A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 13 2007 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CSFI / OBD 1+ ATUADORES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 13 2007 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CSFI / OBD 1+ ATUADORES."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA INSTRUTOR: SCOPINO

2 SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CSFI / OBD 1+ ATUADORES

3 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO NO FINAL DESTA AULA.

4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS AO ALUNO UMEC NO SITE DA UMEC, VOCÊ TEM O FÓRUM COM DICAS E SOLUÇÕES E OS MANUAIS DE NOSSOS PATROCINADORES. PARTICIPE E PRESTIGIE !

5 Já tivemos aula com os sensores 01, 02 e 03 no sistema de injeção eletrônica CSFI OBD1+. Agora veremos: ATUADORES CSFI / OBD 1+

6 DIAGRAMAÇÃO E C U CSFI OBD 1+ TEMP. ÁGUA TEMP. AR ROTAÇÃO MAP POSIÇÃO BORBOLETA DETONAÇÃO SENSOR DE OXIGÊNIO 1 e 2 06 INJETORES BOBINA CANISTER ATUADOR DE M. LENTA RELÉ BOMBA LÂMPADA DE DIAGNOSE CONECTOR DIAGNOSE PADRÃO OBD AR CONDICIONADO MAF –MASSA DE AR VSS - VELOCIDADE VÁLVULA EGR SENSOR DE FASE

7 REPRESENTAÇÃO DOS CONECTORES DA ECU CADA CONECTOR POSSUE 32 PINOS

8 OS ATUADORES SÃO VÁRIOS COMPONENTES QUE TEM A FUNÇÃO DE TRANSFORMAR OS SINAIS ENVIADOS PELA ECU EM AÇÕES PROGRAMADAS. TAMBÉM SÃO CONHECIDOS COMO SINAIS DE SAÍDA, TRABALHAM COM TENSÃO DE 12 VOLTS (OU TENSÃO DA BATERIA) E O ATERRAMENTO OU COMANDO DE SINAL É ENVIADO PELA ECU.

9 ATUADOR DE MARCHA LENTA É UM DOS ATUADORES MAIS CONHECIDOS, AFINAL CONTROLA O FUNCIONAMENTO DO MOTOR EM BAIXAS ROTAÇÕES, NA FASE FRIA, COM O AR CONDICIONADO LIGADO E AINDA, EM TODAS AS ROTAÇÕES DO MOTOR ESTÁ SENDO CONTROLADO PELA ECU. SUA FUNÇÃO MAIS ESPECÍFICA É CONTROLAR A MARCHA LENTA.

10 ATUADOR DE MARCHA LENTA

11 TEMOS O ATUADOR DO TIPO MOTOR DE PASSO A PASSO, COM 4 TERMINAIS E 2 BOBINAS INTERNAS, UMA QUE AVANÇA E OUTRA QUE RECUA O FUSO. O IAC É UM CONTROLADOR DO FLUXO DE AR QUE PASSA PELO DESVIO (BY PASS) DO CORPO DE BORBOLETA. SUA VARIAÇÃO DE ABERTURA ESTÁ ENTRE 650 À 1200 RPM.

12 TABELA DE VALORES - IAC COM A CANETA DE POLARIDADE DEVEMOS TER PULSO NOS 4 TERMINAIS EM ACELERAÇÕES. COM O MULTÍMETRO EM OHMS E MOTOR DESLIGADO, DEVEMOS TER O VALOR DE REFERÊNCIA ENTRE OS TERMINAIS DAS BOBINAS E INFINITO EM OUTRAS COMBINAÇÕES.

13 TABELA DE VALORES - IAC ENTRE BORNES: A (29 V) e B (13 V) = 30 a 50 OHMS C (30 V) e D (14 V) = 30 a 50 OHMS OUTRAS COMBINAÇÕES DEVE APRESENTAR RESISTÊNCIA oo (INFINITA)

14 PURGA DO CANISTER TEM A FUNÇÃO DE PERMITIR O DIRECIONAMENTO DOS VAPORES DE COMBUSTÍVEL DO TANQUE AO COLETOR DE ADMISSÃO, CONTROLANDO OS POLUENTES EVAPORATIVOS. É UMA VÁLVULA TIPO SOLENÓIDE (ABRE / FECHA) NORMALMENTE FECHADA. A RESISTÊNCIA ENTRE SEUS TERMINAIS É 25 A 40 OHMS.

15 PURGA DO CANISTER

16 É UM ATUADOR QUE RARAMENTE APRESENTA FALHAS, MAS O CHICOTE QUEBRADO EM SEU TERMINAL CAUSA ACENDIMENTO DA LÂMPADA DE DIAGNOSE E OCORRE POR RESSECAMENTO. TERMINAL A = PINO 12 AZUL TERMINAL B = TENSÃO DA BATERIA

17 VÁLVULA EGR ESTÁ LOCALIZADA NO COLETOR DE ADMISSÃO E FAZ A LIGAÇÃO ENTRE OS COLETORES (ADMISSÃO E ESCAPAMENTO) DO MOTOR. TEM A FUNÇÃO DE DIRECIONAR UMA PEQUENA QUANTIDADE DE GASES DO ESCAPE PARA A ADMISSÃO, DIMINUINDO A OCORRÊNCIA DE GASES POLUENTES.

18 VÁLVULA EGR

19 É UMA VÁLVULA TIPO SOLENÓIDE LINEAR, MAS QUE TEM EM SEU INTERIOR UM POTENCIÔMETRO QUE INDICA À ECU SUA POSIÇÃO, OU SEJA É UM ATUADOR (COM SENSOR COMBINADO) QUE MONITORA SEU CORRETO FUNCIONAMENTO. É CHAMADA DE VÁLVULA EGR ELETRÔNICA.

20 VÁLVULA EGR EGR SIGNIFICA: RECIRCULAÇÃO DOS GASES DE ESCAPAMENTO E SEU FUNCIONAMENTO CONSISTE EM DIMINUIR A TEMPERATURA DA CÂMARA DE COMBUSTÃO PARA DIMINUIÇÃO DA EMISSÃO DE NOx (ÓXIDO DE NITROGÊNIO). É MUITO COMUM A CARBONIZAÇÃO E NECESSIDADE DE LIMPEZA DESTE ATUADOR.

21 VÁLVULA EGR TESTES: TENSÃO 12 VOLTS CHAVE LIGADA PINO E RESISTÊNCIA ENTRE A e E = 7 A 12 OHMS B e C = 1 A 2 OHMS

22 PERGUNTA O FATO DE TERMOS DUAS SONDAS LAMBDA NESTE SISTEMA, NÃO TORNA AS RESPOSTAS MAIS LENTAS ?

23 RESPOSTA NÃO. A ECU FAZ O MAPEAMENTO COMO SE FOSSE DOIS MOTORES DE 3 CILINDROS CADA, OU SEJA, CADA SONDA E CADA BANCO DE 3 CILINDROS TEM CONTROLES INDIVIDUAIS E COM UMA RESPOSTA MUITO RÁPIDA.

24 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DAS AULAS. ATÉ A PRÓXIMA: INJEÇÃO ELETRÔNICA 2007 / 15 CSFI / OBD 1+ Instrutor Scopino

25 E AGORA VAMOS AO VIVO AO PLANTÃO DE DÚVIDAS COM O PROF. SCOPINO UMEC – UNIVERSIDADE DO MECÂNICO


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 13 2007 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CSFI / OBD 1+ ATUADORES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google