Teoricamente, quanto maior o valor de Q, melhor para a empresa, pois menos risco ela corre.

9 Comentários Finais Este modelo tem duas grandes vantagens: –Primeiro, a objetividade. As características das seguradoras são avaliadas por um indicador padrão. –Segundo, a análise é feita em termos de risco e de retorno.

10 B) Ranking das Seguradoras O objetivo é avaliar a evolução do volume de negócios das seguradoras, para determinar o aumento da alavancagem em relação a si mesma e ao mercado como um todo.

11 Ramos Analisados O ranking é feito mensalmente para o Brasil e o Estado de São Paulo. O levantamento é feito nas seguintes condições: –Total –Automóvel –Saúde –Pessoas (sem VGBL) –VGBL –Riscos Financeiros –Transportes –Previdência –Patrimonial –Demais Ramos

12 Critérios de Teste De um modo geral, o seguinte teste é realizado: Primeiro, variações muito expressivas, positivas ou negativas, em um curto espaço de tempo, são avaliadas, podendo ser (ou não) indicativo de risco futuro. Segundo, estas variações são comparadas às taxas médias obtidas pelo ramo em questão.

13 C) Análise Econômica do Disque Sincor O objetivo é acompanhar as queixas dos corretores quanto aos serviços prestados pelas seguradoras. Cada queixa é preliminarmente avaliada quanto às suas consistências econômica e jurídica. Atualmente, o Sincor-SP recebe, em média, 70 queixas por mês, com taxa média de reversão de 70%.

14 Taxas de Reversão das Queixas

15 Análise Econômica - Disque Sincor Para cada seguradora, apresentamos: –Quantidade de Queixas –Tipo de Queixa –Ramos da Queixa –Taxa de Reversão da Queixa Esta informação é uma sinalização adicional quanto à eficiência e o risco das companhias.

16 Ajustes do Modelo: Cor BRANCA O modelo não será aplicado nas seguintes situações: –O faturamento ainda é baixo. –A empresa é nova no setor. –Houve indicações de relevantes alterações estrutural ou comercial que tenham prejudicado a qualidade de seus números. –O seguro obrigatório DPVAT tem uma presença importante no perfil da sua carteira.

17 Avaliação - 1o. Semestre/2005

18 Rating Completo: Estudo feito somente por solicitação da Seguradora Aproximadamente 10 a 15% das seguradoras brasileiras utilizam esta metodologia.

19 Características Principais Objetivo: Avalia o nível de risco e a qualidade de gestão das empresas com mais precisão, utilizando como fonte os dados públicos e internos das mesmas, ambos já previamente auditados e fiscalizados. Fonte: São usados dados numéricos e qualitativos, dados públicos e internos, com entrevistas, etc. Produto Final: É gerado um texto de, aproximadamente, 25 páginas, com as conclusões principais.

20 Exemplos - Análise Numérica Grau de Capitalização Rentabilidade (total, da carteira, financeira, do repasse de riscos, etc) Despesas Administrativas Liquidez Indicadores calculados em termos de média e de dispersão Indicadores calculados em relação ao padrão médio do setor

21 Exemplos - Análises Qualitativa e Interna Planejamento da companhia Projeções orçamentárias e Plano de Negócios Ligações com terceiros (em termos jurídicos e econômicos) Qualificações técnica e moral dos profissionais Estrutura organizacional Imagem no Setor (Visão Henry Ford) Rede de Relacionamentos Eficiência de seus controles internos Experiência na estratégia empreendida Características e condições de seus produtos Qualidade das auditorias (e dos pareceres) Possíveis pendências jurídicas Qualidade do resseguro ou dos ativos financeiros

22 Mais detalhes destes estudos (e de outros), consultar o endereço: Obrigado!!


Carregar ppt "Estudos Econômicos Sincor-SP Francisco Galiza, Consultor www.ratingdeseguros.com.br Dezembro/2005 Fórum Solidez de Seguros, SP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google